Você pode dar sopa para o seu cão?

· julho 21, 2018
Embora seja simples de fazer e consumir, é preciso prestar atenção na hora de preparar sopa para o seu cão. Alguns ingredientes são mais saudáveis, enquanto outros podem ser prejudiciais para ele.

Os cães não reclamam de comer sempre a mesma ração. Entretanto, assim como acontece conosco, variar de vez em quando não faz mal. Inclusive, em algumas situações pode ser algo necessário. Dar sopa para o seu cão é uma boa opção nos momentos em que, por necessidade ou vontade, decidir preparar um prato especial.

É sempre melhor cozinhar do zero essas refeições especiais antes de adotar produtos enlatados e artificiais. Quase a totalidade desses alimentos, embora práticos, contém substâncias químicas que são altamente nocivas para os animais.

O sal: inimigo número um

Antes de dar sopa para o seu cão, é necessário conhecer qual ingrediente deve ser eliminado na hora de preparar comida caseira para ele. Entre as substâncias que devem ser evitadas, o sal aparece em primeiro lugar.

Embora os cães sejam capazes de tolerar quantidades mínimas, sua ingestão pode causar intoxicações moderadas ou graves. Vômito, diarreia e perda de apetite são alguns dos sintomas. Porém, episódios mais graves podem causar danos nos rins, convulsões e até a morte do animal.

A cebola e o alho são outros alimentos que não devemos incluir em um guisado para cães. Seu consumo destrói as células vermelhas do sangue, o que pode causar uma anemia hemolítica Além disso, também existe o risco de causar gastroenterite nos cachorros.

Pode dar sopa para o seu cão

Preparar sopa para o seu cão por necessidade

Assim como no caso dos humanos, o consumo de sopas pelos cães é uma alternativa quando apresentam problemas de saúde. É o caso de resfriados, desconfortos estomacais, vômito e diarreia, ou dificuldade para mastigar ou engolir alimentos sólidos.

As gripes invernais também afetam os cachorros. Nessas horas, uma canja com macarrão se torna uma excelente opção. O mesmo vale para os problemas no sistema digestivo.

As sopas podem servir como complemento aos alimentos comerciais desenvolvidos especialmente para cães que precisem seguir dietas leves ou que tenham doenças no estômago. A combinação, além de aliviar o desconforto, evita que o animal sofra de desidratação.

É possível alimentar os cães só com comida caseira?

É perfeitamente possível. Mas algumas considerações básicas precisam ser atendidas primeiro. Salvo casos especiais, os cachorros precisam consumir alimentos sólidos. Uma dieta que inclua apenas caldos está descartada, a menos que o veterinário indique o contrário.

Os alimentos industriais garantem a ingestão equilibrada das proteínas e nutrientes de que os cães precisam. O menu “alternativo” preparado em casa deve partir desse mesmo princípio.

Pode dar sopa para o seu cão

Canja de galinha com cenoura

A receita a seguir, além de ser fácil de preparar, oferece ao animal betacaroteno, vitaminas A, E e B. Também é fonte de cálcio, potássio, fósforo e iodo. Gorduras, calorias e todos os aminoácidos especiais também estão presentes.

Esse tipo de sopa é recomendada para todos os cães, especialmente para aqueles que se exercitam diariamente com os donos. E também para os que apresentam quadros de desnutrição ou problemas de pele ou de pelagem.

Ingredientes:

  • 250 g de miúdos de frango picados em pedaços bem pequenos (moelas, corações e fígados)
  • Duas cenouras grandes

Modo de preparo:

  1. Lavar bem as cenouras, ralando-as em seguida.
  2. Colocar todos os ingredientes em uma panela com água fervente. Deixar no fogo por 15 minutos. Em seguida, deixar descansar até que a canja esteja morna na hora de servir.
  3. Não exagere no tamanho das porções. Uma concha deve ser suficiente.
  4. Na hora de servir, é possível adicionar um pouco de ração à sopa.
  5. O prato pode ser conservado na geladeira por até três dias. É importante ressaltar que não devemos adicionar sal ou outros condimentos em hipótese alguma.

Sopa de arroz

Esta sopa é recomendada especialmente para cães com episódios mais severos de diarreia. O arroz é um cereal que, além de ser fonte de calorias, vitamina E, fósforo e potássio, ajuda a restabelecer o apetite.

Ingredientes

  • 2 xícaras de arroz
  • 250 gramas de frango desossado e sem pele ou de outra carne magra

Modo de preparo:

  1. Cozinhar o arroz com cinco xícaras de água.
  2. Cortar o frango ou a carne bovina em porções muito pequenas e deixe ferver em quatro xícaras de água até estar bem cozido.
  3. Juntar o arroz e deixar cozinhar por mais cinco minutos.
  4. Servir o prato ainda morno para o animal.