Mulheres ou Homens, quem se dá melhor com os cães?

Desde a Pré-história, o ser humano tenta controlar as outras espécies do reino animal. No entanto, a única raça que demonstrou total submissão foi a raça canina. Eles, desde os seus antepassados, os lobos, têm sido companheiros incondicionais do ser humano. Mas será que isso tem a ver com o gênero da pessoa? Mulheres ou homens, qual dos gêneros se dá melhor com os cães? Descobrimos a resposta para isso a seguir.

Pouco a pouco, foram se tornando integrantes do núcleo familiar as mulheres e os homens com cachorros.

Sem rancores…

Os cães são, para muitos, algo mais do que um mero animal de estimação. Esses animais não sentem ódio nem rancor, e são capazes de perdoar facilmente, amando o seu dono sem se importar com os defeitos dele.

Está constatado que os cães compreendem os seres humanos, sejam eles homens ou mulheres. Se formos parar para refletir sobre o tema e de acordo com a raça, cultura, gênero, nos fazemos várias perguntas. Quem se dá melhor com os cães? Ou quem os entende melhor?

Mulheres ou homens, quem gosta mais do cachorro?

De acordo com um estudo realizado pela Universidade da Hungria e publicado pela Royal Society Open Science, as mulheres entendem melhor o “melhor amigo do homem”.

A explicação para o resultado obtido pelo estudo se encontra nos instintos femininos. Esses instintos dão à mulher a habilidade de ser capaz de entender determinados sons melhor do que os homens. Um exemplo disso é o choro dos seus bebês.

Os testes realizados no estudo anterior consistiram em convidar 40 homens e 40 mulheres. Os especialistas os colocaram para ouvir uma série de gravações de grunhidos, uivos e choros de cães. Em seguida, essas pessoas deviam decidir quais eram as sensações experimentadas pelo bichinho quando emitiam esse som.

Opções dentre as quais as mulheres e os homens podiam escolher

A enquete tinha as possíveis soluções que indicavam as sensações experimentadas pelo bichinho:

  • Medo
  • Aborrecimento
  • Fome
  • Desespero
  • Alegria
  • Vontade de brincar

Resultados revelados pelos testes

As mulheres obtiveram por volta de 81% de acerto quando escolhiam a opção “vontade de brincar”, 60% para a alternativa “fome” e 50% para “medo”. Dados muito mais positivos do que os homens.

O cão como agente de paz diante da violência de gênero

Os laços entre o cão e a mulher vão muito além de uma simples amizade. Um exemplo disso é a situação de violência de gênero na Espanha. Embora haja avanços significativos, seja na forma se punições, educação, vigilância, etc., ainda há um caminho longo a ser percorrido.

O número de ordens judiciais determinando um afastamento do homem em relação à mulher passa de 168 mil no território espanhol, expedidas a pedido das mulheres. Algumas fundações, como Escan, em Valência, se dispuseram a adestrar os cães para diminuir esse tipo de ataque.

Essa interação entre o cão e a mulher, aproveitando o vigor físico de algumas raças, pode ser entendida como uma razão a mais para o questionamento que nos fazemos.

De qualquer forma, além do grau de afeto do cão, vai depender do tempo dedicado a ele e o carinho para com ele.

Conclusões dos diferentes estudos realizados

As mulheres apresentam pontuações mais altas do que os homens nos aspectos afetivos da relação com o cachorro. Entre outras coisas, porque elas são mais carinhosas e satisfazem os “caprichos” do seu animal de estimação, assim como lhes dão “presentes” com mais frequência.

As mulheres sem filhos se mostram mais próximas do seu cachorro no plano emocional. Fala-se muito das carências afetivas, que são resolvidas por um animal de estimação. Nesse sentido, sempre é bom evitar humanizar em excesso os nossos animais.

O laço entre o cachorro e seus donos

Os benefícios físicos e psicológicos que nos trazem o fato de ter um animal de estimação são bastante conhecidos. Nossos animais de estimação nos ajudam a reduzir os níveis de estresse e ansiedade. Existem especialistas que garantem que as pessoas que têm cachorros são menos propensas a sofrer problemas cardíacos.

Estatisticamente, está comprovado que muitas pessoas que vivem sozinhas são perfeitamente felizes com um animal de companhia ao seu lado.

Qual é a base de vínculo entre os cães e os humanos? A confiança. O cão tem que adquirir confiança no seu dono ou guia. Da mesma maneira que no caso dos humanos, a confiança é difícil, nem sempre é fácil conquistar a confiança de alguém. No entanto, ela pode ser perdida com facilidade.

Os laços entre o cachorro e o dono podem ser de caráter físico ou emocional

O laço físico significa que o animal nos vê como um provedor das suas necessidades físicas. Somos aquele que satisfaz o que ele precisa para comer, beber, se sentir confortável e aquecido, etc.

O laço emocional é mais complexo. Ele pode ser conquistado através da brincadeira. As brincadeiras entre o cachorro e seu dono estão associadas também à obediência, à aprendizagem de novas coisas pelos nossos cães.

Recomendados para você