Os riscos de ter animais de estimação em seu jardim

· junho 25, 2018
Animais domésticos podem ingerir objetos ou substâncias tóxicas quando mordem as plantas. É aconselhável habilitar, para os nossos animais, uma área livre de perigos.

Os riscos de ter animais de estimação em seu jardim

Em geral, associamos espaços verdes com flores, árvores e animais com a sensação de paz e harmonia. No entanto, existem também muitos riscos ocultos de ter animais de estimação em seu jardim.

Embora nossos pets apreciem muito a vida ao ar livre, devemos tomar certas precauções para cuidar do bem-estar deles. Um jardim pode ser uma fonte de elementos tóxicos e perigosos para o nosso animal de estimação.

Os cães filhotes e a curiosidade impulsiva

Todos os cães podem ser impulsivos, curiosos e usarem seus sentidos para conhecer todos os cantos do ambiente. No entanto, os filhotes são particularmente ousados e instintivos quando começam a conhecer o mundo ao redor deles.

Este é um belo cenário que nós gostamos muito, mas a impulsividade da primeira fase da vida pode acabar sendo um risco para sua saúde deles. Os filhotes têm o hábito de colocar tudo na boca e de usarem o nariz para conhecer todos os estímulos do ambiente.

Embora esse tipo de atitude faça parte da fase de crescimento, é importante prestar atenção para evitar qualquer acidente. A mesma coisa acontece com as crianças pequenas, o filhote não tem consciência dos possíveis perigos que o cercam.

Considerando que um jardim pode ser um verdadeiro parque de diversões para os sentidos dos cães, existem riscos diferentes. Além de entrar em contato com inúmeros microrganismos, eles também podem ingerir substâncias tóxicas, como plantas venenosas ou pesticidas.

ter animais de estimação em seu jardim

Embora dependa das peculiaridades de cada animal (alguns são mais ‘curiosos’ do que outros), alguns cães mantêm essas características impulsivas durante toda a vida. Especialmente, aquelas raças que instintivamente tendem a colocar tudo na boca, como a golden retriever e a raça labrador.

Elementos do jardim que devem ficar longe do alcance de seu cão

Em geral, temos cuidado com a organização da casa para evitar deixar produtos tóxicos ou corrosivos ao alcance das crianças e dos animais de estimação. No entanto, nem sempre tiramos um tempo para examinar os espaços externos e identificar itens potencialmente prejudiciais.

A seguir, resumiremos os elementos perigosos que devem ser evitados (ou que devem ser usados com extrema cautela) para combater os riscos de ter animais de estimação em seu jardim.

  • Agroquímicos, inseticidas, pesticidas, iscas envenenadas e qualquer substância química potencialmente venenosa.
  • Plantas para caracóis ou lesmas com metaldeído em sua composição.
  • Citronela contra mosquitos (pode ser apresentada como vela, incenso, espirais, etc.)
  • Plantas tóxicas ou irritantes para os nossos animais de estimação, como Hera-japonesa, narcisos, azáleas, cactos, hortênsias, mamonas, tulipas, etc.
  • Armadilhas para moscas ou outros insetos que incorporam metomil em sua preparação.
  • Algas verde-azuladas, que podem se desenvolver em fontes ornamentais.
  • Produtos para tratamento químico de piscinas, lagos ou fontes artificiais. Estes produtos devem ser armazenados em locais adequados da casa, cobertos e bem preservados.
  • Leitos de solo com cacau em sua composição (geralmente localizados em torno de algumas plantas para afastar possíveis predadores).
  • Animais venenosos, principalmente em regiões menos urbanizadas (cobras, escorpiões, aranhas, etc.). O tratamento contra pragas é uma das ações mais necessárias para o cuidado do jardim.
  • Ornamentos ou acessórios que contenham pequenos corpos que podem se soltar e acabar na boca de nossos animais de estimação.
  • Objetos afiados, enferrujados e artigos de jardim. Qualquer ferramenta de jardim deixada para nós pode ser uma arma afiada e ferir o nosso animal de estimação.
ter animais de estimação em seu jardim

Dicas para ter animais de estimação em seu jardim de forma saudável

  • É necessário evitar o plantio de espécies venenosas ou irritantes para os nossos animais de estimação: desta forma, reduzimos consideravelmente o risco de envenenamento e de acidente doméstico.
  • Prepare uma área de entretenimento para os animais de estimação: se quisermos deixar o nosso animal de estimação correr livremente e, também, se divertir ao ar livre sem prejudicar o nosso jardim, devemos criar uma área especial.
  • Para oferecer o espaço ideal ao nosso amigo, podemos preparar um ambiente propício ao seu entretenimento, com seus brinquedos favoritos. Será um lugar confortável para descansar ou para a sua própria casa, e até mesmo uma piscina (se o nosso parceiro gostar de água).