Os animais com a vida mais curta

Insetos são as espécies com a vida mais curta e algumas espécies duram apenas alguns minutos; por outro lado, os mamíferos podem viver por décadas, com exceções, como o camundongo, que não chega a cinco anos.

Alterações no metabolismo, condições climáticas, proporções do corpo e do cérebro e outros fatores desconhecidos, fazem com que alguns animais vivam mais de 150 anos e outros apenas algumas horas.

Os cinco mamíferos com a vida mais curta

Entre os mamíferos, com uma média de quatro anos de vida, o camundongo é o animal que leva o ‘prêmio’ de animal com a vida mais curta. É considerado o segundo mamífero que mais se reproduz na Terra, atrás apenas do homem. Atinge um comprimento de 6,5 a 9 centímetros entre a cabeça e o corpo. O comprimento da cauda é de 7 a 10 centímetros, e seu peso varia de entre 12 e 30 gramas.

Camundongos

O segundo mamífero com a menor média de vida é o coelho doméstico. Sua sobrevida é de entre 8 e 12 anos, e suas principais causas de morte são o câncer e a obesidade.

Número três é para o popular e amado cão. Subespécie do lobo, a vida média do cão é de 10 a 13 anos. No entanto, esta média está sujeita a diferentes raças. A que menos média de vida possui é a raça buldogue e lobeiro irlandês, com apenas sete anos de vida. Os mais longevos – que contam com 13 anos de vida em média – são o pastor alemão, o labrador e o golden retriever, entre outros.

Golden Retriever

O quarto animal que tem uma expectativa de vida mais curta dentro do grupo de mamíferos é o simpático esquilo. Sendo sua vida média de apenas 12 anos, em sua curta vida ele dorme cerca de 15 horas por dia. Comem frutas, sementes, grama, insetos e vermes.

Esquilo

Parente próximo do cão, o lobo é o quinto mamífero com a menor média de vida. Ele vive cerca de 16 anos e, durante sua evolução na Terra, desenvolveu um senso de olfato, agilidade e força maior que os outros caninos. É um dos animais mais inteligentes e, no momento da sua alimentação, compartilha suas vítimas com outros membros de seu grupo.

Lobo

Os mamíferos são os animais que têm a vida mais curta?

Os insetos são criaturas invertebradas e formam o grupo mais diverso dentro do planeta. Além de serem a maioria das espécies, são a classe de animais com a vida mais curta que existe.

Apesar de ser o mais antigo animal alado do planeta, o effemeróptero é o ser que menos vive. Também conhecido como efeméridas ou efêmeras, é o animal com a menor média de vida de todos os animais, incluindo os humanos. Da mesma espécie que as libélulas, ele se transforma de larva em inseto, e por 24 horas as fêmeas são capazes de criar milhares de outros espécimes.

Existem cerca de 2,5 mil espécies de effemeróptero, que vivem no máximo 24 horas, mas algumas vivem apenas cinco minutos. Depois de vários estudos, descobriu-se que essa breve passagem pela Terra responde apenas ao propósito do acasalamento. Durante esse breve lapso de tempo, macho e fêmea acasalam enquanto voam; a fêmea deposita os ovos na água e ambos morrem.

O segundo inseto entre os animais com a vida mais curta é o gastrotrópico. Este inseto vive no fundo do ecossistema marinho. Nasce, se desenvolve e morre em três ou quatro dias; esse é o momento em que ele também atinge a maturidade sexual que lhe permite se reproduzir.

Formigas e moscas, um ciclo de vida muito curto

A formiga popular também é um dos insetos com menor vida média; sua expectativa de vida é de apenas três semanas. Existem mais de 10 mil espécies de formigas. A rainha está alojada nos gigantescos palácios de terra construídos por sua comunidade; ela passa sua vida se dedicando a pôr ovos para garantir a sobrevivência da colônia.

Formigas

A função das formigas operárias é coletar comida, manter o formigueiro e cuidar dos jovens; no entanto, desde o seu nascimento, a função das formigas masculinas é se reproduzir com a rainha. Uma vez que a missão justifica o seu nascimento, as formigas podem morrer.

Finalmente, outro companheiro de habitat, como a mosca, é a quarta espécie com a menor média de vida. Elas atingem entre 15 e 30 dias, tempo em que uma fêmea pode chegar a pôr mil ovos; embora este inseto seja irritante em nossa casa, seu ciclo de vida é muito curto.

Mosca

Recomendados para você