O que você deve saber sobre a alimentação de cães de pelos longos

fevereiro 18, 2019
Os ácidos graxos ômega-3 são fundamentais para o crescimento dos pelos, bem como para manter o brilho.

Uma boa nutrição é uma parte fundamental para a saúde dos nossos animais. Alimentar-se bem é uma missão que todos os seres vivos têm no dia a dia. Hoje, falaremos um pouco sobre a alimentação de cães de pelos longos.

Os humanos, graças ao intelecto superior, domesticaram muitos animais ao longo da história. No caso dos cães, com o passar do tempo, eles se tornaram animais de estimação.

Alimentos indicados

Cães são animais carnívoros, o que significa que sua dieta é baseada na carne como fonte principal. Isso não significa que todos os cães sejam alimentados da mesma maneira; existem raças que possuem metabolismos mais rápidos e, da mesma forma, outras raças com metabolismo mais lento.

Devemos esclarecer que a carne não é o único alimento que os cães consomem. Os vegetais também formam uma parte fundamental para a boa digestão do animal. Ao contrário dos humanos, os cães não devem ingerir tantos vegetais.

Vegetais nunca são ruins para os humanos e o mesmo se aplica aos cães. Os vegetais são a principal fonte de antioxidantes e vitaminas, que são excelentes para a saúde geral do animal.

Mas por que essa conversa sobre vegetais? Para ajudar a manter a pelagem dos cães saudável e em boas condições.

Isso é de suma importância se nos referirmos à alimentação de cães de pelos longos. A principal atração de cães como shih-tzu, o husky ou schnauzer é sua pelagem densa e vistosa, que precisa ser muito bem cuidada em todos os momentos.

Raças de pelos longos

Como deve ser a alimentação de cães de pelos longos?

Como já dissemos, a dieta principal de um cão deve ser carne, mas para a alimentação de cães de pelos longos, não é qualquer carne que é idealO peixe também deve fazer parte da sua dieta, pois é uma fonte de ômega-3.

Este composto é muito benéfico para o organismo de todos os animais, incluindo seres humanos. É essencial para o corpo, mas nem humanos nem cães o produzem por conta própria.

É por isso que deve ser consumido, porque entre os benefícios que o ômega-3 possui estão:

  • Funciona como um antioxidante natural.
  • Ajuda no crescimento dos pelos e no brilho.
  • Mantém a boa saúde da pele.
  • Impede que diferentes doenças se manifestem, como otite, escabiose e seborreia.

O problema com esse ácido é que ele deve ser consumido ainda fresco se recorrermos a uma dieta natural. Por quê? O composto se oxida muito rapidamente e perde todos os benefícios em algumas horas, no máximo.

É por isso que há capsulas desse elemento, para suprir assim as necessidades conforme o corpo precisa. Se você quer que seu cão tenha uma pelagem de alta qualidade, não se esqueça de colocar pelo menos uma cápsula em sua tigela.

Que vegetais são bons para a pelagem?

Nós chamaremos de vegetais todos os produtos naturais para este caso, então incluiremos frutas também.

Na natureza, nem lobos nem cães têm acesso fácil a esses elementos. No entanto, aqueles poucos que estão acessíveis a eles trazem grandes benefícios, desde que sejam consumidos em pequenas quantidades.

Entre as frutas mais recomendadas para darmos ao nosso cão estão: morangos, mirtilos, pêssego e damasco. Todas essas frutas têm uma boa quantidade de antioxidantes.

vegetais para cães

Além disso, esses frutos possuem propriedades que ajudam a proteger a pele do cão contra doenças. Da mesma forma, beneficiam os pelos, então, oferecer-lhes de vez em quando não faz mal.

No caso dos vegetais, as opções são um pouco mais limitadas: as cenouras e o espinafre são ideais para eles, desde que estejam bem picados e crus.

São uma boa fonte de vitaminas de vários tipos, bem como fornecem a fibra necessária para o trato digestivo.

Então ele só deve comer carne de peixe?

Não, os cães de pelos longos podem comer todos os tipos de carne sem restrições. O peixe é sugerido como uma fonte principal do composto Ômega-3, porque faz maravilhas com os pelos do animal.

Mas da mesma forma, devemos fornecer outras fontes de ácidos graxos para que seu corpo esteja em forma e não sofra complicações futuras.

Lembre-se de que alimentar corretamente cães de pelos longos é essencial para oferecer uma dieta baseada em antioxidantes e ômega-3. Se você tiver alguma dúvida, é melhor consultar o veterinário.