Papagaios, companheiros divertidos

Papagaios, companheiros divertidos

Última atualização: 10 Julho, 2021

O caráter amigável e extrovertido dos papagaios faz com que sejam um dos animais mais procurados como animais de estimação. Além disso, o fato de que eles são capazes de aprender a falar e de sua reprodução não ser complicada os torna especialmente atraentes. Tudo isso faz dos papagaios companheiros divertidos e uma ótima companhia.

Antes da adoção

Antes de decidir escolher um papagaio como animal de estimação, lembre-se de que é uma ave bastante longeva. Ao contrário de outros animais de estimação, como hamsters, coelhos, cães ou gatos, os papagaios podem viver entre 50 e 60 anos, portanto o tutor deve estar disposto a compartilhar grande parte de sua vida com essa ave.

Esse fato tem suas vantagens e desvantagens. Porém, a principal vantagem é que é muito improvável que o papagaio morra antes de seu tutor ou enquanto as crianças da casa ainda são pequenas, evitando assim a tristeza que inevitavelmente se segue à morte de um animal de companhia.

Os papagaios são animais cheios de vida e ativos, que precisam de atenção quase permanente e um ambiente divertido para gastar sua energia e satisfazer sua curiosidade. Portanto, se o animal tiver que passar a maior parte do dia sozinho, é melhor escolher outra espécie que requeira menos atenção. Se um papagaio não receber toda a atenção de que precisa, pode desenvolver patologias como ansiedade, estresse ou comportamentos destrutivos. É necessário ter em mente que os papagaios que vivem sozinhos em sua gaiola criam vínculos afetivos mais fortes com seus tutores do que se tivessem um companheiro.

Qual gaiola devo escolher para o meu papagaio?

A escolha de uma gaiola adequada é um dos aspectos mais importantes do cuidado com essa ave. Um papagaio precisa de um amplo espaço para poder se mover com alguma facilidade e poder abrir totalmente suas asas. Além disso, a cauda não deve tocar o solo quando ele estiver pousado no poleiro. Infelizmente, as gaiolas vendidas em pet shops são muito pequenas e o papagaio não se sente confortável nelas.

Além disso, a gaiola deve ser feita de materiais resistentes, não tóxicos e não deve ter buracos e espaços abertos nos quais o papagaio possa se machucar. A parte inferior deve ser coberta com jornal para evitar o desenvolvimento de parasitas e deve ser projetada de forma que a ave não consiga ter acesso aos seus próprios excrementos.

Da mesma forma, a gaiola deve ter pelo menos dois poleiros cujo diâmetro deve corresponder ao da pata do papagaio. Poleiros lisos de madeira e plástico são altamente inconvenientes, pois impedem o desgaste natural das unhas e ajudam a desenvolver doenças nas patas. Por esse motivo, devem ser ásperos e também posicionados de forma a que a ave não consiga sujar o comedouro e o bebedouro com excrementos.

Quanto à sua localização, a gaiola deve ser instalada em local com abundante luz e ventilação. Além disso, deve ser posicionada de forma que, quando o papagaio estiver em um dos poleiros, fique ao nível dos olhos do tutor, pois se a altura ficar muito abaixo, a ave se sentirá dominada, o que poderá gerar tendências agressivas.

De quais brinquedos meu papagaio precisa?

Os papagaios são companheiros divertidos.

Como já dissemos, os papagaios são animais muito inquietos e curiosos, que precisam de atividade para não ficarem entediados. Portanto, eles precisam de brinquedos. Os mais comuns são sinos, escadas de madeira, balanços ou cordas. Para não encher a gaiola de coisas e impedir a mobilidade do papagaio, o ideal é trocar as opções de vez em quando. Além disso, a criatividade do pássaro é estimulada dessa forma.

É necessário ter muito cuidado com os brinquedos dos papagaios, pois a maioria dos acessórios que são vendidos nas lojas representam um perigo considerável. Correntes com elos excessivamente grandes e sinos com badalos que podem se soltar são especialmente perigosas porque peças pequenos envolvem o perigo de serem engolidas.

Os melhores brinquedos para papagaios são aqueles feitos com materiais naturais e que têm um tamanho proporcional à idade da ave. Também é conveniente que não possam ser desmontados, para que o papagaio não possa engolir as peças.

Pode interessar a você...
As incríveis habilidades cognitivas dos papagaios
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
As incríveis habilidades cognitivas dos papagaios

Os psitacídeos, entre eles os papagaios, são um grupo de aves que, assim como os corvídeos, destacam-se pelas suas grandes habilidades cognitivas.