7 razões pelas quais seu cachorro vomita bile

Se o seu cão vomitou bile, provavelmente ele não comia há muito tempo. Mas se for algo contínuo, pode se dever a uma das causas que você encontrará aqui.
7 razões pelas quais seu cachorro vomita bile

Última atualização: 09 março, 2022

A presença de bile no vômito é facilmente identificada por sua cor amarelada ou esverdeada. Encontrar essa substância ocasionalmente não precisa ser motivo de preocupação, mas o caso deve ser observado. Se pelo contrário for algo frequente, você deve levar seu animal ao veterinário.

Mas por que um cachorro vomita bile? É normal encontrar essa substância em todos os vômitos do cachorro? Neste artigo, apresentamos as razões mais comuns desse fenômeno, para que você possa avaliar com precisão quando é a hora de ir ao veterinário.

O que é a bile?

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é a bile e o que ela faz. Essa substância é um fluido digestivo amarelado que participa da digestão emulsionando as gorduras. É produzida no fígado e de lá segue para a vesícula biliar, onde se acumula para ser liberada posteriormente durante o processo de digestão.

A bile não é expelida do corpo a menos que haja um problema. Nesses casos, a reação do organismo é interromper a digestão e provocar o vômito para expelir qualquer substância ou objeto que possa prejudicar o animal. Portanto, se a bile for expulsa do estômago, sairá junto com o vômito.

Um cachorro vomitando.

Causas pelas quais um cachorro vomita bile

Como você pode imaginar, há muitos motivos para um cachorro vomitar, por isso é fácil encontrar esse tipo de quadro clínico. Nas seções a seguir, você descobrirá as causas mais frequentes para isso.

1. Síndrome do vômito bilioso

Essa condição, de origem normalmente idiopática (ou seja, desconhecida), ocorre quando a bile vaza para o estômago a partir do intestino delgado. As causas mais prováveis são consumir uma grande quantidade de gordura, engolir muita grama ou beber muita água. Em outras palavras, o quadro é favorecido por ingestões abundantes e prejudiciais à saúde.

Essa síndrome também ocorre quando o cão fica muito tempo sem comer.

A bile é uma substância altamente ácida, e provoca o vômito quando se instaura no ambiente gástrico. No entanto, com o estômago vazio, o cão expele apenas um líquido amarelo-esverdeado (a bile) junto com o suco gástrico e talvez um pouco de muco devido à irritação das paredes gástricas.

2. Pancreatite

O termo pancreatite refere-se à inflamação do pâncreas. As origens dessa patologia são variadas, desde a administração de medicamentos até a compulsão alimentar com grandes quantidades de gordura. O vômito da pancreatite pode ocorrer até 48 horas após a ingestão.

A pancreatite se manifesta com vômitos biliosos, desidratação, diarreia e dor abdominal intensa. Requer atenção veterinária para que o cão possa recuperar os fluidos e eletrólitos do corpo.

3. Obstrução intestinal

Quando um cão engole um objeto estranho, como peças de brinquedos, pedras, paus ou ossos, é possível que esse objeto fique preso em algum ponto do trato digestivo e cause um bloqueio. Esse problema fará com que o cão vomite, mas quando o estômago está vazio, a única coisa que pode expelir é a bile.

Um corpo estranho alojado no trato digestivo é uma emergência veterinária, e uma intervenção cirúrgica costuma ser necessária.

4. Doença gastrointestinal

Existem várias doenças gastrointestinais que causam vômitos e, portanto, a expulsão da bile em algum momento. Algumas delas são as úlceras estomacais, as infecções bacterianas e virais e alguns tipos de câncer.

A acidez da bile, se não controlada, pode desgastar as paredes do esôfago e causar úlceras, hérnias de hiato ou esofagite, entre outras doenças digestivas. Algumas raças são mais propensas a essas doenças, principalmente as do tipo toy ou braquicefálicas.

5. Problemas de fígado

Como o fígado é o produtor de bile, problemas nesse órgão costumam levar à superprodução dessa substância. Além do vômito bilioso, nesses casos você encontrará sintomas como icterícia: a coloração amarelada da esclera e das mucosas do animal.

6. O cachorro vomita bile por causa de alergia

As alergias alimentares são uma causa comum de vômito e, quando o problema alimentar não é interrompido, a bile eventualmente aparece. É relativamente comum encontrar essa condição em animais que mudaram recentemente de dieta e é recomendável retornar ao menu anterior imediatamente.

7. Infestações parasitárias

A infestação do sistema digestivo por parasitas pode causar vômito biliar. No entanto, é um sinal raro e preocupante, pois indica que o parasita se espalhou tanto que está afetando a maior parte do trato digestivo. Se esse for o caso do seu cão, recolha uma amostra de suas fezes e vômitos e leve-o com urgência ao veterinário.

Um cachorro doente na clínica com um veterinário.

O que fazer se meu cachorro vomitar bile?

Se for um vômito biliar isolado e antes de comer, é mais provável que se deva a um estômago vazio. No entanto, se isso se repetir com um padrão ou não mostrar sinais de parar por conta própria, é hora de ir ao veterinário.

Em qualquer caso, a prevenção será muito útil para evitar casos como pancreatite, gastrite e ingestão de parasitas. Certifique-se de que o seu cão não pega nada do chão e também não lhe dê paus e pedras para brincar. Além disso, oferecer ração de qualidade não só garante que o animal não desenvolva problemas digestivos, mas também garante sua saúde básica.

Pode interessar a você...
Por que a cor do vômito do meu cachorro é verde?
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Por que a cor do vômito do meu cachorro é verde?

Se a cor do vômito do seu cachorro for verde, é melhor levá-lo ao veterinário. Com animais de estimação, é melhor prevenir do que remediar.