6 raças de cães pequenos que não latem muito

Embora existam certos métodos antiéticos para evitar que os cães latam, estes têm sérias consequências para a saúde física e mental do animal. Por isso, antes de adotar um cão, opte por raças que naturalmente latem pouco.
6 raças de cães pequenos que não latem muito
Cesar Paul Gonzalez Gonzalez

Revisado e aprovado por o biólogo Cesar Paul Gonzalez Gonzalez.

Última atualização: 02 novembro, 2022

Os cães são um dos animais de estimação mais populares da atualidade. Além de serem altamente carismáticos e leais, muitos dos cães têm uma aparência atraente, o que os torna muito procurados pelos tutores. No entanto, algumas raças de cães latem excessivamente, mesmo apesar de seu pequeno tamanho. Portanto, os tutores tornaram-se seletivos para evitar comportamentos indesejados, como os latidos.

É quase impossível eliminar completamente os comportamentos instintivos dos cães. Isso significa que todos eles vão latir, não importa por qual treinamento passem. Contudo, existem algumas raças de cães pequenos que não latem muito, o que pode ser adequado se você também tiver um espaço pequeno em casa. Continue a leitura e conheça esses lindos cães.

Por que os cachorros latem?

Embora para os humanos o latido seja uma vocalização estridente e excessivamente alta, para os cães é um meio de comunicação e expressão não verbal. Portanto, eles não devem ser impedidos de reproduzir esse tipo de comportamento por qualquer motivo. As razões mais frequentes pelas quais um cachorro late são as seguintes:

  • Defesa do território: eles usam o latido como um aviso de um intruso ou uma ameaça perto de sua casa.
  • Medo: caso se sintam em perigo, os cães podem latir para tentar fazer com que o agressor se retire ou interrompa o ataque.
  • Estresse: alguns distúrbios emocionais, como o estresse, transformam o cão em um animal muito reativo, por isso ele percebe perigo iminente em situações inofensivas.
  • Tédio: quando não estimulado o suficiente, o cão pode começar a latir sem motivo aparente na tentativa de chamar atenção.
  • Felicidade: emoções transbordantes como a felicidade podem fazer os cães latir.
  • Comunicação com outros animais: uma das funções fundamentais do latido é comunicar, avisar ou interagir com outros cães ou animais.

Raças de cães pequenos que não latem muito

Embora seja verdade que o latido é um comportamento essencial na vida dos cães, existem algumas raças de cães pequenos que tendem a vocalizar menos. Entre os mais famosos estão os seguintes:

1. Shiba Inu

Esta bela raça originária do Japão ficou famosa por seu grande carisma e tamanho compacto. Tem uma altura de 40 centímetros na cernelha e um peso médio de 10 quilos. Embora possa não parecer, este cão foi desenvolvido para ser usado na caça, por isso goza de grande inteligência e estabilidade emocional. Graças a isso, só late quando necessário.

2. Cão de Crista Chinês

O cão de crista chinês é uma raça peculiar que vem em duas variedades, uma com pelos e outra sem pelos. Como o próprio nome diz, caracteriza-se por uma crista na cabeça em ambas as variedades. Além disso, tem um tamanho médio de 30 centímetros na cernelha com um peso entre 2 e 5 quilos. É uma raça inativa, por isso não late com frequência.

Uma das raças de mini brinquedo.

3. Galgo italiano

O galgo italiano é um cão pequeno e esbelto que não excede 36 centímetros de altura na cernelha. É alegre e calmo, por isso não late muito e é  uma excelente opção para conviver com pessoas mais velhas. Apesar de carismática e bastante leal, a raça é propensa a diversos problemas musculoesqueléticos.

Um cão galgo italiano.

4. Boston terrier

Esta raça de cão é uma das melhores para tarefas de vigilância, pois possui boa estabilidade emocional e inteligência maravilhosa. Graças a isso, não latem a menos que tenham uma boa razão para isso. Quanto ao seu tamanho, são ligeiramente maiores que os cães anteriores, medindo entre 38 e 43 centímetros de altura na cernelha. No entanto, existem alguns exemplares que podem ser menores.

Boston terrier: alimentação

5. Buldogue francês

O buldogue francês é um cão pequeno com um corpo largo, por isso pode ser mais intimidante na aparência do que outras raças. Devido à sua constituição física, este cão não resiste a muitas atividades físicas. Por isso, prefere passar grande parte do dia com seu tutor, sentado ou deitado ao lado dele. Esse comportamento inativo é o principal motivo pelo qual aparece na lista das raças de cães que latem pouco.

Buldogue francês, um dos cães pequenos, no sofá

6. Spaniel japonês

O spaniel japonês é a menor raça de cachorro japonês existente, medindo apenas 27 centímetros de altura na cernelha e pesando pouco mais de 3 quilos em média. Consequentemente, ele apresenta atividade física muito restrita, o que o impede de latir muito, a menos que seja uma emergência.

Cão Japonês Chin Deitado

Como você pode ver, existem várias raças de cães pequenos que não latem muito, então você certamente encontrará uma que se adapte às suas necessidades. Claro, independentemente do cão que você escolher, certifique-se de dar a ele os melhores cuidados e oferecer a melhor qualidade de vida. Lembre-se de que a vida dele estará completamente em suas mãos.


Todas as fontes citadas foram minuciosamente revisadas por nossa equipe para garantir sua qualidade, confiabilidade, atualidade e validade. A bibliografia deste artigo foi considerada confiável e precisa academicamente ou cientificamente.



Este texto é fornecido apenas para fins informativos e não substitui a consulta com um profissional. Em caso de dúvida, consulte o seu especialista.