O ciclo reprodutivo dos gatos

fevereiro 11, 2019
As fêmeas podem entrar no cio naquelas estações que se destacam pelas altas temperaturas e horas de sol, por isso, estarão prontas para o ato sexual na primavera ou no verão. 

É muito importante conhecer o ciclo reprodutivo dos gatos, se tivermos um como animal de estimação. Desta forma, você pode reconhecer quando eles estão no cio e como lidar com isso. Saiba mais neste artigo.

Ciclo reprodutivo dos gatos: puberdade

Como primeiro passo, você deve se lembrar de quando os gatos e as gatas atingem a maturidade sexual. As fêmeas são mais precoces do que os machos nesse aspecto, já que seus órgãos sexuais estão prontos para a reprodução entre os seis e os nove meses de vida.

Isso depende de vários fatores, como raça, peso corporal, dieta e até exposição ao sol. Isso mesmo, porque se um gato está em contato com a luz do sol, ele entrará na puberdade mais cedo do que se crescer em um espaço mais escuro.

Gatos de pelo curto – como a raça siamesa – podem se reproduzir antes de gatos de pelos longos (como os persas).

No caso dos machos, a puberdade começa aos oito meses e alguns indivíduos podem levar até um ano.

O sinal de que eles estão prontos para a reprodução é quando seus testículos “baixam”, mas isso também revela seu temperamento, porque ele se torna mais territorial, grosseiro e até agressivo.

Quando um gato macho atinge a maturidade sexual, troca as brincadeiras por rituais de acasalamento: sai à noite, se aproxima das fêmeas, as cheira e, finalmente, tenta copular com elas.

Ciclo reprodutivo dos gatos: cio

O cio é o período em que a fêmea pode se reproduzir. Nesse período, ao copular com um ou mais gatos, as chances de a fêmea engravidar são muito grandes.

Este ciclo ocorre em uma determinada estação do ano, principalmente quando está quente e há muitas horas de luz solar, entre a primavera e o verão.

cio dos gatos

No entanto, as gatas podem entrar no cio em qualquer época do ano, desde que as condições climáticas sejam ótimas. É menos comum acontecer no inverno, por exemplo. Alguns dos sinais de que a fêmea está no cio, são:

  • Ela fica mais carinhosa que o normal
  • Rola no chão, cama ou sofá
  • Se esfrega contra objetos e pessoas (ou contra outros animais de estimação)
  • Mia intensa e repetidamente
  • Urina com cheiro mais forte

O cio de uma gata dura apenas alguns dias, mas é muito bem diferenciado em quatro fases, cada uma com suas próprias características:

  1. Proestro

Nesse estágio, a fêmea está fisicamente preparada para copular: a vulva incha, ela “paquera” ou se insinua e, além disso, mia de forma suave. O proestro dura aproximadamente três dias e é conhecido como corte.

  1. Estro

Este é o período de receptividade sexual, no qual a fêmea pode receber o macho para copular. O cio dura entre quatro e seis dias, mas se a gata não acasalar, pode se estender por até 15 dias. O miado intenso, repetitivo e forte é o mais característico desta etapa.

  1. Metaestro

É uma fase muito curta – dura apenas 24 horas – que às vezes passa despercebida dentro do ciclo reprodutivo dos gatos.

A gata não permite a aproximação de um macho, torna-se muito agressiva e, no caso de estar prenha, pode protagonizar mudanças em seus hábitos: elas vão dormir e comer mais.

  1. Anestro

É o último estágio do estro nas gatas, que é diferente dependendo se ela está ou não prenha. Neste último caso, tudo volta ao normal; até dois ou três meses depois, quando o ciclo retorna.

Reprodução dos gatos

Ciclo reprodutivo de gatos: acasalamento

Quando um gato está pronto para se reproduzir, os “encontros sexuais” são realizados à noite; já que é nesse momento que eles se socializam mais com os outros. Para que a cópula seja bem-sucedida, a fêmea deve aceitar o macho.

Ela irá deixá-lo saber disso aproximando-se pouco a pouco. Em seguida, os dois se cheiram e a fêmea ficará “de barriga para cima” como se estivesse brincando.

Depois, o macho irá imobilizá-la e morder seu pescoço para iniciar o ato sexualPor estimulação, a fêmea ovula e o macho ejacula. Depois disso, eles se separam e se limpam.

Com um único encontro, nem sempre há gravidez. O ato pode ser repetido até quatro vezes na mesma noite.