Pequeno Podenco Português: características e cuidados

O podengo português pequeno é inteligente, enérgico e independente. Se você deseja conhecer melhor esse maravilhoso cão, aqui encontrará mais detalhes.
Pequeno Podenco Português: características e cuidados

Última atualização: 12 março, 2022

O podengo português pequeno é um dos cães mais vistos no país que lhe dá o nome, tal como no resto da Península Ibérica. São animais de grande expressividade e forte personalidade, por isso são muito queridos nos lares.

Se você quer saber um pouco mais sobre essa raça marcante, aqui encontra tudo relacionado às suas características, cuidado e saúde. Não perca, porque com certeza quando acabar de ler terá criado um carinho muito especial pelo podengo português pequeno.

Características da raça

Existem diferentes tipos de podengo português consoante ao tamanho. Neste espaço falaremos do pequeno, que mede cerca de 20-30 centímetros até a cernelha e pesa entre 4 e 6 quilos. Mesmo com seu tamanho pequeno, é um cão de aparência musculosa com pernas fortes.

Sua cabeça tem ângulos agudos com um focinho pontudo e piramidal. As orelhas são eretas e com a ponta arredondada, embora triangular. A cauda, por sua vez, é geralmente ereta e em forma de foice.

Duas variedades de podengo português pequeno são consideradas em termos de pelagem. Um deles é o de pelo curto, macio e liso, e o outro é o de pelo comprido, mais duro, menos denso e com barba. Esse cão tem apenas uma camada de pelo. A International Cynological Federation (FCI) aceita as seguintes cores para ele: preto, marrom, branco ou manchado com esses 3 tons.

Um podengo português pequeno brincando.

Origem do podengo português pequeno

É uma raça de cão muito antiga, classificada dentro do grupo dos cães primitivos e spitz. Estima-se que seus primeiros ancestrais tenham chegado à Península Ibérica transportados pelos fenícios, ainda em 700 a.C. Durante esse período, acredita-se que eles tenham cruzado com cães selvagens continentais.

Mais tarde, esses ancestrais foram cruzados com cães trazidos pelos árabes durante o século VIII. Nessa época a seleção artificial do antigo podengo português pequeno começou a adaptá-lo à caça.

O podengo português pequeno conhecido hoje começou a ganhar forma em meados do século XV, pois alguns exemplares acompanhavam os marinheiros em suas embarcações para controlar as populações de roedores. Atualmente, é considerada uma das raças nacionais de Portugal.

Caráter do podengo português pequeno

Os sentidos desse cão são altamente desenvolvidos, visto que se tem buscado que ele seja capaz de detectar presas de caçadores. Além disso, é um cão com alto nível de atividade e boa capacidade de concentração.

Os podengos portugueses pequenos são cães que tendem a ser independentes, embora não estabeleçam por isso um vínculo mais fraco com os seus tutores ou não apreciem o seu carinho. É simplesmente um cão que não faz grandes demonstrações de afeto e cujos períodos de descanso e solidão devem ser respeitados.

A sua grande atividade soma-se à sua inteligência e astúcia, bem como um caráter que tende a ser teimoso e um tanto superprotetor com o seu espaço. São caninos muito versáteis no treinamento e aprendem rapidamente, mas requerem esforço extra e paciência ao ajudá-los a realizar um controle emocional adequado e socialização.

Necessidades de cuidados

Por não possuir subpelo, sua pelagem é fácil de cuidar, porém requer uma escovação semanal para evitar emaranhados, principalmente nas variedades de pelo comprido. Da mesma forma, não é aconselhável dar banho nesses animais com muita frequência (salvo acidentes), pois sua pele fica mais exposta do que a de outras raças. Dessa forma, poderia perder a camada oleosa que a protege.

Sua formação requer atenção especial devido ao seu alto nível de atividade e inteligência. São canídeos que se beneficiam da perseverança ao sublinhar os limites marcados e a socialização desde cedo, para que possam se relacionar sem se tornarem territoriais e superprotetores com seus tutores.

Além disso, exigem longas caminhadas que incluem enriquecimento e esportes. O agility ou o canicross são boas opções para ele e para você, pois sua prática exige grandes quantidades de energia e vocês podem passar bons momentos juntos.

É também necessário esclarecer que, embora seja um cão independente, isso não significa que o podengo português pequeno possa ficar sozinho por longos períodos de tempo. Ele precisa do mesmo amor que qualquer outro cão e de um ambiente enriquecido em casa.

Saúde podengo português pequeno

Embora as raças puras tendam a apresentar alguns problemas congênitos devido aos cruzamentos selecionados, a verdade é que o podengo português pequeno goza de muito boa saúde. Contudo, são animais sujeitos a doenças de pele, como alergias e dermatites.

Muitos dos problemas a que esses animais estão predispostos são facilmente evitados com os devidos cuidados em relação à alimentação, às necessidades psicológicas e à higiene. Além disso, não se esqueça de manter em dia seu calendário de vacinas, desparasitação e exames.

Resumindo, esse cão é ideal para quem vive em apartamento e dispõe de recursos para lhe dar uma boa educação. Pode não ser um cachorro que ficará aninhado ao seu lado no sofá (embora cada um tenha sua própria personalidade, não se esqueça disso), mas o vínculo que você criará com ele será tão forte quanto com qualquer outro.

Pode interessar a você...
Cão andaluz: tudo sobre essa raça
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Cão andaluz: tudo sobre essa raça

O cão andaluz é um cão elegante que apresenta três variedades de acordo com a pelagem e o tamanho. Descubra mais sobre essa raça antiga!



  • FCI. (30.03.2009). PODENCO PORTUGUÉS (Podengo português) . 30.07.2019, de FEDERATION CYNOLOGIQUE INTERNATIONALE Sitio web: http://www.fci.be/Nomenclature/Standards/094g05-es.pdf
  • Gomes, M. L. S. C. (2003). Raças caninas autóctones portuguesas–Contributo para o seu estudo genético e demográfico.