4 raças de cães escoceses

· abril 17, 2019
Neste artigo apresentaremos quatro raças de cães escoceses que se destacam por sua beleza emblemática

A Escócia é uma terra fantástica com uma história única. Talvez seja por isso que deu origem a raças muito especiais de cães escoceses, e hoje queremos falar sobre algumas que mais chamam a atenção. Continue lendo este artigo e descubra sua história.

Terrier escocês

Sem dúvida, o terrier escocês – que está na imagem que encabeça este artigo – é uma das raças mais conhecidas e tem a honra de pertencer ao grupo dos primeiros terriers originários da Escócia. Inicialmente, eles foram usados para cavar a terra em busca de texugos e outros animais.

Estes cães escoceses são de porte pequeno, porém apresentam robustez e musculatura incríveis. Em seu corpo, destacam-se seu longo focinho e sua mandíbula forte. Eles geralmente têm uma pelagem de cor preta, embora também haja exemplares rajados com listras ou com uma coloração clara.

Apesar do seu tamanho, o terrier escocês tem o temperamento marcante. Eles podem parecer distantes e independentes ao se relacionar com estranhos, mas já foi demonstrado que eles são cães muito próximos e fiéis em seu círculo íntimo.

Skye terrier

Esta raça de cão tem sua origem na Ilha de Skye. Tem uma grande afinidade com o terrier escocês, embora tenha demorado até 1870 para concluírem e se certificarem de que eram duas raças diferentes.

Skye terrier

Como você pode ver, o skye terrier se destaca por seu corpo alongado, que termina em extremidades curtas e musculosas. Seu focinho forte e orelhas, às vezes pendentes, são outro sinal marcante. Ele tem uma longa pelagem composta por duas camadas, uma externa mais dura e uma interna que é mais macia.

Seu temperamento é muito semelhante ao do terrier escocês. Seu uso como cão de caça o torna um animal relativamente ativo, que precisa se manter ocupado e caminhar com assiduidade. Se cuidarmos bem dele, pode viver até 11 anos.

Setter Gordon, o mais elegante entre os cães escoceses

Esta raça de cães escoceses pertence à família dos setter, que inclui ainda o setter inglês e o irlandês. Sua origem remonta ao século XVII na Escócia.

Setter Gordon, o mais elegante entre os cães escoceses

Estes cães têm uma pelagem densa e de coloração preta, acompanhado de manchas castanhas nas pernas, focinho e olhos. São animais grandes, com uma altura de cerca de 60 centímetros e um peso que varia entre 25 e 30 quilos.

O setter escocês é um cão acostumado a caçar, com um olfato muito apurado e que é muito resistente. É adequado como animal de estimação, mas tenha em mente que ele precisa ter grandes espaços e praticar exercícios regularmente, pois é muito ativo.

Lébrel escocês, o mais rápido entre os cães escoceses

Por último, vamos falar de um animal originário das Terras Altas da Escócia. Sua magnífica visão e sua velocidade a tornaram uma raça ideal para caçar veados e cervos.

Lébrel escocês, o mais rápido entre os cães escoceses

Estamos diante de um cão um tanto especial, já que ele tem uma pelagem característica e despenteada, herança de sua adaptação às condições climáticas das altas montanhas. Destacam-se seu corpo esguio e seu lombo arqueado. Eles podem medir até 80 centímetros de altura, o que dá uma ideia do seu tamanho.

Eles são bons animais de estimação, desde que permaneçam em ótimo estado físico. Eles não são adequados para casas pequenas, pois precisam de muito espaço. Sua personalidade é calma e afável, o que o torna ideal como animal de companhia.

Existem muitas outras raças de cães escoceses, então não deixe de conhecê-las!

  • Beauchamp, R.G. (1998). A new owner’s guide to Scottish terriers. T.F.H. Publications.

 

  • Moon-Fanelli, A. A., & Dodman, N. H. (1998). Description and development of compulsive tail chasing in terriers and response to clomipramine treatment. Journal of the American Veterinary Medical Association212(8), 1252-1257.