Os gatos no cinema: um passeio histórico

Em inúmeros filmes, os gatos foram protagonistas. Você já deve ter visto gatos no cinema em produções como Pinóquio, Cinderela, Aristogatas, a Dama e o Vagabundo, Shreck, Garfield, O poderoso chefão e Alice no País das Maravilhas.

Os filmes mais emblemáticos certamente foram protagonizados por seres humanos, mas os gatos no cinema também fizeram história. E hoje nós te convidamos a nos acompanhar em um tour histórico com os gatinhos que se tornaram inesquecíveis na sétima arte.

1901: O gatinho doente, o primeiro filme dos gatos no cinema

O curta-metragem intitulado “The Sick Kitten” marcou a estreia dos gatos no cinema. Seu roteiro contava a história de um gato doente que estava sob a responsabilidade de duas crianças pequenas.

1940: Pinóquio e o gato Fígaro

Astuto e veloz, o gato Fígaro foi imortalizado como mascote de Gepeto, no filme de animação Pinóquio. O boneco de madeira, cujo nariz crescia quando ele mentia, é fielmente acompanhado pelo gatinho em suas aventuras e desventuras. Fígaro também está presente em outras produções da Disney (é o gatinho da Minnie), mas de maneira mais discreta.

Gatinho no cinema

1950: Gatos no cinema: Cinderela e o gato Lúcifer

Com uma dona cruel e com um nome nada agradável, o gato Lúcifer não é exatamente um felino amigável. Ele desfruta dos males da madrasta de Cinderela e persegue os adoráveis ​​ratos Jaq, Tata e Bruno.

1951: Alice no País das Maravilhas e um gato enigmático

É quase impossível esquecer o peculiar gato de Cheshire que entretém Alice com proposições filosóficas. Um felino colorido, cuja a habilidade mágica permitia que ele aparecesse e desaparecesse e até que deixasse visível apenas o seu largo sorriso.

1955: A Dama e o Vagabundo

Este clássico desenho animado conta a história do amor canino entre uma bela cocker spaniel e um astuto cão vira-lata. Como uma boa odisseia romântica, os amantes têm que superar os vilões que tentam separá-los. Neste caso, os gatos siameses da tia Sara são os antagonistas do casal principal.

1960: A doce vida

Um felino protagonizou, nada mais e nada menos, do que uma das cenas mais inesquecíveis deste clássico italiano. O gato Branco fere o personagem de Marcello Mastroianni quando ele passeava com a personagem exuberante de Anita Ekberg. Longe de punir o gatinho, a bela dama pede ao parceiro que procure leite para alimentá-lo.

1961: Bonequinha de luxo e seu gato premiado

Bonequinha de luxo é o tipo de filme em que tudo parece ser emblemático. E nós não dizemos isso apenas por causa da brilhante Audrey Hepburn, uma das atrizes mais bonitas e talentosas do cinema. Também pelo seu animal de estimação inesquecível, que aparece mesmo durante o beijo apaixonado dos protagonistas na cena final.

Os mitos cenográficos afirmam que pelo menos nove gatos foram utilizados durante as filmagens do filme Bonequinha de Luxo (em inglês Breakfast at Tiffany’s). Mas foi o belo Orangey que ganhou os louros para o seu personagem, levando o “Patsy Award”, um tipo de Oscar para os atores animais.

1970: Aristogatas

Aristogatas é um filme da Disney estrelado por gatos incrivelmente talentosos. Duquesa, Thomas, Marie, Toulouse, Edgar, Berlioz, Madame Adelaide Bonfamille e Roquefort cantam e nós simplesmente adoramos vê-los em cena.

Gatos no cinema

1972: O poderoso chefão e seu fiel felino

O belo gato cinzento de Don Corleone aparece na primeira cena deste inesquecível clássico do cinema. O lendário Vito Corleone coloca seu gato de estimação sobre sua mesa e desfrutamos de um grande talento felino.

1979: Alien

Outro filme clássico que tem um felino como personagem emblemático. Em princípio, o gato Jones deveria assustar os ratos da nave Nostromo. Mas quem viu o filme sabe que o gatinho realiza um trabalho muito mais árduo com a tenente Ripley.

1988: Oliver e sua gangue

Neste filme de animação, encontramos o encantador gato Oliver, cujo destino o leva a se juntar a uma gangue de ladrões. No entanto, sua vida muda radicalmente quando ele é adotado por uma adorável menina rica, que é sequestrada. É então que o corajoso Oliver mostra que ele tem uma alma de herói.

2001: Shrek e o gato de botas

Como resistir a um olhar tão terno? Shrek nos ensinou a doçura dos ogros e também o poder sedutor de um gato nos filmes. O gato de botas, personagem dublado por ninguém menos que Antônio Banderas, é o gato mais famoso da atualidade.

2004: Garfield e sua estreia no cinema

Como esquecer o mais famoso fã de lasanhaGarfield é, sem dúvida, um dos gatos mais famosos da história. Seu filme estreou em 2004, mas Garfield conquistou fãs por suas aparições na televisão e em revistas.

Os gatos no cinema: a perigosa e sedutora Mulher-gato

Não é um gato, é uma mulher gato! A mulher-gato é uma das vilãs mais fascinantes e humanas do universo dos super-heróis, para enfatizar a bem merecida interpretação de Michelle Pfeiffer, em 1992. Embora sua transformação desperte muita crueldade, são os gatos que dão à submissa Selyna a coragem que ela precisava.

Recomendados para você