Os 6 animais de estimação mais raros do mundo

Além dos cães e gatos, existem animais raros e incomuns que hoje em dia são considerados animais de estimação em muitos lares.
Os 6 animais de estimação mais raros do mundo

Última atualização: 07 Junho, 2021

O mundo está repleto de muitas espécies de animais que acompanharam o homem em diversos momentos da história. Atualmente, o limiar do que significa ser um animal de estimação comum foi ampliado para atender aos exemplares mais raros, todos com a função de fazer companhia aos seus tutores ou companheiros.

Cães, gatos, peixes e coelhos deixaram de ser a principal opção para quem quer dar a oportunidade como animal de estimação a outra espécie. Hoje existem muitas aves, lagartos e pequenos mamíferos que compõem o grupo dos animais de estimação exóticos ou raros em lares do mundo todo. Aqui estão alguns exemplos de espécies desse grupo.

1. Petauro-do-açúcar

Os petauros-do-açúcar são constantemente confundidos com hamsters, por isso é comum pensar que eles são roedores. Porém, na realidade, os animais dessa espécie (Petaurus breviceps) são marsupiais que preferem alimentos açucarados, motivo do nome comum que recebem.

A dieta do petauro-do-açúcar inclui insetos e outros alimentos que, infelizmente, não são muito fáceis de obter. Embora pareça inofensivo, é um animal com garras e dentes bem afiados, prontos para atacar a maioria das pessoas que se aproximarem. Por esse motivo, o petauro-do-açúcar não é recomendado como animal de estimação para famílias com crianças.

Esse mamífero é um dos animais de estimação mais raros do mundo, mas nenhuma evidência de domesticação foi mostrada, apesar de ser um animal muito inteligente. Seu comportamento é noturno e ele faz muito barulho durante o dia. Por outro lado, necessita de outros indivíduos de sua espécie para sobreviver, pois não se adapta à solidão.

Por esta razão, tutores inexperientes devem descartar o petauro-do-açúcar como um animal de estimação.

 

Um dos animais de estimação mais raros do mundo.

2. Feneco ou raposa-do-deserto

Essa espécie (Vulpes zerda) viveu um impressionante boom nos últimos anos, à medida que o ser humano irresponsavelmente passou a adotar a raposa-do-deserto como animal de companhia. É importante mencionar que ter um feneco como animal de estimação não é o mais aconselhável, uma vez que é impossível atender às suas necessidades em um apartamento ou uma casa fechada.

Esse animal é muito sociável e, além disso, vive em granes famílias. Por isso, deve ser descartado como animal de estimação. Da mesma forma, é quase impossível replicar seu habitat natural, já que a temperatura do deserto do Saara varia entre 40º C e -40º C, dependendo de estar dia ou noite. O feneco é um animal selvagem de hábitos noturnos e mantê-lo preso só causaria sua morte.

O petauro-do-açúcar pode ser aceito como animal de estimação em algumas situações, mas o feneco nunca.

 

Um dos animais de estimação mais raros do mundo.

3. Burro em miniatura

O burro em miniatura é um animal de vida muito longa que, devido à sua pelagem e estatura, costuma parecer um bicho de pelúcia gigante. Além disso, é doce e delicado com bebês, o que pode aumentar o desejo de ter um exemplar como animal de estimação, se você tiver filhos. No entanto, não é um ser vivo para cavalgar e é preciso ter cuidado com o seu comportamento, pois o burro em miniatura é muito astuto.

Esse equídeo pesa até 130 quilos e não ultrapassa 80 centímetros de altura, por isso não é muito fácil abraçá-lo como os animais de estimação mais comuns. Além disso, é importante reconhecer que será necessário muito espaço disponível para a recreação, a nutrição e a hidratação constantes, bem como as vacinas e limpezas frequentes.

