Sabujo espanhol: origem e características dessa raça farejadora

· abril 29, 2019
Este farejador de orelhas longas tem uma personalidade leal, amigável, paciente e equilibrada.

O sabujo espanhol tem sido historicamente empregado na caça de lebres e outros roedores. Também é reconhecido como um dos melhores cães para caçar. Além disso, por sua personalidade afável, equilibrada e corajosa, ele conquistou seu lugar como cão de companhia em muitas casas.

História do sabujo espanhol

O sabujo espanhol é uma das raças mais amadas de cães originários da Espanha. Esta raça foi criada na região norte da Península Ibérica. De acordo com estudos, os primeiros registros desses cães de caça de orelhas compridas datam do século XIV, no Livro de Alfonso XI de Montería (Rei de Castela).

Naquela época, os cães espanhóis eram usados na perseguição e caça, principalmente de javalis e ursos. Com o tempo, acabaram se dedicando à caça de lebres e outros roedores, alguns séculos depois.

A adoção do sabujo como cão de companhia ganhou mais popularidade a partir dos séculos XIX e XX. Entretanto, as duas guerras mundiais causaram uma redução muito radical de sua população na Europa.

Felizmente, os criadores conseguiram recuperá-lo e, até hoje, estes cães espanhóis são muito queridos como animais de estimação.

Características físicas do sabujo espanhol

O sabujo espanhol é um cão de tamanho médio, forte e robusto. Seu corpo mostra um perfil retangular claro, muito mais longo do que alto. Na idade adulta, os machos podem medir de 52 a 57 centímetros, enquanto as fêmeas têm uma altura de 48 a 53 centímetros.

A cabeça deste cão é de tamanho proporcional ao resto do corpo e, vista de cima, é alongada. No entanto, mantém a harmonia de suas características e o focinho não parece pontudo. O perfil do cão é suave e não muito pronunciado, enquanto o focinho é reto e diminui sua largura na direção do nariz.

Cães da raça sabujo espanhol
Fonte: https://www.hogarmania.com/

O nariz desse cão espanhol é largo e tem narinas grandes. Além disso, pode ser preto ou de diferentes tons de marrom. Já suas orelhas são grandes, longas, de formato retangular com pontas arredondadas, e são paralelas ao seu rosto.

Os olhos do cão espanhol são médios, tendo um formato de amêndoa e uma tonalidade castanho-escuro avelã. As pálpebras sempre têm uma cor semelhante à do focinho e são ligeiramente soltas do globo ocular.

Por causa de suas expressões faciais e de sua aparência física, os sabujos espanhóis têm algumas semelhanças com os famosos cães basset hound. No entanto, eles são visivelmente mais altos e mais atléticos, com pernas muito mais longas que as dos cães franceses.

Caráter e personalidade dessa raça

O cão espanhol é um cão nobre e leal, com uma personalidade forte, mas gentil e corajosa. Como cão de caça, demonstra uma impressionante capacidade de seguir rastros.

Por suas habilidades de caça, possui também muita coragem e determinação quando se trata de encontrar presas. Além disso, sua resistência física e força garantem um ótimo desempenho em todos os tipos de terreno.

Por outro lado, o temperamento amistoso, paciente e sereno faz do cão espanhol um excelente cão de companhia. Seu grande senso de lealdade e devoção permite que ele se adapte à rotina doméstica e desfrute da vida familiar.

São animais que precisam ser adequadamente socializados para aprender a se relacionar positivamente com outros animais, com pessoas e com seu próprio ambiente. Vale lembrar que o comportamento de todos os cães depende da educação e do ambiente fornecidos pelos seus donos.

Personalidade do cão sabujo espanhol

Como é um cão ativo com sentidos muito desenvolvidos, a atividade física deve fazer parte do seu dia a dia. Não se esqueça de que o exercício o ajudará a se manter com um peso saudável, a fim de evitar os quadros de obesidade que são freqüentes nesta raça.

O cão espanhol é um animal muito inteligente e sensível, que precisa ter sua mente bem estimulada para manter um comportamento equilibrado e desfrutar de uma vida feliz.

Saúde do sabujo espanhol

É um cão relativamente saudável, com uma admirável resistência física. Quando ele recebe o cuidado adequado, pode apresentar uma boa longevidade de 10 a 13 anos. No entanto, devido à sua morfologia e herança genética, os cães de caça espanhóis mostram predisposição para algumas doenças degenerativas e hereditárias.

A seguir, resumimos as patologias mais comuns nesta raça espanhola:

Finalmente, devemos enfatizar que todo cão precisa ter um acompanhamento veterinário preventivo adequado para preservar sua boa saúde. Portanto, lembre-se de levar seu cão espanhol ao veterinário a cada seis meses, além de respeitar sua carta de vacinação e desparasitação.

Fonte da imagem principal | https://www.hogarmania.com/