Os polvos são extraterrestres?

· outubro 24, 2018

Será mesmo que os polvos são extraterrestres? Esta é a teoria maluca apoiada por mais de 30 pesquisadores de todo o mundo, ancorada na teoria da panspermia. 

Segundo essa teoria, a origem da vida não poderia estar no planeta Terra. Além disso, sustenta que, no nosso planeta, podem ter chegado não só meteoritos, mas também organismos vivos completos, que teriam dado origem a novas linhas evolutivas.

De onde veio a vida?

A abiogênese é a teoria que sustenta que as condições ambientais do nosso planeta, milhões de anos atrás, permitiram que a química orgânica agisse através de diversas reações para criar vida.

Enquanto isso, a panspermia acima mencionada sustenta que a vida veio do espaço.

Entre as duas teorias, existe a possibilidade de que elas se combinem. Que a vida na Terra pode ter surgido através da explicação da química e de reviravoltas na evolução através da chegada de organismos vivos do espaço.

Do espaço, poderiam assim ter vindo vírus, bactérias e até mesmo sementes e ovos fertilizados.

Existem alguns vírus que embasam a teoria da origem extraterrestre da vida: os retrovírus.

Eles são agentes infecciosos que apareceram há 460 milhões de anos, no oceano. Desde então, evoluíram e são capazes de ser transmitidos como se fossem parte do DNA dos genitores para um novo ser vivo.

Esses vírus são capazes de modificar o DNA do hospedeiro, o que poderia ter produzido uma enorme diversificação de vida. 

Para os autores dessas pesquisas, a galáxia é um ecossistema autêntico. Portanto, assim como as espécies do planeta Terra trocam DNA pelos movimento da fauna, os seres vivos poderiam trocar DNA entre planetas.

Estes moluscos, de grande inteligência, conseguem se camuflar e resolver enigmas. Sua variação no DNA deu origem a teorias de que eles vêm de meteoritos que caíram na Terra.

polvos são extraterrestres?

Os polvos são extraterrestres?

A troca “intergaláctica” de vírus e bactérias não parece tão improvável, mas a de grandes animais, como os cefalópodes, é sim pouco provável. 

Esses animais, que incluem a sépia, o polvo e a lula, têm uma evolução confusa e não sabemos muito bem de onde eles vêm.

Polvos são animais muito curiosos: eles têm um sistema nervoso complexo e até dizem que possuem vários cérebros. 

Seus olhos são muito sofisticados e sua camuflagem é incrivelmente futurista, o que faz alguns pensarem que, depois da incrível variação em seu DNA, têm uma origem extraterrestre.

Seu parente mais próximo, o nautilus, apresenta grandes diferenças em seu material genético que não parecem ser explicadas pela teoria evolucionista. 

Teorias malucas pretendem explicar isso através da chegada do polvo ou de agentes que modificaram seu material genético através de meteoritos, o que apoiaria a hipótese de que os polvos são extraterrestres.

polvos são extraterrestres?

Por que o polvo é tão especial?

Não se sabe se os polvos são extraterrestres, mas o que é certo é que eles são um dos animais mais inteligentes, especialmente entre os invertebrados. 

Talvez seja porque mais de dois terços do seu sistema nervoso encontre-se fora do cérebro, algo único no mundo animal.

Polvos têm uma enorme capacidade de aprender por imitação e observação, algo que não pode ser visto na grande maioria dos invertebrados.

São capazes de imitar outros animais, como peixes venenosos e medusas, para não serem incomodados.

Curiosamente, embora tenham uma grande capacidade de aprendizado, eles aprendem muitos desses comportamentos na solidão.

Não conhecem seus pais e não são animais muito sociais. Além disso, seus olhos se adaptam às mudanças de luz e eles possuem um enorme sentido de tato, o que lhes permite, juntamente com sua inteligência, a capacidade de abrir potes e tampas.