Se você decidir optar por essa espécie como animal de estimação, deve considerar ficar com mais de 2 exemplares, pois os burros interagem melhor em companhia. A falta de estímulos em forma de companheiros da mesma espécie pode ser prejudicial à saúde do animal.

O burro miniatura pode viver entre 35 e 40 anos e é um animal que se dá bem com cães e cabras.

 

Dois burros felizes.

4. Dragão-barbudo

Outro dos animais de estimação mais raros do mundo é o dragão-barbudo (Pogona vitticeps), um réptil escolhido por muitas pessoas que, por impedimentos legais, não podem ter um crocodilo ou um varano como animal de estimação. Dentro do grupo dos herpetos, é um dos répteis mais fáceis de cuidar.

Esses animais são onívoros e nativos da Austrália, não ultrapassam um metro de comprimento e se tornaram populares como animais de estimação, graças ao seu cuidado simples e manutenção barata.

Esses lagartos recebem esse nome por causa dos espinhos pontiagudos localizados em suas gargantas.

 

O rosto de um dragão-barbudo.

5. Bicho-pau

Os bichos-pau pertencem à ordem Phasmatodea, que agrupa mais de 3000 espécies com diferentes aspectos físicos. A maioria das espécies mede entre 6 e 7 centímetros e, embora pareça um pouco estranho, ter um bicho-pau de estimação tornou-se muito comum hoje em dia.

Pessoas com gostos excêntricos ou particulares escolheram o bicho-pau como o animal de estimação certo para seus estilos de vida. Embora não sejam os animais mais carinhosos, são muito interessantes. Embora o cuidado do bicho-pau seja muito simples, o corpo desse inseto é bem sensível, então ele pode se quebrar com muita facilidade.

A maioria das espécies de bichos-pau se dá bem em um jardim de borboletas de tela. Todos são herbívoros e geralmente aceitam folhas de amoreira ou roseira.

 

Um bicho-pau.

6. Mini porco

Nos últimos anos, o mini porco se tornou um dos animais de estimação mais raros do mundo. Apesar de ser um animal de fazenda, o mini porco viralizou nas redes sociais, sendo constantemente comparado aos cães em termos de tamanho. Não ultrapassa os 30 quilos e tem um alto nível de inteligência, podendo ser treinados sem problemas. Ao contrário de outros animais, prefere ser o centro das atenções.

 

Um dos animais de estimação mais raros do mundo.

Outro dos animais de estimação mais raros do mundo

Descartando gatos, cachorros e peixes, existem muitas outras espécies que, aos poucos, foram entrando nos lares ao redor do mundo. Répteis, roedores, peixes e outros táxons compõem esse grupo. Em todo caso, é sempre recomendável conhecer o estado de conservação do animal a ser adquirido, para não cometer um crime ao ter como animal de estimação uma espécie proibida.

Outros dos animais de estimação mais raros do mundo são os seguintes:

  • Baratas-de-madagascar (Gromphadorhina portentosa).
  • Ouriços (Subfamília Erinaceinae).
  • Tarântulas (Família Lycosidae).
  • Jiboias (Família Boidae).

 

Baratas podem ser animais de estimação.

Como você pôde ver, existem várias espécies de animais que fazem companhia aos humanos hoje em dia. Independentemente de sua aparência ou dos cuidados complexos exigidos, muitas pessoas optam por dar um lar a um animal de estimação diferente e essa tendência tem aumentado cada vez mais.

O mais recomendável é escolher um animal de estimação com o qual você se sinta confortável e, acima de tudo, ao qual possa dar a atenção e o carinho necessários. Além disso, lembre-se de que muitos animais não podem ser domesticados, embora já tenham sido realizadas tentativas no passado.

Pode interessar a você...
5 conselhos para cuidar de animais exóticos
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
5 conselhos para cuidar de animais exóticos

Cuidar de animais exóticos é uma atividade muito específica e exigente. Aqui você pode aprender alguns de seus aspectos mais importantes.