Sprays antipulgas para cachorros

dezembro 24, 2019
Se o seu cachorro vomitar o comprimido antipulgas, se ele for alérgico à coleira antipulgas, ou se ele tiver medo das pipetas, os sprays antipulgas são uma solução prática.

Como os donos responsáveis que somos, queremos que os nossos animais de estimação estejam bem o tempo todo. No entanto, às vezes não sabemos mais o que fazer para livrá-los das pulgas e dos carrapatos. Você já experimentou os sprays antipulgas para cachorros? Neste artigo, vamos falar mais sobre eles.

O que precisamos saber sobre os sprays antipulgas para cachorros

Há muitas opções de métodos para eliminar pulgas ou carrapatos, ou para evitar a presença de moscas e mosquitos. As mais conhecidas são a pipeta, a coleira antipulgas e os comprimidos antipulgas. No entanto, temos uma alternativa a mais: os sprays antipulgas.

Essa é, sem dúvida, uma ferramenta muito prática e útil para combater todo tipo de parasitas e insetos, principalmente os mais comuns. Esse produto costuma ser usado por aqueles donos de cachorros que preferem algo prático, muito mais do que as pipetas.

Por exemplo, há vários cachorros que não permitem que os seus donos se aproximem com algo similar a uma agulha – como é a anteriormente mencionada pipeta – ou que vomitam o comprimido antipulgas.

Também podemos citar casos de animais de estimação que não suportam a coleira, já que ela provoca uma reação alérgica em seus pescoços.

Para evitar todas essas situações, ou se você se deu conta de que as demais alternativas não surtem o efeito desejado, os sprays antipulgas são perfeitos.

Spray antipulgas para cachorros

Esse método tem resultados imediatos e, diferentemente dos comprimidos antipulgas, os sprays podem eliminar os parasitas ou insetos no mesmo momento. Eles também agem como repelentes em viagens ao campo ou nos momentos que passamos no jardim durante o verão.

A má notícia é que eles não têm um efeito preventivo a longo prazo, o que quer dizer que devem ser aplicados mais vezes do que a pipeta, que tem duração de um mês aproximadamente.

Como esses sprays são usados?

O modo de uso é muito simples. Basta borrifar o spray sobre o pelo e a pele do cachorro. Também é fundamental prestar atenção nas indicações do pacote ou da caixa, já que devemos evitar que o produto entre em contato com os olhos, o nariz, a boca ou os ouvidos do animal. Ele também não pode ser colocado sobre uma ferida, cicatriz ou machucado.

Os sprays antipulgas são muito simples de usar, a aplicação é rápida e, além disso, trata-se de um método altamente eficaz. Podemos encontrar diferentes apresentações e tamanhos, alguns com pulverizador e outros como spray, similar aos repelentes de mosquitos que usamos em nós.

Certamente você está se perguntando do que eles são feitos, e isso vai depender de cada fabricante, embora existam componentes comuns entre todas as marcas. Se você tiver alguma dúvida sobre o que o produto contém, é melhor consultar o seu veterinário.

O profissional saberá indicar se há alguma contraindicação para o seu cachorro em particular.

Spray antipulgas para cachorros

Os sprays antipulgas funcionam melhor contra moscas e mosquitos porque são de efeito imediato. No entanto, nem sempre servem para tratar pulgas e carrapatos (tudo depende da composição do produto).

Portanto, eles não são aconselháveis como tratamento a longo prazo, a menos que o veterinário indique o contrário.

Eles podem ser de grande utilidade em viagens de férias para lugares rurais, ou se você levar o seu cachorro para passear e for a um parque ou um lugar ao ar livre com muita grama e plantas onde os parasitas possam se esconder.

Uma das principais vantagens dos sprays antipulgas é que eles podem ser usados em filhotes com menos de três meses; esse não é o caso das pipetas, das coleiras ou dos comprimidos.

Você sempre deve prestar atenção no que é indicado na bula para saber se ele é adequado para o seu animal de estimação.

Em especial, você tem que levar em conta que eles não protegem os animais contra a leishmaniose, e pode ser que os sprays tenham efeitos menores do que os demais métodos indicados anteriormente.

Por último, aconselhamos que você utilize os sprays antipulgas como complemento às pipetas ou coleiras, e que borrife todos aqueles lugares que o seu cachorro frequenta: cama, tapete, almofadas, sofá, casinha, cobertores… e inclusive cantos e rodapés onde as pulgas podem se esconder.

Quando você não estiver utilizando o produto, guarde-o em um lugar seguro, já que ele é tóxico.

Pérez Arellano, J. L., Carranza, C., & Mateos, F. (2009). Antiparasitarios. Revisión de los fármacos útiles en el tratamiento de parasitosis clásicas y emergentes. Revista Espanola de Quimioterapia. https://doi.org/10.1525/cond.2012.110139