Um cão pode ser vegano?

· setembro 16, 2018
A diferença entre ser vegano e vegetariano reside no fato de que o primeiro exclui absolutamente todos os produtos relacionados aos animais, como leite e ovos, enquanto os últimos admitem esses alimentos na dieta.

O veganismo é uma forma de alimentação que está na moda, acredita-se ser saudável para o corpo e pode prolongar a vida. Muitos que escolheram este estilo de vida quiseram transmiti-la a seus animais de estimação. Por isso, a questão que surge é se um cão pode ser vegano. Vamos ver se isso é possível e como fazê-lo.

O que é ser vegano

O vegano é uma pessoa que não come nem consome nenhum produto de origem animal. Enquanto que o vegetarianismo é muito antigo, o veganismo é mais recente e mais restrito, pois tenta eliminar não só carne e peixe, mas ovos, leite, laticínios, manteiga, gelatina e até mel. Veganos também não usam roupas e sapatos feitos de couro, por exemplo.

Qualquer alimento de origem animal não é permitido, na corrente veganista. Os principais ingredientes que os veganos comem, portanto, são cereais, arroz, vegetais, frutas e nozes.

A pergunta que muitos fazem é se, através de uma dieta como esta, é possível obter todos os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo. Leguminosas, soja e algumas nozes não só contêm um alto nível de carboidratos, mas também de proteínas, então elas fornecem ao corpo humano o que é necessário.

cão comendo cenoura

Legumes fornecem fibras e vitaminas. Já as frutas fornecem um suprimento extra de açúcar não processado, além do anteriormente mencionado. Portanto, tudo parece indicar que um ser humano pode viver sem problemas seguindo uma dieta vegana. Mas um cão pode ser vegano?

Então, vamos ver se um cão pode ser vegano

Uma vez, nos perguntamos se um cão poderia ser vegetarianoA diferença entre esta dieta e a vegana é que os vegetarianos comem alimentos de origem animal, desde que não causem a morte destes, como ovos, manteiga, leite e iogurte.

Mas ser vegano é outra coisa, e muitos são contra esse modo de alimentação. O que é dito sobre animais de estimação? Um cão pode ser vegano? Os gatos, por exemplo, são carnívoros e precisam de proteínas animais para sobreviver, mas com os cães é outra história. Agora, o que a ciência diz?

Já existem alimentos processados ​​que obtêm as proteínas de vegetais e plantas e que, segundo se diz, cumprem todos os padrões nutricionais estabelecidos para preservar a saúde dos pets. Estes alimentos contêm soja, batatas, ervilhas, minerais, vitaminas e aminoácidos, que são altamente recomendados para cães.

Embora os veterinários digam que uma dieta balanceada é essencial na vida canina, alguns duvidam que as plantas e vegetais possam fornecer todos os nutrientes necessários para eles.

Cães comem vegetais

Postura contra

Vários veterinários, médicos e cientistas dizem que a carne é necessária para o organismo dos cães. Segundo um deles: “sabemos muito sobre a nutrição dos cães, mas também há muitas coisas que não sabemos. Embora desejamos que eles tenham uma dieta equilibrada, não podemos ter certeza de que obtêm todos os nutrientes necessários através de uma dieta vegana. Já é difícil alcançá-la através de uma normal”.

Estudos mostraram que, dos 24 alimentos examinados, a maioria não cumpria os padrões mínimos exigidos e, portanto, a carne de qualidade era necessária para cobrir essas lacunas. “Se as pessoas são veganas e alimentam seus animais de estimação da mesma forma, porque acham que é mais saudável, elas estão erradas”, disse Freeman, um dos médicos que participou da análise.

Postura a favor

Porém, há o outro lado da moeda, aqueles que são a favor da dieta vegana. Tem sido demonstrado que alguns cães têm alergia a certos tipos de carne, bem como a alguns produtos lácteos, e que a dieta vegana é a melhor opção para resolver este problema.

Até mesmo veterinários reconhecidos recomendam seguir este tipo de dieta por cerca de 12 semanas, a fim de verificar se as alergias melhoram e se o animal ainda mantém a boa saúde.

O problema para o qual não se chegou a uma conclusão sobre se um cão pode ser vegano ou não, é porque vários cães não foram alimentados dessa forma por um longo tempo, para que fossem feitas pesquisas conclusivas.

O caso de dois cachorros irmãos que morreram ao mesmo tempo, e ambos de câncer, é conhecido. Enquanto um tinha uma dieta convencional e o outro vegana. Este exemplo, pelo menos, mostra que não é prejudicial.

Portanto, um cão pode ser vegano ou não, o dono é quem decidirá, mas sempre ciente das mudanças que o animal de estimação experimentará em seu corpo.