Ratos e camundongos: cada vez mais populares

Apesar dos preconceitos, os ratos podem estabelecer fortes laços com seus donos.
Ratos e camundongos: cada vez mais populares

Última atualização: 26 Julho, 2020

A ideia tradicional de animal de estimação está sendo cada vez mais questionada, já que aos típicos cães, gatos e canários estão sendo incorporadas outras espécies anteriormente desprezadas, tais como ratos e camundongos.

Ratos e camundongos sempre foram considerados um problema para os seres humanos porque são responsáveis ​​por importantes pragas que são difíceis de erradicar. No entanto, esses animais também contribuíram para o progresso da ciência, tanto no desenvolvimento de novos medicamentos quanto na pesquisa sobre processos neurológicos.

É importante destacar que os ratos e camundongos utilizados em laboratório não são iguais aos encontrados na natureza, pois foram submetidos a um processo de domesticação de mais de 100 anos que conferiu a eles qualidades específicas. Os atributos que melhor os definem são sua inteligência e sociabilidade e, por isso, foram gradualmente incorporados à esfera doméstica.

Qual roedor escolher?

Os hamsters ou porquinhos-da-índia já estão consolidados como animais de companhia. No entanto, ratos e camundongos são a novidade na qual muitos pet shops estão apostando. A seguir, vamos mostrar algumas dicas que podem orientar a escolha de um roedor.

  • Camundongossão animais mais nervosos que os hamsters ou os porquinhos-da-índia, o que, somado ao seu pequeno tamanho, pode representar uma dificuldade extra em termos de manuseio.
    • Se você for comprar apenas um exemplar, é preferível que ele seja do sexo masculino, pois as fêmeas têm uma maior necessidade de um grupo ou parceiro.
    • Os mais comuns são os albinos e, embora cada subespécie tenha uma personalidade própria, sua sociabilidade se destaca. Geralmente, vivem entre um e três anos.
  • Ratosinteligentes e mais carinhosos que hamsters e camundongos, podem formar laços fortes com seus donos. E essa sociabilidade faz com que prefiram a presença de outro rato.
    • Seu tamanho pode ser uma vantagem ao segurá-los, mas também exige uma gaiola maior. Sua expectativa de vida pode chegar aos cinco anos.
Ratos e camundongos: cada vez mais populares

Recomendações para o cuidado de ratos e camundongos

Uma vez escolhido o roedor em questão, é aconselhável se informar sobre as necessidades do animal. O fato de que esses animais foram incluídos apenas recentemente nos pet shops faz com que haja muito desconhecimento em relação aos seus cuidados. Por isso, em caso de dúvida, é aconselhável consultar veterinários especializados.

Algumas das dicas básicas são:

  • Acomodação: tanto ratos quanto camundongos devem ter uma gaiola de acordo com suas dimensões. Nela, deve haver uma área que permita que se escondam e descansem no escuro, e outra exposta à luz natural. Nesta última, recomenda-se a presença de elementos estimulantes, tanto em termos físicos quanto mentais, a fim de promover as habilidades do animal. A cama deve ser coberta com serragem ou papel, cuja troca deve ser tão frequente quanto necessária para garantir uma higiene adequada.
  • Temperatura: esses animais são muito sensíveis às condições ambientais acima de 30 graus Celsius. Para evitar os golpes de calor, recomenda-se que as gaiolas sejam colocadas em locais ventilados, sem correntes fortes e que não fiquem expostas à luz solar direta.
Ratos e camundongos: cada vez mais populares

Ratos e camundongos são a nova tendência nos pet shops, e os preconceitos associados a esses roedores estão ficando para trás cada vez mais. No entanto, antes de adquirir um desses animais, é essencial se informar sobre suas necessidades específicas.

Pode interessar a você...
Atualizações sobre os cuidados com os ratos de laboratório
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Atualizações sobre os cuidados com os ratos de laboratório

Os ratos de laboratório são um dos animais mais utilizados para a experimentação. Por esse motivo, seu cuidado está incluído nas diferentes leis.