10 animais em perigo de extinção

· julho 6, 2018

Mudanças climáticas, a caça predatória, o desmatamento e a contaminação estão fazendo estragos em nosso planeta. Nesse artigo, vamos falar sobre 10 animais em perigo de extinção para que todos possamos tomar consciência e evitar seu desaparecimento.

Quais são os animais em perigo de extinção?

Lamentavelmente, a lista teria que ser mais extensa para falar de todos os animais em perigo de extinção atualmente. Mas vamos lhe falar sobre os que estão mais ameaçados:

urso polar

  1. Urso polar

Estima-se que as placas de gelo do Ártico estão diminuindo e, em 50 anos, o urso polar deixaria de existir. Em meados deste século, a região poderia perder toda sua massa “terrestre”, que serve de lar para este animal. Atualmente, há menos de 25.000 exemplares, que usam plataformas flutuantes para caçar focas (seu principal alimento).

  1. Leopardo de Amur

No mundo há somente 40 destes felinos que, mesmo resistindo à extinção, estão cada vez mais perto de desaparecer. Seu habitat é o sul da Rússia e o norte da China. A principal razão pela qual esse animal está em perigo de extinção é a caça predatória. Sua pelagem tem muito valor entre os colecionadores.

  1. Tigre de Bengala

Acontece algo parecido à situação do leopardo de Amur, já que sua população se reduziu muito devido à caça. É caçado, supostamente, porque é perigoso, mas na verdade são usados para serem dissecados ou exibidos. Somando a isso o fato de que boa parte de seu habitat (na Índia e Bangladesh) está sofrendo com mudanças climáticas e a elevação do nível do mar, a má notícia é a estimativa. Calcula-se que até 2050 não haverá nenhum Tigre de Bengala vivo.

  1. Elefante de Sumatra

De acordo com o Fundo Mundial da Natureza, a população deste elefante (um dos maiores animais do mundo) diminuiu em 70% nas últimas décadas. Sobrevivem cerca de mil na selva da Indonésia e, ainda que não tenham predadores naturais, os caçadores de marfim são sua principal ameaça.

  1. Canguru

É outro dos animais em perigo de extinção por conta do aquecimento global. Como a temperatura aumenta, as estações secas ficam mais quentes, e os marsupiais não conseguem água para beber ou pasto para comer. Além disso, muitos morrem atropelados quando tentam cruzar estradas na Austrália. Além disso, é claro, sempre há os caçadores.

  1. Toninha do mar

A Toninha do Mar é um cetáceo cuja população não passa de 100 exemplares. De corpo parecido com o golfinho, mas com olhos “manchados”, vive nas costas do Pacífico, na altura do México. O principal motivo de perigo é a pesca. As toninhas ficam presas nas redes dos pescadores e, sem poder subir à superfície para respirar, morrem afogadas.

  1. Baleia

O Japão é um dos principais responsáveis pelo fato de a baleia ser um dos animais em perigo de extinção. A caça comercial (o povo japonês acredita que a gordura e a carne do animal tem poderes medicinais) ameaça as principais espécies: Azul, Franca, Cachalote e Sei.

  1. Rinoceronte de Java

O chifre do rinoceronte é muito valioso entre os asiáticos (sobretudo na China), já que se acredita que possui propriedades terapêuticas. Até há alguns anos, esses grandes animais viviam no Vietnam de maneira selvagem. No entanto, hoje em dia só sobrevivem 50 em uma área protegida na Ilha de Java.

tartaruga marinha

  1. Tartaruga Marinha

Mesmo que esse réptil coloque centenas de ovos a cada ano e viva por décadas, a pesca comercial e a destruição das praias está acabando com ele. A população de tartarugas marinhas do Oceano Pacífico é cada vez menor, e os cientistas e protetores fazem o possível para que as crias possam sobreviver.

  1. Orangotango

Um dos familiares mais próximos do homem é outro dos animais em perigo de extinção devido a vários fatores: os incêndios florestais, resultado das secas, o corte das árvores que usam como lar, a caça e as plantações de palmeiras. Acredita-se que podem desaparecer em 2050.