Por que os flamingos são rosa?

Quem não se maravilhou com a magnífica cor dos flamingos? Saber como eles conseguem isso vai surpreendê-lo ainda mais, então não pare de ler.
Por que os flamingos são rosa?

Última atualização: 08 Dezembro, 2021

Existem 6 espécies de flamingos, e cada uma delas possui hábitos e características diferentes, como a cor que carregam nas penas. O flamingo-comum (Phoenicopterus roseus) é o mais alto, suas penas são mais claras e seus bicos são rosados. Por outro lado, o flamingo-pequeno (Phoeniconaias minor) é o menor do seu grupo e apresenta várias tonalidades.

A cor dos flamingos não é uma característica física sem motivo. Além disso, algumas dessas aves são mais rosadas do que outras. Por quê? Se você quiser saber a razão dessa maravilhosa tonalidade corporal, continue lendo.

Características dos flamingos

Os flamingos são um tipo de ave da família Phoenicopteridae, o único grupo de aves na ordem Phoenicopteriformes. Existem 4 espécies distribuídas por toda a América (incluindo o Caribe) e 2 espécies são nativas da África, Ásia e Europa.

Essas 6 espécies anteriormente existentes estavam localizadas em um único gênero (Phoenicopterus), mas hoje a família tem 3 gêneros reconhecidos. Estes são os flamingos que você pode encontrar hoje:

  • O flamingo-comum (Phoenicopterus roseus)
  • Flamingo-pequeno (Phoeniconaias minor)
  • O flamingo-chileno (Phoenicopterus chilensis)
  • Flamingo-da-puna (Phoenicoparrus jamesi)
  • O flamingo-dos-andes (Phoenicoparrus andinus)
  • Flamingo-americano (Phoenicopterus ruber)

Essas aves são conhecidas não apenas por sua cor, mas também porque geralmente são vistas em pé apoiadas em uma única perna enquanto a outra está dobrada sob o corpo. Os especialistas afirmam que os flamingos costumam ficar muito tempo nessa posição (até adormecerem).

Embora pareça muito estranho, os flamingos podem voar (mas geralmente fazem isso à noite) e também são considerados aves muito barulhentas. Existem até variações nas vocalizações entre as diferentes espécies que permitem sua distinção.

Outra característica muito interessante dessas aves é que elas são muito sociais e vivem em colônias de milhares de espécimes. Acredita-se que esse grande número nos agrupamentos serve para prevenir a predação, maximizar a ingestão de alimentos e usar locais de nidificação pouco adequados com sucesso.

O que os flamingos comem?

De onde vem a cor rosa dos flamingos?

Você já ouviu a expressão “nós somos o que comemos”? Bem, os flamingos levam isso ao extremo. Sua cor rosa é explicada pelos carotenoides, pigmentos orgânicos encontrados naturalmente nas plantas e em outros organismos como algas, alguns tipos de fungos e bactérias.

Os carotenoides dão às cenouras sua cor laranja ou tornam os tomates maduros vermelhos. Além disso, esses pigmentos orgânicos também são encontrados nas algas microscópicas que os camarões comem. Alimentando-se de algas e camarões, os flamingos metabolizam os pigmentos de tal forma que suas penas ficam rosadas.

A dieta dos flamingos

Os flamingos se alimentam de algas, pequenas sementes, minúsculos crustáceos (como artêmia), larvas de mosca, outras plantas e animais que vivem em águas rasas, o que os torna onívoros. Seus bicos são especialmente adaptados para separar a lama dos alimentos que comem e são usados de uma forma única.

Ao se alimentar por filtração, os flamingos colocam a cabeça embaixo d’água, com o bico voltado para os pés para comer. Eles então varrem suas estruturas cefálicas de um lado para o outro e usam a língua para bombear água para dentro e para fora do bico.

As placas em forma de pente na borda do bico dessa ave criam um filtro para a água escorrer enquanto retém o alimento dentro. A filtragem dos alimentos é auxiliada por estruturas peludas chamadas lamelas, que revestem a mandíbula e a língua.

A cor dos flamingos de acordo com a espécie

Os flamingos-americanos (Phoenicopterus ruber) têm uma cor vermelha mais brilhante do que outros em sua família devido à disponibilidade de carotenos em seus alimentos. Por outro lado, os flamingos-pequenos (Phoeniconaias minor) são mais rosa-claro porque ingerem menos desse pigmento.

Como você já sabe, os carotenoides se decompõem em pigmentos. No entanto, seu consumo varia por espécie, o que afeta a saturação da cor. Por exemplo, flamingos cuja única dieta são algas azul-esverdeadas são mais escuros do que aqueles que as obtêm de segunda mão comendo animais que já as digeriram.

Os flamingos nascem rosa?

Segundo a BBC, os flamingos não nascem rosa, pois adquirem essa tonalidade com o tempo. Ao chegar ao mundo, essas aves são cinzentas ou brancas e ficam rosadas durante os primeiros anos de vida. Quando adultos, o rosa varia do vermelho claro ao vermelho vivo, dependendo da alimentação e das características de cada indivíduo.

A palavra “flamingo” vem do termo latino flamencum, que significa fogo e se refere à cor viva das penas das aves. Porém, em 2015 (em Chipre) foi conhecida a existência de um flamingo preto. Acredita-se que esse animal tenha sofrido de melanismo, um excesso de pigmentação escura que ocorre com relativa frequência em indivíduos de várias espécies.

Agressão de acordo com a cor dos flamingos

A National Geographic afirma que, de acordo com um estudo publicado em 8 de maio de 2020, os flamingos que têm uma cor rosa mais intensa tendem a ser mais agressivos. A isso se somam as informações de que aves com a plumagem mais rosada estão em melhores condições saúde e são mais propensas a atrair um parceiro.

Nessas aves, a cor desempenha um papel muito importante em suas relações sociais, pois o tom de sua plumagem é um sinal de que esses animais estão saudáveis e em forma. Quem tem as cores mais rosadas tem maior probabilidade de iniciar confrontos e brigar por status social, conforme apontam as fontes citadas.

Os flamingos saudáveis (e, portanto, mais rosados) comem com eficiência, pois dominam as áreas de alimentos e são agressivos com os outros quando procuram por comida. Por controlarem as situações no âmbito do grupo, essas aves mais aptas garantem a preservação de seus tons rosados e atraem pares igualmente rosados.

Em muitas espécies, os animais com cores mais vivas (por comerem carotenoides) têm capacidade alimentar superior e gozam de melhores condições físicas e de saúde. As parceiros interpretam dessa forma durante a estação reprodutiva, de modo que sempre procuram os machos mais chamativos.

Situação atual

Nenhuma das 6 espécies de flamingo está considerada ameaçada de extinção. Porém, são animais explorados pelo homem e que enfrentam ameaças, como a caça, a coleta de ovos, as mudanças climáticas e a destruição e a degradação de seus habitats.

Por que os flamingos são rosa?

Agora que você conhece a razão da cor dessas maravilhosas aves, é hora de contribuir para sua conservação e divulgar a prodigiosidade de sua natureza e de sua vida. Caso contrário, talvez não possamos mais desfrutar seus tons rosados daqui a alguns séculos.

Pode interessar a você...
Curiosidades sobre os flamingos
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Curiosidades sobre os flamingos

As curiosidades sobre os flamingos fazem com que estas aves sejam animais muito interessantes, com uma biologia única: basta olhar para o seu bico.