O podengo espanhol: criado para a caça

· setembro 17, 2018
Preparado para enfrentar qualquer tipo de terreno, este cão de caça destaca-se por sua grande resistência a doenças.

Podengos são cães rústicos que pertencem a diferentes raças antigas de cães que se originaram na bacia do Mediterrâneo. Entre os diferentes tipos desses cães, destaca-se o podengo espanhol, um verdadeiro caçador.

Embora não tão conhecido fora do território ibérico, o podengo espanhol é considerado na Espanha como a melhor raça de cão para caçar. Seu corpo forte, rústico e resistente permite que ele execute sua função com destreza total, mesmo em terrenos acidentados e climas desfavoráveis.

Este animal, pela sua versatilidade, pode caçar sozinho ou em grupo, apresentando sempre um ótimo desempenho. Então, nós convidamos você a aprender mais sobre os cães podengos e, em particular, sobre o podengo espanhol.

O podengo espanhol e os diferentes tipos de podengos

Existem diferentes tipos ou raças de podengos originários das regiões mediterrâneas. Atualmente, reconhece-se que existem podengos nativos da Espanha (Andaluzia, Canárias e Maiorca), Itália (Malta), Portugal e Grécia.

O Podengo orito espanhol, também conhecido por Podengo espanhol, é um dos mais conhecidos na Espanha, embora ainda não seja reconhecido pela FCI ( Federação Cinológica Internacional ). Os criadores continuam dedicando-se a “oficializá-lo” como raça.

Além disso, existem também outros podengos criados na Espanha, como o podengo andaluz (Andaluzia), o podengo Ibicenco (Maiorca) e o podengo das Canárias (Ilhas Canárias). Além disso, devemos mencionar que os podengos de outros países também demonstram excelentes instintos de caçador. Estes são alguns tipos de podengos que se originaram fora do território espanhol:

  • Podengo Português
  • Cirneco del Etna (Itália – Sicília)
  • Cão do faraó ou pharaoh hound (Itália – ilha de Malta)

 Cães podengos

Características comuns aos podengos

O termo ‘podengo’ se refere a várias raças de cães que estão relacionadas por suas origens e compartilham características físicas e comportamentais. De acordo com a FCI, estes cães se encaixam no grupo 5 (cães do tipo primitivo e tipo spitz), dentro da seção 7 (cães de caça). No entanto, o cão faraó é classificado na seção 6 do mesmo grupo (cães primitivos).

Pouco se sabe sobre as origens dos podengos, mas estima-se que seu ancestral seria o Tesem. Este era um cão de caça que está extinto. Mas do qual há uma representação gráfica, encontrada na Pirâmide de Quéops. Teria chegado à Europa graças à grande expansão comercial dos fenícios.

Os podengos são cães de tamanho médio/grande, com um corpo forte e músculos bem desenvolvidos. Também podemos encontrar vários tamanhos em alguns tipos de podengos, como o podengo português, por exemplo.

Personalidade do podengo

Criado para caçar, os podengos têm sentidos muito desenvolvidos e estão sempre alertas. Seu caráter é ativo e independente, e revela uma grande inteligência e predisposição para o treinamento.

Em geral, o podengo espanhol apresenta um temperamento equilibrado e paciente. No entanto, tem muita energia e requer uma alta dose de exercícios físicos e estimulação mental constante.

Para estes cães, o sedentarismo é extremamente nocivo para sua saúde e seu comportamento, pois favorece o desenvolvimento de problemas de conduta, como a destrutividade, os latidos excessivos e a agressividade.

Podengo

Como animais de estimação, os podengos são mais recomendados para pessoas ativas e que desfrutam de atividades ao ar livre. Eles também podem se dar muito bem com as crianças, desde que tenham sido devidamente educados e socializados.

Saúde do podengo espanhol

O podengo espanhol destaca-se não só por seus excelentes instintos de caça, mas também pela excelente saúde. Estes cães são muito resistentes e apresentam uma grande capacidade de adaptação, o que lhes permitiu sobreviver por muitos séculos.

Além disso, o podengo não foi submetido aos processos de padronização estética que afetaram a grande maioria das raças de cães. Precisamente, porque suas habilidades instintivas têm sido historicamente mais valorizadas do que sua aparência física.

Consequentemente, apresenta uma variedade genética maior, o que se traduz em benefícios importantes para sua saúde. Além de sua resistência física privilegiada, o sistema imunológico desses cães é realmente forte. Com os devidos cuidados, um podengo dificilmente fica doente e pode desfrutar de uma longevidade mínima de 12 anos. Esta idade está um pouco acima da média de vida dos cães.

Outra “vantagem” da diversidade genética é que ela diminui a predisposição para desenvolver certas doenças hereditárias. Portanto, podengos têm baixa probabilidade de apresentar patologias degenerativas comuns em outras raças, como a displasia de quadril ou de cotovelo.

No entanto, é essencial lembrar que o podengo precisa de um cuidado essencial com sua saúde, assim como todos os cães, e um ambiente positivo para se desenvolver de forma otimizada. Além disso, uma medicina preventiva adequada será fundamental para preservar a boa saúde ao longo de sua vida.