Por que os cachorros latem?

abril 19, 2019
Os cachorros latem por diferentes razões, que vão desde o tédio até problemas de territorialidade; além disso, eles também podem latir quando estão com medo, estressados ou frustrados.

Esta é uma das suas formas de se comunicar, mas muitas vezes não sabemos muito bem por que os cachorros latem. Neste artigo, vamos falar sobre as diferentes razões para o latido de nossos amigos caninos.

Como podemos explicar por que os cachorros latem?

Quando temos um cachorro em casa, sabemos que, por diferentes razões, ele pode começar a latir. Porém, às vezes não sabemos bem o motivo e, por isso, ou o repreendemos, ou ficamos com medo. Portanto, é bom saber por que os cães latem:

1. Por estresse

Existem várias coisas que podem estressar os nossos animais de estimação, que dependem da sua personalidade, experiência e até mesmo raça ou espécie. Para aliviar o estresse que estão sentindo, eles têm certos hábitos, entre eles o de latir.

Muitas vezes não podemos determinar quando o cachorro está latindo por estresse, mas podemos reconhecer quais situações o tornam mais ‘barulhento’. Por exemplo, se ele foi submetido a duras condições de vida no passado, se passou muito tempo isolado ou se está frustrado por algo que ele não pode fazer, como atravessar um espaço pequeno, é mais do que provável que comece a latir.

2. Por tédio

Muitos cachorros que passam a maior parte do dia sozinhos ficam entediados… e quando isso acontece, eles podem cometer certas ‘travessuras’, tais como quebrar as plantas ou tirar as roupas do dono do armário, ou ainda latir e uivar. A única maneira de ficar sabendo é se um vizinho nos contar ou se o latido puder ser ouvido de longe.

Isso também acontece quando o animal fica isolado em um quintal, jardim ou terraço, longe das atividades familiares, mesmo quando os donos estão na casa. Para reduzir esse tipo de latido, recomenda-se dar atenção a ele, oferecer brinquedos e brincar com ele quando voltarmos para casa.

Latir por tédio

3. Por alegria transbordante

Não basta abanar o rabo rapidamente ou pular bem alto quando o dono chega, dá comida ou quando é hora de brincar. Alguns cachorros também latem nessas situações para expressar a sua alegria ou entusiasmo em relação ao que está acontecendo.

De fato, quando o animal está superestimulado – como pode acontecer durante uma prova de agility ou similares – é provável que ele comece a latir descontroladamente.

4. Por estímulos externos

A audição do cachorro é muito mais desenvolvida do que a dos humanos, algo que você certamente já sabe. Por isso, é normal que eles percebam sons que, para nós, passam despercebidos. Isso não significa que haja um perigo iminente fora da casa, porque em muitos casos nada mais é do que um gato, um esquilo ou um passarinho que passou por ali.

5. Por frustração

Certamente, os animais de estimação ficam frustrados quando algo não acontece do jeito que eles querem. E uma maneira de expressar essa frustração é latindo. Em que situações os cachorros latem por causa dessa emoção? Por exemplo, quando brincam com luzes do tipo laser, quando alguém mostra uma bola mas não a joga, ou quando eles ficam ‘para trás’ dos outros membros da família durante uma brincadeira.

6. Por comportamentos territoriais

Outro motivo pelo qual os cachorros latem sem razão aparente tem a ver com o seu comportamento, mais precisamente por demonstrar que eles são os ‘donos’ de um território (a casa, por exemplo). Então, se o nosso animal de estimação se dirige para a porta, varanda ou portão e começa a latir, é provável que ele queira indicar a outros animais que ‘é ele que manda ali’, e assim evitar a passagem de qualquer intruso.

Latir por comportamentos territoriais

7. Por problemas de saúde

Você sabia que os cachorros que têm uma doença ou deficiência são mais propensos a latir por qualquer coisa? Estamos nos referindo principalmente aos animais cegos ou surdos; eles não entendem o que está ao seu redor e, por esse motivo, usam o latido para se defender.

8. Por genética

Finalmente, temos que falar sobre a carga genética de muitos cachorros que os leva a latir mais do que os outros. Certas raças, tais como o beagle, o cocker spaniel ou o basset hound – de caça – costumam latir mais do que, por exemplo, os molossos. Além disso, cachorros pequenos como o poodle latem mais do que raças grandes, tais como o golden retriever.

Agora você já sabe muitas das razões pelas quais os cachorros latem, e também poderá entender melhor o seu amado animal de estimação!

  • Mujica González, R. S. (2012). Etologia clínica en caninos. Mundo Pecuario.