Seu gato não gosta do frio? Dicas para aquecê-lo

· fevereiro 25, 2019
O frio não afeta apenas as pessoas, também pode incomodar nossos animais de estimação. Se você perceber que seu gato está inquieto ou de mau humor, pode ser porque ele está com frio. 

Se seu gato não gosta do frio, ele ficará muito sensível e poderá adoecer rapidamente. Assim, é comum vê-lo no inverno procurando os cantos mais quentes da casa. Portanto, você deve tomar algumas precauções a tempo, para ajudá-lo a se sentir confortável.

Além do conforto, é essencial ajudar na prevenção de doenças. Os donos do animal devem levar em conta os cuidados para manter o calor do seu organismo.

Dentro ou fora de casa, com mais ou menos pelo, todos os gatos precisam de cuidados; e mais ainda quando as temperaturas caem.

Como manter um gato feliz quando ele não gosta do frio?

Alimentação equilibrada

Os animais de estimação devem sempre ter uma dieta controlada adequada à sua idade. No inverno, torna-se necessário reforçar a dieta e ficar mais atento. Especialmente, se o seu gato não gosta do frio e passeia na rua.

É necessário oferecer ao gatinho mais comida e averiguar se seu alimento fornece as vitaminas necessárias para o seu desenvolvimento saudável.

Com uma boa alimentação, ele terá a energia e os nutrientes básicos para enfrentar o frio.

gato com frio

Equilibrar a temperatura ambiente

Se seu gato não gosta do frio, um ambiente climatizado irá ajudá-lo a se sentir à vontade. É provável que ele passe por lugares diferentes até encontrar aquele que é mais agradável para ele.

Por isso, você tem que deixar o sol entrar pela janela e colocar um tapete nesse local para ele, isso seria o ideal.

Além disso, evite todas as correntes de ar no interior da casa. Da mesma forma que certas medidas são tomadas para o cuidado de um bebê, você deve pensar no animal.

Talvez seja hora de trocar sua caminha de lugar e colocá-las perto do aquecedor.

Se o seu gato não gosta do frio, vista-o

Roupas para animais de estimação já estão na moda faz algum tempo. Não se trata apenas de estética, mas de oferecer uma proteção constante. Isso é ideal para aqueles gatos que gostam de dar um passeio ou viver ao ar livre.

Além disso, existem certas raças de gatos que têm menos pelos ou, ainda, pelos mais finos; ao contrário de outros peludos, eles não são naturalmente protegidos.

Para eles também é uma prioridade ter uma proteção extra. Caso contrário, ficam propensos a pegar um resfriado ou a ficarem inquietos e de mau humor.

Prepare uma cama térmica

Um gato que não gosta do frio adora ter um lugar quente para se aconchegar. No mercado existem muitas alternativas de camas térmicas e de aquecimento para gatos. Com estes produtos, eles mantêm o calor do corpo e dormem felizes.

Embora sejam seguros, é aconselhável colocar um cobertor por cima para evitar queimaduras. Pode acontecer acidentalmente que a temperatura suba demais e que isso cause ferimentos. Quanto ao formato, é melhor escolher aquele que você acha mais confortável para cada um.

Abrigos alternativos e quentes

Geralmente, o gato tem seus lugares favoritos para descansar à disposição. Não é normal que usem apenas um móvel e menos ainda no inverno. Portanto, é muito útil reciclar e construir abrigos para o animal escapar do frio.

As caixas de papelão que normalmente acabam no cesto de lixo são essenciais. Na verdade, elas se tornam grandes aliadas para o gato que não gosta do frio. Dependendo do tamanho e da condição do animal, algum recorte pode ser necessário.

Quais são os gatos que mais sofrem com o frio?

gato dormindo

É claro que você tem que ter um cuidado especial com todos os gatos nesta época. No entanto, existem alguns que estão mais propensos que outros a contrair alguma doença por causa do frio.

Mais de 7 anos de idade ou doente

Como os humanos, os gatos mais velhos têm menos defesas. Alguns não realizam atividades físicas e podem até ter outros desconfortos. Além disso, a artrite e outras questões relativas à idade os deixa mais vulneráveis.

Filhotes

Os gatos não gostam do frio por instinto, não é apenas uma questão de idade. Quando são pequenos, ainda não desenvolveram seu sistema imunológico.

Por isso, como são muito jovens, você precisa protegê-los muito, a alimentação e uma boa pelagem são indispensáveis ​​para que o gatinho fique saudável.

Cuidar não significa evitar

Se o seu gato não gosta do frio, é necessário ajudá-lo a passá-lo da melhor forma possível, mas de maneira alguma deveríamos adiar viagens, passeios ou exercícios.

As atividades ao ar livre também são muito necessárias para a saúde dos felinos. Portanto, tente seguir a rotina, mas reforçando a proteção.

Horn, J. A., Mateus-Pinilla, N., Warner, R. E., & Heske, E. J. (2011). Home range, habitat use, and activity patterns of free-roaming domestic cats. Journal of Wildlife Management. https://doi.org/10.1002/jwmg.145