3 coisas que você não sabia sobre a ração para cachorros

março 9, 2020
A composição da ração para cachorros é algo que dá muito o que falar no mundo veterinário, mas devemos ficar tranquilos, pois esses produtos passam por controles de qualidade rigorosos.

A alimentação de um cachorro precisa de quase tanta atenção quanto a nossa, já que ela tem uma grande influência na saúde do animal. A ração para cachorros envolve aspectos muito mais complexos do que parece, e há muitas curiosidades que podem colocá-lo em alerta.

Dar uma olhada nos ingredientes e nutrientes da ração para cachorros é tão assustador quanto fazê-lo com os produtos destinados aos seres humanos, já que os rótulos parecem conter listas intermináveis de substâncias desconhecidas para a maioria.

No entanto, não devemos ficar preocupados, já que as rações já passaram por quase tantos controles de qualidade quanto a nossa comida.

Estes são alguns dos aspectos de maior destaque sobre a comida dos nossos animais de estimação que você provavelmente não conhecia, e que vão evitar que você arregale os olhos se decidir ler os componentes das rações.

A ração de cachorro pode conter metais pesados

Sim, você leu direito, mas isso não é nada negativo se eles estiverem presentes na medida certa. Diversos alimentos naturais contêm metais, mas eles são benéficos para a saúde porque a sua presença é medida em partes por milhão.

Você pode ficar perplexo ao notar que a comida do seu animal de estimação contém metais naturais como, por exemplo, chumbo, mercúrio, arsênico e cádmio.

Seria lógico pensar que você está dando um verdadeiro veneno para ele, mas isso não é verdade. Essa quantidade é muito controlada e não vai prejudicar a saúde do animal.

Cachorro esperando sua comida

Na verdade, eliminar esses metais da alimentação do seu animal de estimação é impossível, já que eles estão presentes no ar, na água e na terra e, assim, são absorvidos pelas plantas e pelos animais de maneira natural, e acabam no nosso organismo.

Cinzas na ração para cachorros

Outro dos componentes que mais chamam a atenção quando verificamos a composição das rações para cachorro é que a maioria delas contém cinzas na sua composição.

Ainda que isso possa parecer negativo, é necessário para manter os níveis de minerais do animal em 100%. A deficiência de minerais pode causar problemas nos ossos e em outros tecidos do seu animal de estimação.

Além disso, as cinzas que a ração contém vêm da própria incineração do alimento, momento no qual só restam minerais como ferro, zinco ou cálcio, todos eles imprescindíveis para o correto funcionamento do organismo.

Caso as cinzas não fossem incluídas na ração do cachorro, ele poderia sofrer com problemas de desenvolvimento na fase de crescimento, e os seus ossos não conseguiriam obter a dureza necessária. Se, pelo contrário, elas fossem administradas em excesso, isso provocaria problemas no trato gastrointestinal, danos nos rins ou cristais urinários.

Problemas com o excesso de ração úmida

É cada dia mais comum oferecer alimentos úmidos para os nossos animais de estimação, as famosas latas que são vendidas em qualquer supermercado. Contudo, a realidade é que a maioria delas não é tão equilibrada quanto pode parecer, ainda que o cachorro as prefira.

Ração úmida para cachorros

Além disso, considerando que a ração úmida conta com apenas metade das cinzas da ração seca, ela provoca, a longo prazo, problemas dentais nos cachorros, já que favorece a acumulação de tártaro.

Se você quiser dar esse tipo de alimento para o seu animal de estimação, o ideal é que o intercale com ração seca para que ele mantenha os seus dentes limpos e saudáveis.

Por último, no caso dos cachorros com tendência ao sobrepeso, devemos dar uma atenção especial à quantidade de ração úmida, já que ela é mais calórica e tem uma maior quantidade de gorduras. A virtude está no equilíbrio.

  • Flipa. Curiosidades sobre la alimentación de los perros que quizás no conocías. Extraído de: https://www.flipa.net/curiosidades-sobre-alimentacion-de-perros/
  • El espectador. Lo que no sabías sobre el alimento para tu mascota.  Redacción Cromos. 12 de julio de 2018. Extraído de: elespectador.com/cromos/estilo-de-vida/lo-que-no-sabias-sobre-el-alimento-para-tu-mascota-articulo-799844
  • Tienda animal. Cenizas en pienso para perros. Extraído de: https://www.tiendanimal.es/articulos/cenizas-en-pienso-para-perros/