Significado da linguagem do rosnado canino

30 Novembro, 2020
O rosnado faz parte da linguagem dos cães. É importante analisar o contexto para entender o que o nosso cachorro quer nos dizer.

Embora não falem como nós, os animais também são capazes de expressar sentimentos e, para isso, comunicam-se por meio de sons, gestos e posturas. Os cães usam tudo isso para indicar o seu estado emocional, e um mesmo gesto pode ser usado em situações muito diferentes. Conhecer a linguagem do rosnado canino pode nos ajudar a entender o que eles querem nos dizer.

Os cães falam conosco?

Os cães possuem todo um repertório de vocalizações com as quais se comunicam entre si, com outros animais e também conosco.

  • Latidos. O som mais frequente em cães. O latido pode aparecer em diferentes contextos: serve como alerta, advertência, brincadeira, busca de atenção, agitação… Lobos e cães nórdicos não usam o latido como a principal forma de comunicação, ao contrário dos cães domesticados.
  • UivosMais típico de lobos e cães nórdicos, tais como husky ou malamute-do-alasca, os uivos servem para delimitar um território no ambiente natural, bem como para localizar membros da matilha ou caçar. Também é muito comum em cães como reação a um ruído alto, como, por exemplo, a sirene de uma ambulância.
  • Rosnado. Geralmente está relacionado a situações que envolvem certa agressividade. É um tipo de advertência ou ameaça antes de um ataque, mas também pode ocorrer em situações normais, como, por exemplo, durante as brincadeiras.
  • Choramingo. O choramingo pode aparecer em situações que causam frustração para o cachorro. Pode ser um sinal de apaziguamento que busca acabar com a situação que está causando estresse ao animal.
  • Respiração ofegante. A respiração ofegante pode ser decorrente de agitação, estresse ou simplesmente porque está calor ou o cachorro está com sede, já que é uma forma de resfriar o calor corporal.
Significado da linguagem do rosnado canino

A linguagem do rosnado canino

Conforme mencionamos, um mesmo som ou gesto pode ser repetido em diferentes contextos e significar algo totalmente distinto. Temos que aprender a observar o contexto para interpretar o estado emocional do nosso cachorro.

Além disso, cada cachorro tem a sua própria personalidade e pode ser mais ou menos barulhento, independentemente da situação em que estiver.

Para compreender a linguagem do rosnado canino, devemos analisar o contexto e observar outros sinais apresentados pelo animal:

  • Rosnado durante as brincadeiras. Há cães que rosnam enquanto estão brincando, sem que isso seja uma advertência para quem está brincando com ele. No entanto, às vezes isso pode ser mal interpretado por outro cachorro ou outra pessoa e acabar levando a um conflito.
  • Rosnado de advertência. Nesse caso, devemos ter cuidado, pois o cachorro está passando por uma situação desagradável e quer que mantenhamos distância. A postura corporal é muito típica: o corpo fica tenso, ele mostra os dentes, pode olhar fixamente ou de lado…
  • Rosnado de dor. Um cachorro pode rosnar ou gritar se estiver com dor e tivermos que tocá-lo.

Situações nas quais os cães podem rosnar

Já vimos porque os cães rosnam. Há muitos estímulos que podem causar o rosnado: a falta de socialização é um motivo muito comum que causa situações de rosnado canino.

É muito importante que o cachorro seja apresentado a estímulos muito diferentes e variados durante o período de crescimento para que ele se acostume com a sua presença e não apresente problemas quando adulto.

Muitos cães geralmente rosnam em situações às quais nunca foram expostos antes, como ao lidar com crianças pequenas ou pessoas em movimento (bicicletas, motocicletas ou pessoas correndo), na hora do banho e da escovação, ao andar de carro, ao ir para o veterinário…

Significado da linguagem do rosnado canino

Nesses momentos, a punição não é a solução, pois isso só aumentará a situação de estresse e agressividade do cachorro. Se essas situações forem um problema na vida diária de um cachorro adulto, devemos consultar um especialista em comportamento para tentar fazer com que ele se acostume gradualmente a cada situação.