Por que os cavalos relincham?

Os cavalos podem se comunicar por meio da postura corporal e dos sons que emitem com sua voz, entre outros elementos. Um dos sons mais ouvidos é o relincho, que pode ter vários significados.
Por que os cavalos relincham?

Última atualização: 21 Junho, 2021

Não são apenas os humanos que fazem uso das cordas vocais e dos músculos faciais para transmitir mensagens. Muitos outros animais se comunicam e fazem isso de maneiras surpreendentes. No caso dos equídeos, eles também usam diferentes mecanismos de comunicação, mas você já se perguntou por que os cavalos relincham?

É comum ouvir esses animais suspirando, gritando, rugindo, bufando e relinchando. Seu repertório de fala é absurdo e, por causa disso, às vezes pode ser difícil decifrar o que um cavalo está tentando dizer com seu alvoroço. Portanto, aqui convidamos você a descobrir por que os cavalos relincham.

Como os cavalos se comunicam entre si?

Entre os mecanismos de comunicação dos cavalos estão o olfato, o contato, a linguagem corporal, as expressões faciais, os movimentos da cauda e a comunicação oral, que depende muito do contexto. Especialistas no assunto afirmam que, por meio de relinchos, bufos e outras manifestações orais, os equinos expressam um estado emocional.

No entanto, de acordo com os cavaleiros alemães Reiner Klimke e Ingrid Klimke, nem todos os cavalos usam a voz da mesma maneira. Alguns quase nunca vocalizam, enquanto outros cumprimentam todos os cavalos que veem com um relincho estrondoso. Os equinos possuem uma personalidade própria muito marcada, portanto, é de se esperar que nem todos se comportem da mesma forma.

 

Raças de cavalo Mustang.

As emoções nos cavalos

Você sabia que alguns cavalos podem sentir medo ao ver uma sombra ou ao entrar em locais escuros? Alguns têm medo até de barulhos, como o assobio do vento. Outros equinos precisam se acostumar com a presença de pessoas para não sentir medo, pois, como são presas, possuem o instinto de fuga codificado em seu genoma.

As emoções que os cavalos sentem influenciam as relações sociais geradas entre eles. Porém, a grande riqueza desse mundo emocional os torna curiosos sobre tudo o que é novo, por isso é normal que investiguem depois de sentir algum medo.

Esses animais não são curiosos por acaso, já que apresentam essa qualidade por causa do seu instinto de explorar o mundo em busca de água, comida, abrigo e mais companheiros. Por outro lado, eles também desenvolveram estratégias para detectar sinais de perigo e agir diante de notícias ou movimentos rápidos, o que os faz fugir.

Os cavalos são medrosos por natureza. Como seu papel nos ecossistemas é ser presa de grandes predadores, eles estão equipados com mecanismos de fuga muito sofisticados.

Por que os cavalos relincham?

O relincho é um dos sons mais conhecidos dos cavalos e um dos mais longos e altos, embora o tom dependa da intensidade da comunicação. Quando você ouve um cavalo relinchando, pode ser por um dos seguintes motivos:

  • O animal quer transmitir sua localização para o resto do grupo, caso esteja separado.
  • Está tentando comunicar um perigo próximo a outro cavalo ou humano.
  • Quer dar as boas-vindas a alguém que não vê há muito tempo.
  • Está mostrando afeto.
  • Está muito feliz, especialmente se o relincho for acompanhado de batidas não ameaçadoras com as patas dianteiras no chão.

Além disso, é bastante normal que cavalos jovens respondam aos outros quando estes relincham e que relinchem profusamente quando veem o seu alimento chegando. Independentemente do motivo do som, a maioria dos relinchos duram cerca de 1,5 segundo e são potentes o suficiente para serem ouvidos a quase 1 quilômetro de distância.

Os especialistas afirmam que, ao contrário do que a população em geral tende a acreditar, o relincho não é induzido pelo medo. Em vez disso, pode ser um pedido ou uma declaração de informação, na qual geralmente as orelhas ficam erguidas para a frente, o pescoço é esticado para cima e a cauda é posicionada ligeiramente levantada.

Por que eles bufam?

O bufar dos cavalos é outro dos sons que mais ouvimos, mas, ao contrário dos relinchos, este pode estar associado a sentimentos de alerta ou frustração. O cavalo bufa, por exemplo, se seu estômago estiver doendo, se quiser fazer uma pausa ou se precisar diminuir a velocidade enquanto está sendo montado.

No entanto, esse som também pode significar que o equídeo está feliz e relaxado. Por isso, é importante distinguir os bufos que o cavalo solta quando está tenso ou excitado, pois o animal também pode soltar o ar em longos suspiros, como em um estado de relaxamento.

Por muito tempo, também se acreditou que o motivo do bufo dos cavalos era para expulsar catarro, moscas ou objetos das narinas. No entanto, o estudo An unexpected acoustic indicator of positive emotions in horses (Um indicador acústico inesperado de emoções positivas em cavalos), publicado na revista PLOS ONE, revelou que os cavalos bufam quando estão felizes.

Com base nessa premissa, os pesquisadores notaram o seguinte: cavalos que ficaram fechados e foram alimentados com refeições com baixo teor de fibras bufavam muito menos do que aqueles que viviam livres, com disponibilidade total de feno e pasto. Em outras palavras, quanto menor o estresse no animal, mais ele bufa.

Comunicação entre cavalos e humanos

Estudos dizem que, nas interações entre cavalos e humanos, às vezes ocorrem conflitos. Isso pode ser evitado se você conhecer os sinais corporais, as expressões faciais, os sons da voz e as emoções do animal.

Portanto, reconhecer a linguagem do cavalo ajuda a interpretar o que o animal quer comunicar. Seja porque você tem contato frequente com cavalos ou porque simplesmente deseja aprender mais sobre eles, conhecer as diretrizes da comunicação desses animais é bastante enriquecedor.

 

Um cavalo relinchando sorrindo.

É fundamental estudar e observar as formas de comunicação dos equinos para criar bons laços e aprofundar o conhecimento de sua biologia. Lembre-se: não se trata apenas de andar a cavalo, o fundamental é respeitar o animal. Embora algumas pessoas pensem nos cavalos como animais de carga, eles são seres com sentimentos, emoções e uma personalidade que vale a pena conhecer.

Pode interessar a você...
Os cavalos de Chernobyl: como eles sobrevivem?
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Os cavalos de Chernobyl: como eles sobrevivem?

Os cavalos de Chernobyl pertencem a uma subespécie em extinção. Neste lugar incomum, suas populações estão seguras. Saiba mais!