O veneno do escorpião é mortal?

· outubro 6, 2018
A picada desses animais causou mais de três mil mortes ao longo do ano e causou mais de um milhão de incidentes graves. Sua picada contém uma substância venenosa.

O escorpião é um inseto que pode chegar a até 10 centímetros de comprimento, capaz de agitar sua cauda em altas velocidades para atacar. Cada espécie possui diferentes métodos de ataque, e o veneno do escorpião pode causar efeitos letais, com algumas diferenças.

Os escorpiões tendem a usar dois tipos de golpes ou picadas: abertas e fechadas. As abertas são muito mais rápidas e precisas, com maior possibilidade de atingir e penetrar no corpo.

Existem diferentes tipos de escorpiões, alguns deles são frequentes em países como o Brasil e Argentina. Mas também é encontrado em regiões áridas do Norte da África e do Oriente Médio. Seus predadores naturais são morcegos, cobras, répteis e ratos.

Efeitos do veneno do escorpião

O veneno do escorpião causa 1,2 milhões de incidentes graves de saúde por ano. Mais de três mil resultam em mortes, sobretudo de crianças, idosos e pessoas com problemas de saúde, como hipertensão, doenças cardíacas ou diabetes.

Tal foi o caso do escorpião na província de Córdoba, na Argentina, que tirou a vida de várias crianças em 2017.

Este veneno de escorpião provoca inflamação nos órgãos e músculos do corpo. Esta inflamação pode causar de feridas locais a falhas em múltiplos órgãos, que incluem parada cardíaca e edema pulmonar.

Está provado que uma inflamação nos pulmões causada pela picada de um escorpião causa o encolhimento destes, e depois a morte da pessoa, devido à perda da capacidade respiratória.

escorpião

A gravidade da imagem depende de alguns fatores, como o local da mordida (uma vez que uma mordida no pé não é a mesma coisa que uma no pescoço), bem como se o veneno se distribuiu ou não pelo corpo. Isso vai determinar se a picada provocara apenas uma ferida local ou um quadro sistêmico, com comprometimento do sistema nervoso e do sistema cardiovascular.

Sintomas e tratamentos da picada

Para poder levar a cabo um tratamento eficaz é necessário entender as reações patológicas que o veneno de escorpião pode causar.

Alguns dos sintomas da picada e seus efeitos são: dormência ou anestesia em torno da picada, dor e sensação de queimação, vermelhidão, vômitos, espasmos musculares, salivação, diarreia, agitação e tremores generalizados, acompanhados por choros ou gemidos constantes.

Se o quadro se agravar, o paciente pode apresentar sudorese, vômitos, diarreia, dor de cabeça, tonturas, agitação, febre e hipotermia, delírio, salivação, lacrimejamento, visão turva, movimentos oculares rápidos e taquicardia.

Como o efeito geral do veneno do escorpião é uma inflamação, estudos foram conduzidos com drogas anti-inflamatórias não-esteáricas, como o ibuprofeno, que deram resultados muito bons em camundongos.

escorpião

Em experimentos de laboratório, esses anti-inflamatórios usados ​​nos testes permitiram combater os efeitos da picada do escorpião e salvar a vida das cobaias.

Prevenção e Cuidado

Recomenda-se aplicar gelo na área afetada e imediatamente após a picada. Como há apenas um período de horas entre a mordida e a morte da vítima, nos casos mais graves, deve-se agir rapidamente indo ao centro de saúde mais próximo.

Uma prevenção natural para evitar a propagação de escorpiões é ter seus predadores no jardim. Estes são as aves de curral, como patos, gansos e galinhas.

Por outro lado, porque baratas e aranhas são alguns dos alimentos dos escorpiões, muitas vezes eles ficam em lugares com grandes quantidades de lixo ou de acúmulo de detritos, como lenha, espaços com madeira caída, telhas, tijolos ou rachaduras em paredes, pisos e rodapés.

Eles também podem ser encontrados em drenos, salas e depósitos sem aeração, atrás de quadros, debaixo de móveis ou entre roupas e sapatos. É importante controlar as entradas e saídas de tubulações, usar mosquiteiros nas aberturas e reparar rachaduras e buracos nas paredes.

O escorpião é um animal de hábitos noturnos: permanece escondido no solo durante o dia. Portanto, é necessário evitar andar descalço, bem como observar e agitar as roupas e a roupa de cama antes de se vestir ou deitar.

Portanto, é essencial manter o local limpo e proteger as mãos e os pés durante a limpeza.