Seu pet pode comer peixe?

· dezembro 22, 2017

Existem certos alimentos que, mesmo sendo bons para o consumo humano, não são tanto para o animal. Uma intoxicação alimentar pode ter graves consequências para a saúde de qualquer animal de estimação. É preciso saber, por exemplo, se o pet pode comer peixe. É bom até certo ponto.

Fala-se muito sobre incluir ou não o pescado na dieta dos animais. Comer peixe pode trazer muitos benefícios a eles. Também existem alguns argumentos contra, que não consideram o pescado como o alimento ideal para cães e gatos.

Esses são os benefícios e desvantagens de comer peixe para cachorros e gatos.

Os gatos podem comer peixe?

O simples cheiro de peixe enlouquece os gatos. O certo é que esse alimento oferece uma grande gama de nutrientes aos felinos. Para qualquer gato, o simples fato de comer peixe represente um belo banquete.

Menina cozinhando com gato branco sobre o balcão

O pescado oferece proteínas aos gatos, componentes essenciais para seus organismos. Os pescados azuis, por exemplo, têm ácidos graxos. Esse tipo de ácidos proporcionam brilho e suavidade ao pelo de qualquer felino.

Esse alimento também oferece grandes doses de energia. Os pescados azuis são os mais indicados para serem incluídos na dieta dos animais, devido a seu baixo teor de gorduras e alta quantidade de Ômega 3.

Por outro lado, existem pescados que bloqueiam a absorção de algumas vitaminas essenciais para o organismo dos gatos. Além disso, o peixe não contém vitamina A, que é imprescindível na alimentação dos felinos.

A ingestão elevada de peixe para gatos pode chegar a ocasionar problemas de tireoide, deficiência de vitaminas e alergias.

Em resumo, o peixe não deve nunca ser o alimento base na dieta do gato. Um pouco de vez em quando é o suficiente.

Existem formas de preparação do peixe que não são boas para o consumo dos felinos. Os gatos nunca devem ingerir estes tipos de peixe:

  • Peixe com muito sal (como o bacalhau)
  • Alimentos em conserva (como sardinhas)
  • Peixe defumado
  • Pedaços de peixe marinados (como no ceviche)

Os gatos devem consumir o peixe cru e, quando possível, recém-pescado.

Os cachorros podem comer peixe?

Existem muitos rumores que dizem que o peixe não faz bem para os cachorros. Isso não passa de um mito.

O pescado também é um excelente alimento para cachorros. O baixo teor de gorduras saturadas desse alimento faz muito bem à saúde dos cães. Além disso, esse alimento oferece um grande número de nutrientes e vitaminas para qualquer animal.

Assim como os gatos, os cães também podem comer peixe, ainda que de maneira moderada.

O Ômega 3 presente no peixe favorece os ossos e as articulações dos cachorros. Esse alimento é capaz de prevenir doenças como a artrite e a osteoporose.

Está provado que o peixe também é uma excelente opção para ser incluída na dieta dos cães para fazê-los baixar de peso. Nesses casos, o salmão é o mais escolhido, devido a seu baixo teor de gordura.

Para os cães de idade avançada, o pescado é um alimento ideal quando se trata de força e energia. Além disso, as propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes dos peixes ajudam a tratar problemas dermatológicos nos cães.

Assim como os gatos, os cães também não devem ingerir pescados marinados, em conserva ou com muito sal. Além disso, esse alimento sempre deve estar fresco e cru.

O excesso de peixe na dieta de um cão pode ocasionar problemas de saúde. Se um cachorro tiver problemas na pele após começar a comer peixe, é melhor parar.

Conclusão geral

O pescado não deve ser o alimento base na dieta dos cães e gatos. Trata-se de um alimento que não tem o conteúdo necessário de nutrientes para o organismo dos animais. Mesmo assim, pode proporcionar muitos benefícios para a saúde dos animais ao ser consumido de maneira habitual. É um alimento muito eficaz se for incluído com um plano dietético para cães e gatos. O alto teor de Ômega 3 do peixe faz com que seja muito bom para tratar problemas ósseos e articulares nos animais.

Cão e gato comendo na mesma vasilha

Além do Ômega 3, o pescado contém proteínas e nutrientes essenciais para a saúde de qualquer animal.

Os frutos do mar também têm os mesmos efeitos que os peixes na dieta de cães e gatos.

As histórias e lendas sobre o efeito negativo de comer peixe para os animais, no fim das contas, não passam de mitos.