O que é enriquecimento ambiental?

· julho 13, 2018
Saiba mais sobre como dever ser o enriquecimento ambiental e seus tipos.

Quando convivemos com os animais, sejam eles exóticos ou domésticos, acaba sendo difícil dar ao nosso bicho de estimação os estímulos que seu equivalente selvagem desfrutaria no meio natural. Isso pode ser solucionado através do enriquecimento ambiental.

Embora os animais domésticos tenham evoluído por causa dessa convivência, a maioria das necessidades biológicas de um cão e de um gato continuam se parecendo muito com as de um lobo ou gato-selvagem.

É por isso que consideramos que a vida de nossos bichos de estimação, em maior ou menor medida, é uma vida em cativeiro, pois eles não são livres para ir aonde quiserem, quando quiserem. Na verdade, grande parte de suas vidas eles passam em ambientes aos quais não estão adaptados biologicamente.

Isso pode levar a uma piora no bem-estar desses animais, e repercutir na sua vida tanto em nível físico quanto psicológico. Essa privação de liberdade é mais evidente nos animais de fazenda, e ainda maior nos animais exóticos.

É por isso que o enriquecimento ambiental é uma técnica muito útil para melhorar o bem-estar dos animais que convivem com o ser humano, e pode ser ideal para reduzir o estresse deles.

As carências referentes aos estímulos não só podem piorar o bem-estar de nosso bicho de estimação, como também tornar mais difícil a convivência. Um exemplo seria quando nosso cão morde almofadas ou outros objetos.

A busca por comportamentos naturais

O enriquecimento ambiental consiste em melhorar o bem-estar desses animais proporcionando estímulos ao seu entorno, buscando a realização de comportamentos naturais.

tartaruga
Fonte: Mbz1

Quando falamos de comportamentos naturais, pode-se pensar que um comportamento como o de nosso cão brincando com uma bola é antinatural, mas não é bem assim. Ir atrás da bola e mordê-la reflete comportamentos de depredação e padrões de brincadeiras, ambos naturais e próprios dos cães selvagens.

Ainda assim, existem muitos comportamentos naturais que muitas vezes nossos animais não têm, como, por exemplo, explorar com seus cinco sentidos um ambiente naturalizado e mutante.

Uma bola ou qualquer brinquedo para nosso bicho de estimação poder ser um elemento de enriquecimento ambiental, mas esse tema abrange muito mais coisas do que simples brinquedos.

O enriquecimento ambiental consiste em melhorar o bem-estar desses animais proporcionando estímulos no seu entorno, ao buscar a realização de comportamentos naturais.

Como deve ser o enriquecimento ambiental?

Existe uma série de normas que devem ser seguidas para realizar um enriquecimento ambiental correto para os nossos bichos de estimação, e isso tudo poderia se resumir aos seguintes pontos:

  • Deve ser específico para cada espécie: isso quer dizer que deve se adaptar ao comportamento e a anatomia do animal, por exemplo, um elemento para afiar as garras de um gato não faz sentido quando se trata de um cão.
  • Deve-se levar em consideração a hierarquia existente: se temos vários animais em casa que costumam brigar por comida, normalmente eles também apresentarão o mesmo comportamento quando se tratar do enriquecimento ambiental. Deveremos oferecer vários objetos, da mesma forma que ofereceremos vários comedouros.
  • Deve-se prestar atenção à periculosidade: é preciso levar em consideração a presença de elementos tóxicos ou peçonhentos nos objetos e materiais que formos utilizar.

Tipos de enriquecimento ambiental

Existem diferentes tipos de enriquecimento ambiental, dependendo de quais comportamentos formos promover no nosso bicho de estimação:

O enriquecimento natural abrange qualquer elemento estrutural do local ou da casa que estimule tais comportamentos. Um exemplo claro disso são as árvores para arranhar voltadas para os nossos gatos, nas quais existem plataformas e túneis.

gato na árvore

Além disso, temos o enriquecimento alimentício que é qualquer forma de oferecer o alimento aos nossos bichos de estimação de forma diferente, para que promova esses comportamentos. A verdade é que, se nossos bichinhos tivessem que caçar, demorariam muito mais para comer. Um bom exemplo disso são os brinquedos de borracha com cavidade para a colocação do alimento, popularizado como Kong.

No caso do enriquecimento social, seu objetivo é propiciar as interações com outros animais, sejam eles membros da espécie a qual pertence nosso bicho de estimação, ou, até mesmo, outras espécies.

Proporcionar relações sociais aos nossos bichinhos é, sem dúvida, um dos métodos de enriquecimento ambiental mais importantes no caso de espécies sociais.

O enriquecimento sensorial busca promover comportamentos exploratórios, e se baseia nos sentidos mais utilizados por cada espécie. No caso dos gatos, o olfato é um bom sentido para ser estimulado através de elementos como a erva-do-gato.

Assim, existem muitas combinações de tipos de enriquecimento. Experimente pesquisar ideias na internet e adaptá-las ao seu bicho de estimação para que, assim, ele fique entretido e se livre do estresse.

Fonte da imagem principal: El Coleccionista de Instantes Fotografía & Video