O cloro da piscina na pele dos animais

abril 5, 2019
Além dos problemas digestivos ou respiratórios, o cloro da piscina pode provocar danos na pele do animal.

Nos dias quentes de verão, muitos animais de estimação gostam de se refrescar se jogando na água com seus donos.

Por isso, uma piscina pode ser uma solução ideal para combater o calor e melhorar o vínculo com seu melhor amigo.

No entanto, na hora de pensar no banho, é fundamental estar atento aos possíveis efeitos negativos do cloro da piscina na pele dos animais.

O que é o cloro e para que o utilizamos?

O cloro é um elemento químico que se apresenta como um gás amarelo esverdeado em seu estado natural. Atualmente, tem diversas utilidades em nossa sociedade, e é comercializado em forma de tabletes, gás ou líquido.

Entre as funções deste princípio ativo, destaca-se seu emprego na eliminação e prevenção de micro-organismos patógenos (fungos, vírus, vermes, bactérias e parasitas).

É comum que muitos produtos de limpeza e branqueadores – como o hipoclorito de sódio – contenham uma porcentagem de cloro diluído.

Nas piscinas públicas, o cloro é utilizado para evitar a proliferação de agentes patógenos e a transmissão de doenças por água contaminada.

Além disso, em lugares onde o sistema de purificação da água é deficiente, o cloro é um importante aliado da saúde.

Com a adição de cloro na água semi-tratada, é possível eliminar boa parte dos micro-organismos e prevenir muitas doenças.

banho de cachorro na piscina

Os possíveis danos do consumo do cloro para a saúde

Por seu uso cotidiano, o cloro pode parecer uma substância inofensiva. De fato, quando utilizado com inteligência, sua ação antisséptica e desinfetante nos ajuda a manter uma ótima higiene em casa. No entanto, também pode ser perigoso quando usado incorretamente.

Por exemplo, a ingestão ou inalação do cloro pode ser tóxica para nós e para nossos animais de estimação.

Por esse motivo, essa substância geralmente é muito diluída quando é utilizada em espaços de uso comum. De toda forma, as crianças e os animais de estimação devem ser vigiados constantemente para que não bebam água da piscina.

Caso desconfie que uma criança ou um animal doméstico tenha consumido água da piscina, é importante levá-los rapidamente ao médico ou ao veterinário.

Além disso, é importante saber reconhecer os principais sintomas de intoxicação por cloro:

  • Náuseas
  • Diarreia
  • Vômito
  • Mal-estar e dor estomacal
  • Úlceras ou bolhas na boca e língua
  • Problemas digestivos
  • Perda de apetite

Além disso, um animal que toma água com cloro da piscina pode ter dificuldades para respirar e sofrer ataques de tosse.

Em casos mais extremos, a inalação ou consumo excessivo de líquidos pode causar um edema pulmonar.

cão na piscina

Os efeitos do cloro da piscina na pele dos animais

Algumas piscinas possuem concentrações de cloro tão altas que só o contato com a água já provoca reações negativas em nossos companheiros. Um cão que nada e brinca em uma piscina com muito cloro pode ficar com os olhos vermelhos.

A exposição ao cloro da piscina na pele dos animais também pode irritar as mucosas, inflamar a pele e danificar os dentes do animal.

Se o contato com a substância for prolongado, sua pele se resseca e ele pode sofrer feridas com muita facilidade. Com a pele machucada, o animal fica expostos a muitos agentes patógenos.

Como evitar que o cloro cause danos em nossos animais?

Como vimos, o cloro da piscina na pele dos animais pode ocasionar danos a nossos pets. Por isso, é essencial vigiar nossos companheiros enquanto eles nadam e brincam na piscina, para evitar qualquer acidente.

Além disso, impeça a entrada deles na água depois de uma higienização ou tratamento com pastilhas de cloro.

Provavelmente, seu animal vai se expor ao sol durante seu banho refrescante na piscina. Por isso, outro cuidado crucial com a saúde será passar protetor solar veterinário em todo seu corpo.

As pragas de insetos também são importantes. Por isso, antes de deixar que seu animal se exponha ao ar livre no verão, é importante utilizar repelente para afugentar os mosquitos e abelhas.

Quando nosso animal de estimação terminar de se divertir na piscina, é preciso lavar seu corpo com muita água limpa para tirar o cloro, e depois secar bem.

Também é muito importante limpar seus olhos e oferecer água potável para ele beber. Se desconfiar que o animal possa ter tomado água da piscina, leve-o ao seu veterinário de confiança.