Peixe dourado: características, alimentação e cuidados

· maio 19, 2019
O peixe dourado é um animal de estimação popular por sua cor atrativa e por seus cuidados simples. Se estes últimos forem respeitados, permitirão que este bichinho viva por muitos anos.

Os peixes, no geral, estão entre as melhores opções de primeiros animais de estimação para crianças. Com eles, elas podem aprender a cuidar e apreciar a companhia de outro ser vivo, bem como levar a sério a responsabilidade que qualquer animal implica. O peixe dourado é uma das escolhas mais populares neste sentido. Por isso, é importante saber quais são suas características e os cuidados de que necessita.

Origem do peixe dourado

O peixe dourado, pertencente à família Cyprinidae, é um dos mais presentes nos aquários de todo o mundo. Por isso, é uma das espécies mais capturadas para passar o resto da sua vida em cativeiro.

A origem deste peixe remonta à China, onde não apenas foram criados para o consumo humano, mas também para serem domesticados.

Na China Antiga era muito comum capturar estes peixes para criá-los em aquários, e no momento da reprodução, várias espécies eram cruzadas. Neste caso, a mutação mais comumente obtida foi a de coloração dourada, que se destaca entre as algas.

Características do peixe dourado

Características do peixe dourado

Tamanho e cor

O tamanho do peixe dourado pode variar consideravelmente de uma espécie para a outra. Neste aspecto, algumas espécies podem chegar a medir 10, 60 ou até 90 centímetros de comprimento.

No entanto, no que diz respeito à cor, os mais comuns têm colorações amareladas e alaranjadas muito brilhantes, o que explica o seu nome. Em alguns casos, podem ter pequenas manchas de cor branca no corpo.

Expectativa de vida

A expectativa de vida do peixe dourado é bastante elevada: podem chegar a viver entre 15 e 40 anos, aproximadamente. Cabe destacar que esta expectativa de vida é igual tanto em liberdade quanto em cativeiro, sempre que a pessoa responsável lhe proporcionar todos os cuidados necessários.

Peso

O peso é outro dos aspectos que variam consideravelmente de acordo com a espécie. Nestes casos, o menor peixe dourado pesa cerca de 300 gramas, e o maior pesa 30 quilos. O cativeiro tem uma influência significativa no peso do animal, já que o peixe não terá tanto espaço para crescer e se desenvolver quanto teria se vivesse livre.

Comportamento

O comportamento do peixe dourado é um dos aspectos que o transformaram em um dos animais de estimação preferidos de milhões de pessoas ao redor do mundo. Ele é tranquilo e convive muito bem com outras espécies. Outra característica interessante é que este peixe cria colônias de até sete peixes da sua mesma espécie, por isso é recomendável comprar vários deles para o seu aquário.

Alimentação do peixe dourado

Em seu habitat natural, ele se alimenta de algas marinhas, larvas, plâncton, vermes e até pequenos ovos de outras espécies. No entanto, em cativeiro, especialmente em aquários grandes, costumam ser alimentados com larvas e vegetais secos.

Alimentação do peixe dourado

Se o peixe fica em uma casa, também pode ser alimentado como descrevemos anteriormente, ou com algum complemento indicado pelo pet shop ou loja de produtos para animais. A combinação de nutrientes vegetais e animais é fundamental para o ótimo desenvolvimento desta espécie.

Um aspecto importante a levar em consideração é que o peixe deve ser alimentado três vezes ao dia com quantidades muito pequenas. A razão por trás disso é o fato de que os mesmos só comem o alimento durante os primeiros dois ou três minutos, e descartam o resto.

Cuidados

Para que o peixe dourado tenha uma vida longeva, é necessário dar a ele todos os cuidados que requer. Neste sentido, é preciso levar em conta aspectos como o tamanho do aquário, os acessórios, a limpeza, etc.

Os peixes dourados precisam de espaço suficiente para nadar constantemente. Por isso, é recomendável adquirir um aquário de pelo menos 100 litros. Este deve ser decorado com pedras pequenas e areia grossa.

No que diz respeito às plantas do aquário, elas não devem interferir na livre circulação dos peixes. A temperatura da água também é outro aspecto importante para evitar que os peixes fiquem doentes, por isso deve ser mantida entre 15 e 22 graus.

O peixe dourado é um animal de estimação relativamente barato e de fácil manutenção. Com os cuidados necessários em relação ao habitat e alimentação, é possível que se desenvolvam e vivam por muitos anos com um excelente nível de saúde.