Tudo sobre o comportamento do furão

· setembro 26, 2018
Estes animais amigáveis ​​têm muita energia, por isso, requerem muita atividade física, o que incentivará seu comportamento a ser mais saudável.

Os furões foram recentemente incorporados em nossas casas como animais de estimação e se destacam como mamíferos pequenos, muito sociáveis ​​e divertidos. Então, se você está pensando em incorporar um a sua família, nós lhe contaremos tudo sobre o comportamento do furão, para que possa conhecê-lo melhor.

O comportamento do furão

Embora muitos furões sejam agora animais de estimação, em muitos lugares eles ainda trabalham na caça: sua especialidade é a caça de coelhos, já que seu corpo permite que eles encontrem tocas facilmente.

Portanto, não devemos nos esquecer de que, embora sejam sociáveis ​​e afetuosos, há poucas gerações eram animais caçadores. Os furões têm muitos instintos relacionados à sua vida selvagem, mesmo que, atualmente, morem dentro de casas.

Muitas das características do comportamento do furão estão intimamente relacionadas com essa atividade: portanto, se deixarmos que ele atenda às suas necessidades instintivas, mesmo sendo um animal domesticado, ele será muito mais feliz e terá menos problemas comportamentais.

As necessidades etológicas dos furões

Os furões são animais muito ativos e cheios de energia, apesar de serem tão pequenos. Portanto, o primeiro passo para ter um furão feliz é deixá-lo fazer exercícios físicos, tanto dentro de sua jaula quanto solto pela casa. A gaiola ideal para um furão é alta, com vários andares e muito espaço para se movimentar.

jaula para furão

No entanto, os furões descarregam grande parte de sua energia através de brincadeiras. Se eles tiverem companheiros da mesma espécie na mesma casa, eles brincarão entre si. Se não, pedirão aos humanos que participem das brincadeiras.

De qualquer forma, ele precisa de brinquedos para se manter entretido. Bolas, cordas penduradas em sua jaula, quebra-cabeças para obter prêmios e longos túneis são alguns dos brinquedos que eles costumam gostar mais.

Em contraste com sua energia, os furões precisam dormir por várias horas. Alguns dormem tão profundamente que parecem ter morrido: lugares que sejam tranquilos em sua gaiola são necessários para que eles possam descansar sem serem incomodados e, depois, acordar com toda a energia recarregada.

Outra característica da personalidade dos furões é a sua enorme curiosidadeos furões têm que conhecer tudo e explorar tudo. Ele vai tentar colocar a cabeça em todos os sacos que você traz para casa, e vai explorar todos os cantos. Certifique-se de que sua casa está segura e de que ele não irá se machucar durante suas aventuras.

As aventuras dos furões

Embora algumas pessoas as relacionem com um mau comportamento do furão, fazer travessuras faz parte de sua natureza. Furões precisam comer várias vezes por dia, pequenas porções espaçadas. Assim, quando seu prato está cheio, a primeira coisa que eles fazem é esconder alguma comida em outras partes da casa, para se certificarem de que terão comida durante todo o dia.

furão dormindo

Mas não só roubam comida: eles têm uma preferência por objetos metálicos e brilhantes, bem como por borracha. Se você não encontrar as coisas em casa, como canetas, borrachas ou chaves, é provável que seu furão as tenha armazenado em um dos seus esconderijos. Ele não faz por mal: é outro dos seus instintos.

As brincadeiras entre furões podem, às vezes, se tornar um pouco ásperas: mas eles geralmente brincam moderadamente. Embora não se machuquem mutuamente, quando brincam com nossas mãos ou pés, podem nos machucar. Isso não significa que o furão seja agressivo ou que queira nos fazer mal: é apenas parte de uma brincadeira.

A educação dos furões

Como qualquer animal, podemos educar um furão para se comportar melhor. Precisamos fazer isso, sempre tendo em mente suas limitações e instintos: é muito provável que nunca os façamos parar de roubar nossas chaves e moedas.

Furões são animais que se assustam facilmente e, quando isso acontece, eles acham impossível aprender. Portanto, uma educação baseada em punições ou correções será inútil com eles. Por outro lado, ensiná-los a se comportar ou fazer truques através do reforço positivo terá resultados muito rápidos.

Recompense o seu furão quando ele fizer algo certo: quando ele brincar sem machucar, quando ele explorar sem quebrar nada ou quando ele decidir não roubar as chaves da casa. Esta recompensa pode ser uma bugiganga adequada para furões ou simplesmente um elogio e um carinho.

Ignore o mau comportamento do furão: interrompa a brincadeira se ele estiver machucando você e remova os brinquedos que ele estiver destruindo ou estragando. Os furões são animais inteligentes e oportunistas, e que logo entenderão que vale a pena se comportar bem para receber uma recompensa.

Os furões são divertidos e ativos. Se você quiser adicionar um ferret à sua família, tenha em mente que terá que brincar muito com ele para fazê-lo feliz, e que durante a noite e o pôr do sol, o pico de sua atividade, será um pouco barulhento. No mais, você poderá desfrutar da presença de um mamífero divertido e carinhoso em sua casa.