Pinscher alemão: tudo sobre essa raça

O pinscher alemão é um cão muito inteligente que requer estimulação física e mental. Aprenda mais sobre esta raça incrível.
Pinscher alemão: tudo sobre essa raça

Última atualização: 16 Outubro, 2021

O pinscher alemão é um cão de médio porte que pertence ao grupo 2 da Federation Cynologique Internationale (FCI), onde também se encontram as outras variações do pinscher. É uma raça muito antiga que data de 1880 e, como o próprio nome indica, é originária da Alemanha. Tem sido empregado em atividades como guarda e companhia.

De quem esses cães cuidavam? E quem acompanhavam? Nada mais nada menos do que a nobreza alemã, embora também tenham antecedentes como cuidadores de fazendas. Continue lendo, pois nas linhas a seguir vamos contar tudo sobre essa raça, incluindo suas características físicas, o tipo de traços que carrega e suas condições de saúde.

Características do pinscher alemão

O pinscher alemão é conhecido como raça padrão na Alemanha, pois é muito comum por lá. Mesmo assim, é um cão de alto valor, pois é o precursor de raças como o doberman e o pinscher miniatura. Na verdade, o tipo de pinscher mais comum (rattenfanger) para a maioria das pessoas resulta de um cruzamento entre o terrier alemão e o terrier preto.

Dentre suas características físicas, destaca-se que é um canídeo de médio porte, embora seu peso varie entre 14 e 20 quilos. Sua altura na cernelha é de 45 a 50 centímetros e não há diferenças entre machos e fêmeas. É um cão que tem uma presença elegante e orgulhosa.

A seguir, aprofundamos outros aspectos corporais que são relevantes para identificar essa raça e contamos todos os cuidados básicos que exige. Não perca!

Um pinscher alemão.

Cabeça

Conforme especificado pela International Cynological Federation (FCI), essa raça tem um crânio forte e alongado e seu occipital não é muito marcado. Seu focinho é reto e tem uma trufa sempre preta. Além disso, é um cão que tem uma mandíbula forte e mordedura em tesoura.

O pinscher alemão tem olhos que se destacam por serem escuros, ovais e pigmentados de preto. Por sua vez, as orelhas são dobradas e caídas, e têm uma inserção alta em forma de “V”. O pescoço apresenta uma pele firme e sem rugas.

Pelagem e cor

O pinscher alemão tem uma pelagem curta, espessa e muito brilhante, sem manchas calvas. Pode ser de uma única cor em vermelho cervo e marrom-avermelhado. Também se mostra com tons bicolores em preto com fogo, uma combinação em que se destaca a pelagem preta com pelos vermelho-fogo e tendência para o castanho.

No caso dos cães bicolores, chamam a atenção as marcas vermelhas nos olhos, na parte inferior do pescoço, nos metacarpos, nos pés e na parte interna dos membros posteriores, assim como no períneo e no peito. Isso dá ao cão uma aparência muito característica.

Em alguns países, essa raça passou por modificações físicas para fins estéticos (como corte das orelhas). Mesmo assim, é necessário ressaltar que essa prática é considerada ilegal em vários países, por ser desnecessária e cruel.

Caráter do pinscher alemão

O pinscher alemão é um trotador, seu andar é elegante e suas costas se mantêm firmes e retas ao caminhar. Tem um caráter vivo e enérgico, por isso seu tutor precisa de tempo para estimulá-lo, pois ele é muito ativo. Adora brincar ao ar livre, correr e descobrir coisas novas, por isso precisa de estimulação física e mental constante.

É um cão muito inteligente e pode “manipular” seu cuidador com suas atitudes. Por outro lado, e se não for bem educado, o canídeo se tornará agressivo e possessivo. Ele defenderá seu tutor, seu território e seus brinquedos, talvez com empenho excessivo.

Além disso, é uma raça que não tolera bem a solidão e que gosta muito de companhia, principalmente daqueles com quem estabeleceu uma relação de confiança. Se deixado sozinho por um longo tempo, esse cão se torna destrutivo e prejudicial.

O pinscher alemão quando filhote

Quando são filhotes, os pinschers alemães são muito mais ativos e enérgicos, tanto que podem ser opressores se o responsável não estiver preparado para isso. Por ser uma raça tão dominante, os pequenos precisam de um bom processo de socialização para evitar serem territoriais e agressivos com outros animais.

Cuidados

O pinscher alemão requer vários cuidados básicos, e a escovação semanal é essencial. Embora seja um cão de pelo curto, pode acumular muitos pelos mortos, por isso deve ser escovado constantemente.

Como esse cão tem tanta energia, o ideal é passear com ele diariamente várias vezes ao dia para que ele fique exausto ele não fique tão inquieto em casa. Os dias de adestramento devem incluir jogos que testem seu intelecto e ensinem a se comportar em casa. O tutor vai descobrir que esse cão é muito inteligente e aprende truques rapidamente.

Devido ao seu gasto energético, esse canino precisa de uma alimentação rica, balanceada e de qualidade. Dessa forma, seus músculos e ossos ficarão protegidos de lesões resultantes de um baixo fornecimento de proteínas, aminoácidos, minerais e vitaminas.

Condições saudáveis

A saúde geral do pinscher alemão é boa, embora existam algumas patologias congênitas que requerem monitoramento. Uma delas é a doença de von Willebrand, que afeta o sistema sanguíneo e causa alteração na coagulação hematológica.

Sangramento gengival, hematomas, sangramento nasal e presença de sangue na urina são sintomas dessa patologia. Ao serem diagnosticados precocemente, os cães não sofrerão grandes consequências se a situação for controlada com medicamentos e consultas contínuas.

Também foi demonstrado que essa é uma raça que pode sofrer de displasia de quadril e catarata. Essas patologias são típicas de cães grandes e requerem atenção especial, especialmente nos estágios mais avançados da vida do cão.

Você sabia tudo isso sobre o pinscher alemão?

O pinscher alemão é um cão muito bonito, pois a sua elegância, o seu brio e as suas cores o tornam muito atraente. Carinhosos e inteligentes, esses cães deixam os seus responsáveis muito felizes, principalmente aqueles que gostam de esportes ao ar livre.

Se você gosta desses cachorros, lembre-se de que a primeira opção é adotar. Certamente será possível dar uma segunda chance a um espécime que está em um abrigo ou associação de proteção animal.

Pode interessar a você...
Pinscher: tudo sobre a raça
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Pinscher: tudo sobre a raça

O Pinscher foi criado para tomar conta de granjas. Hoje, é conhecido como animal de estimação. Contaremos tudo sobre essa raça de origem alemã.