Os gatos adoram estar com seus donos

junho 29, 2017

Muitas pessoas pensam que os gatos são animais ariscos, individualistas e pouco carinhosos. Em muitas culturas, estes bichos de estimação são vistos como símbolos de má sorte e alguns até acreditam que estes charmosos animaizinhos são traiçoeiros. Mas nem tudo é o que parece.

É claro que os felinos são muito diferentes dos cães. O seu instinto de sobrevivência evoluiu especialmente para fugir do perigo que representam outras espécies maiores e mais fortes que eles. Além disso, os bichanos são capazes de formar laços muito fortes com o homem.

A verdade é que os gatos adoram estar com seus donos. Neste artigo, reunimos evidências do carinho que esses animais podem ter pelos seres humanos.

Os gatos seguem seus donos

Um fato que é muito comentado pelos donos de gatos é que, depois de um certo tempo de convivência, estes bichinhos desenvolvem o hábito de seguir os amos aonde quer que vão.

Nós nos levantamos, entramos no banheiro e, em seguida, caminhamos para a cozinha para um rápido lanche. Não importa aonde vamos, alguém está atrás de nós, seguindo cada movimento que fazemos. É o nosso gato.

Existem diversas hipóteses sobre o motivo desse comportamento. Alguns acreditam que esta é uma forma de imitar nossos movimentos. Outros afirmam que os gatos domésticos talvez sigam seus donos por pura diversão.

Os gatos gostam de nos lamber

Alguns felinos pequenos ficam muito próximos dos seres humanos. Tanto que desenvolvem o hábito de lamber a cabeça ou o cabelo dos proprietários. Esse comportamento não é tão comum, mas pode acontecer se fizermos movimentos mais cuidadosos.

Na verdade, a lambida felina é uma maneira de demonstrar carinho e fidelidade a outros bichanos que fazem parte de seu grupo. Como eles já estão habituados com a nossa companhia, poderiam nos demonstrar seus sentimentos de apego com a língua. É o jeito de dizer que somos parte de seu grupo.

Devemos lembrar também que a ação de lamber a cabeça ou a pelagem é algo que os gatos fazem para limpar os filhotes. Portanto é bastante lógico pensar que estes felinos somente lambem quando existe uma conexão muito forte.

Relação especial… com as mulheres

Um ditado costuma dizer que as mulheres solteiras que chegam a uma certa idade terminam vivendo com gatos. Ao que parece, esse velho estereótipo não é tão falso assim e existe uma boa razão para isso: os gatos possuem uma conexão especial com as mulheres.

Um estudo realizado por cientistas da Universidade de Viena apontou que mulheres e felinos desenvolvem uma relação de correspondência mútua. Os gatos podem interpretar as necessidades de suas donas e agir quando elas mais necessitam.

A pesquisa também constatou que esses animais podem se lembrar dos favores que suas donas fizeram por eles, com a intenção de retribuir o ato com carinho e companhia.

Os gatos preferem as pessoas

De acordo com outro recente estudo publicado na revista Behavioral Processes, estes pequenos felinos preferem interagir mais com seres humanos do que com qualquer outro objeto. Para comprovar a hipótese, os pesquisadores verificaram o comportamento de um grupo de gatos que foram isolados dos alimentos, brinquedos e de seus donos humanos.

Depois de algumas horas, os animais que fizeram parte do experimento mostraram uma maior necessidade de estar em contato com seus proprietários do que com qualquer outra coisa. O mais surpreendente foi que alguns preferiam seus donos a a dar uma mordida em sua comida.

Com isso, derrubou-se o mito de que os felinos são seres individualistas, mesquinhos e desprendidos das pessoas. Era tudo mentira!

Quase todos os gatos dormem sobre seus donos

Estamos dormindo e, de repente, o gatinho sobre em cima de nós, sobre nossos pés e até em nossa cabeça. Ao contrário dos cachorros, os bichanos preferem passar suas horas de sono noturno bem próximos de seus donos.

Existem muitas razões que explicam este comportamento felino. O principal é que os gatos preferem dormir em locais aquecidos durante a noite, período em que as temperaturas tendem a cair consideravelmente.

Os gatos adoram estar com seus donos. E existem muitas provas disso.