Cachorro, gato e rato: 3 amigos inseparáveis

· junho 10, 2017

Na verdade, sabemos que existem algumas “inimizades” no reino animal, mas a verdade é que, em muitas ocasiões, nos dão uma lição de amor e companheirismo sem igual. Neste artigo, contaremos a historia de três amigos inseparáveis: um cachorro, um gato e um rato.

Os 3 mosqueteiros: cachorro, gato e rato

Por suas naturezas tão diferentes, é normal que um cachorro não se dê bem com um gato. Também é improvável que um felino morra de amores por um roedor. Mas com certeza essa “regra” tem uma exceção, que vamos narrar a seguir.

Os protagonistas desta história tão bonita são uma cadela chamada Sasha, um gato de duas cores que foi batizado de Jack e um rato preto a quem apelidaram de Tweaks, e que passeia tranquilamente entre seus fiéis companheiros, como se nada de anormal existisse. Os três animaizinhos foram deixados numa ONG, a Oshkosh Area Humane Society, de Wisconsin, nos Estados Unidos.

A vida deles, cachorro, gato e rato, era como a de qualquer outro animal de estimação que conhecemos. Viviam os três juntos num local, onde eram amados e cuidados. No inverno, não tinham frio, não passavam fome, nem maus-tratos. Até que a família passou por uma grande crise econômica, o que os impediu de seguir criando a bicharada.

E, por isso, tomaram a difícil decisão de deixá-los aos cuidados de um refugio próximo à sua casa. Nesse local, os três amigos viveram e brincaram felizes da vida. “A família teve que mudar para uma casa menor e não tinha espaço para os três animais. Por isso, os deixaram aqui. São inseparáveis”, disse o coordenador de comunicações e educação do OAHS (siglas da organização) Cheryl Rosenthal.

Segundo os funcionários do lugar, o cachorro, o gato e o rato aprenderam a conviver e a se entenderem, por isso é que não se pode separá-los nem sequer por um instante (nem pensar na possibilidade de que sejam adotados por famílias diferentes). Esta é uma das razões pelas quais os donos tiveram que deixá-los juntos neste refúgio.

A chegada dos três amigos em seu novo lar

Quando os donos anteriores do cachorro, gato e rato os deixaram na OAHS, foi preciso realizar nos bichos certos exames para analisar a saúde de cada um deles. Para começar, o gato foi separado de seus companheiros durante alguns minutos. Nesse momento, os funcionários perceberam uma mudança espontânea em seu comportamento.

Segundo Cheryl, o gato estava muito assustado, não cooperava com os veterinários e grunhia por tudo. Um dos ajudantes recomendou levar o cachorro para que fizesse companhia e a mudança na atitude de Jack foi extraordinária. Ele relaxou ao ver que seu amigo estava ao seu lado.

Depois de ver essa situação, decidiram levar o terceiro componente deste trio inseparável. Os voluntários viram como Tweaks corria atrás de Sasha (o cachorro) e se lambiam entre si. Logo os deixaram em um quarto para monitorá-los quando, de repente, o rato se acomodou debaixo das patas do gato (que estava dormindo) e ficaram os dois juntos descansando.

Desde esse momento, os responsáveis pelo refúgio os chamaram de “The Rat Pack”. Então, permitiram que vivessem juntos nas instalações para os animais.

Um dia, chegou ao refúgio um casal interessado em adotar um cachorro e um gato. Quando mostraram para eles a Sasha e Jack, quiseram levá-los para sua casa… até que os avisaram que o “pacote” incluía um rato. A provável adotante, Kathy, se assustou e disse que não. Mas depois os empregados do lugar lhe apresentaram o Tweaks, ela se “apaixonou” por ele, por se tratar de um rato fora do comum.

E por isso, agora os três amigos vivem juntos e felizes num novo lar que lhes oferece tudo o que necessitam. E ainda melhor, de tudo e sem ter de se separar um do outro.

Fonte da imagem principal: larepublica.pe