Os cães têm alma? Saiba tudo sobre isso

· dezembro 17, 2018
Dado o comportamento dos animais de estimação e as crenças religiosas, pode-se interpretar que os cães têm uma alma. 

Dizem que os cães podem ver a aura das pessoas e que seus sentimentos são superiores aos de qualquer outro animal. Mas seria mesmo verdade que os cães têm alma? Neste artigo, tentaremos responder a essa pergunta.

Cães têm alma: a visão religiosa

Até alguns anos atrás, a Igreja e muitos dos fiéis consideravam que os animais, em geral, não tinham alma.

No entanto, dois dos últimos três papas (João Paulo II e Francisco) mudaram essa percepção e afirmaram que, como são seres vivos, eles têm um lugar ‘reservado no céu‘.

Muitos padres e párocos incentivam os cristãos a irem à missa com seus animais de estimação, e não necessariamente porque os cães são cada vez mais considerados como membros da família.

É que, o clero afirma que os animais de companhia têm alma, assim como as pessoas.

A Igreja Católica reconheceu que esses seres ajudam pessoas solitárias, deprimidas ou doentes e, portanto, são dignas do céu.

Claro, nem todo mundo pensa assim sobre a questão… mas então, os cães têm alma?

Quem deu o pontapé inicial foi João Paulo II ao afirmar que “os animais têm um sopro vital recebido por Deus” em clara alusão à alma. Depois de suas palavras, o debate de teólogos, religiosos, ecologistas e ateus logo começou.

Alma canina

Naquela época – no início dos anos 1990 – a controvérsia tomou conta de algumas mídias, com manchetes como “O Papa abre o céu para os animais” ou “Os animais também têm almas, como os homens”.

Karol Wojtila, mais conhecido como João Paulo II, mais tarde indicou que seus ditos eram baseados nas escrituras sagradas.

Na Bíblia, está escrito que o homem deve viver em solidariedade com todos os seres vivos, sem distinção entre humanos e animais.

A opinião do Papa Francisco

Ao longo dos meses, a notícia deixou de fazer parte da agenda e essa afirmação controversa ficou “adormecida” por quase duas décadas.

Foi então que o Papa Francisco disse que “a vida após a morte não é apenas um presente para os crentes, mas também para os animais”.

A posição do Sumo Pontífice – que leva precisamente o nome de São Francisco de Assis, padroeiro dos animais e da natureza – foi muito clara quando disse que “o céu está aberto a todas as criaturas. Lá eles receberão o amor e a alegria de Deus, sem limites”.

Vale a pena notar que o Papa anterior, Bento 16, apesar de ser fã de gatos, disse que os animais se”limitavam” a viver na terra, apenas.

Filhote de poodle

Além da religião católica, é interessante saber o que dizem em outros credos. Por exemplo, o budismo afirma que aqueles que se comportam incorretamente vão reencarnar como um animal na próxima vida.

O Islã indica que é preciso ter misericórdia de todas as criaturas vivas e, o judaísmo, afirma que é preciso insistir em tratar os animais com compaixão. No entanto, nenhum responde à questão de saber se os cães realmente têm almas.

Cães têm alma: postura teológica

Para continuar analisando esta afirmação, devemos levar em conta como funciona o entendimento de nosso pet. Como já foi dito em várias ocasiões, os cães não conseguem distinguir entre o bem e o mal.

É verdade que, quando eles cometem algum erro, parecem arrependidos (especialmente se forem punidos), mas, ao fazê-lo, eles não tiveram uma avaliação moral específica.

Eles se comportaram dessa maneira porque eram guiados por instinto, experiência ou costume… não por raciocínio e muito menos pela alma.

Por outro lado, é bom ouvir as palavras dos donos de animais de estimação, que afirmam que os animais têm uma alma semelhante à de uma criança.

Isto é assim por causa de sua bondade, sua ingenuidade e sua dedicação incondicional.

Então, se os cães têm alma… eles vão para o céu quando morrem? Um filme infantil dizia que sim e isso nos conforta quando perdemos nosso melhor amigo.

  • Regan, T. (1997). The rights of humans and other animals. Ethics and Behavior. https://doi.org/10.1207/s15327019eb0702_2
  • Gunderman, R. (2016). Whatever the soul is, its existence can’t be proved or disproved by natural science.