Tratamento da ansiedade em gatos

junho 5, 2019
Qual é a melhor maneira de tratar a ansiedade em gatos? Tome nota: cuidar da saúde do seu animal de estimação é essencial para deixá-lo feliz.

A ansiedade em gatos pode estar associada a uma sintomatologia complexa que envolve aspectos orgânicos e mentais. Ou seja, um gato ansioso demonstrará seu estado de ansiedade não apenas fisicamente, mas também através do seu comportamento.

A seguir, mostraremos os principais sintomas e formas de tratar a ansiedade em gatos.

Sintomas orgânicos da ansiedade em gatos

  • Taquicardia (elevação do ritmo cardíaco).
  • Ficar ofegante.
  • Aumento da frequência respiratória (taquipneia).
  • Alterações nas fezes (fezes mais moles ou diarreia).
  • Pupilas dilatadas.
  • Suor excessivo nas patas (pode deixar marcas molhadas no chão ao caminhar).
  • Perda de peso e apetite.

Sintomas mentais 

  • Perda de interesse pela comida.
  • Hiperatividade
  • Negligência em relação à higiene pessoal.
  • Lamber uma ou ambas as patas excessivamente.
  • Alterações do sono: insônia e hiperatividade noturna. Letargia pela manhã.
  • Marcação excessiva
  • Aumento da agressividade
  • Reações exageradas a estímulos habituais.

Tratamento para a ansiedade em gatos

Gato se lambendo

Primeiro, devemos entender que a hiperatividade e a ansiedade em gatos não são “normais”. Muitas vezes, vemos que os donos se referem a certos problemas comportamentais em seus gatinhos como parte do “jeito felino de ser”. Ou seja, como se o seu comportamento fosse hiperativo e excessivamente reativo.

Um gato que se sente seguro e confortável em sua casa não precisa ficar constantemente com medo, ansioso ou assustado. Embora seja muito positivo encorajar nossos bichanos a serem fisicamente e mentalmente ativos, devemos saber como diferenciar um comportamento desperto e lúdico de problemas comportamentais.

Por tudo isso, quando você perceber que seu gatinho está muito agressivo, nervoso ou com medo, será essencial ir ao seu veterinário de confiança. Na clínica, o profissional pode fazer um diagnóstico diferencial e estabelecer um tratamento adequado para a ansiedade do seu gato.

Remédios naturais e terapias alternativas para controlar a ansiedade

Felizmente, natureza e a medicina alternativa nos oferecem métodos naturais e não invasivos para gerenciar a ansiedade dos nossos gatinhos. O tratamento de casos crônicos ou graves de ansiedade pode exigir a administração de medicamentos. Soluções domésticas ou alternativas não substituem uma consulta veterinária.

Também podemos destacar a importância de ter um veterinário antes de introduzir um novo elemento na dieta dos nossos gatos, além de encontrar profissionais especializados quando procurarmos uma alternativa terapêutica eficaz e segura para a ansiedade do felino.

Estas são algumas das alternativas naturais mais eficazes para o tratamento da ansiedade em gatos.

Gato tomando leite

  • Camomila. A camomila é uma das ervas mais benéficas para cães e gatos. Além de seu efeito calmante, também possui propriedades digestivas e anti-inflamatórias.
    • Algumas gotas diárias de infusão de camomila natural podem ser eficazes na prevenção da ansiedade em gatos, mas podem não ter efeito em casos de alta ansiedade ou estresse crônico. A melissa também é uma planta com efeitos semelhantes e um pouco mais poderosa do que a camomila.
  • Valeriana. A valeriana é um dos mais poderosos tranquilizantes naturais, oferecendo também um leve efeito sedativo e relaxante muscular. A infusão e suplementos naturais desta planta são usados ​​para tratar ansiedade, estresse crônico e distúrbios do sono.

Grande variedade de remédios naturais

Nos gatos, a valeriana pode ser muito benéfica, uma vez que o seu aroma desperta naturalmente a curiosidade dos nossos gatinhos. No entanto, as doses devem ser cuidadosamente administradas de modo a não ter um efeito inicial eufórico ou narcótico.

  • Feromônios. Podemos encontrar sprays de feromônios felinos em muitas clínicas veterinárias e pet shops. Estes produtos consistem em uma síntese artificial dos feromônios que o gato produz e libera naturalmente.
  • Flores de Bach. Embora a humanidade conheça as flores de Bach há muitos anos, seu uso para o tratamento de animais de estimação é recente. É um método natural, sem efeitos adversos, que tem mostrado resultados muito bons no tratamento do estresse e da ansiedade.
  • Massagens relaxantes. As massagens nos permitem proporcionar aos nossos gatinhos um estado de relaxamento e prazer. Para massagear seu gato, será necessário ter paciência e respeitar o tempo de adaptação dele.

Rapidamente vamos perceber que nossos gatinhos gostam de receber esses mimos e ficarão mais tranquilos no seu dia a dia.