5 aves nacionais da África

fevereiro 21, 2019
Estas espécies foram escolhidas por alguns países africanos como representantes oficiais baseados no habitat e costumes do lugar. 

Talvez quando pensamos em terras saarianas ou subsaarianas, imaginamos os “cinco grandes” que podem ser vistos em um safári. Mas outros animais ainda desconhecidos também vivem neste continente. Portanto, no artigo a seguir, falaremos sobre as aves nacionais da África.

Quais são as aves nacionais da África?

Nem todos os países africanos escolheram uma ave como representante oficial. Isto pode ser devido a muitas razões, como por exemplo, não haver uma ave nativa ou o fato de eles não as considerarem importantes.

Porém, aqueles que escolheram basearam-se no habitat e, claro, nos costumes locais. Entre as aves nacionais da África, encontramos:

  1. Grou azul

Ele foi escolhido pela África do Sul e é um dos menores dentro da família dos grous. Mede cerca de 120 centímetros e, quando abre suas asas, pode atingir dois metros de extensão. Sua plumagem é azul acinzentada, mais escura na cabeça, pescoço e nuca. O pico é ocre com matizes rosa.

O grou azul – imagem que abre este artigo – habita terras altas com pradarias, lagos e colinas. Migra no inverno, embora sua distribuição seja bastante restrita. É uma ave social, com exceção da época de reprodução, e se alimenta no solo, uma vez que sua dieta é composta de pastos e ervas, embora possam consumir insetos.

  1. Papagaio-cinzento

É conhecido como um papagaio-do-congo e é um dos que vivem na África, embora esteja atualmente em perigo de extinção devido ao declínio de sua população. O papagaio-cinzento é muito inteligente e é capaz de memorizar e repetir palavras.

Papagaio-cinzento

É o pássaro nacional de São Tomésua plumagem é quase totalmente cinza, exceto a ponta da cauda que é vermelha, os olhos são amarelos, a cara esbranquiçada e bico é preto. Vive em grupos organizados hierarquicamente e formam um casal estável, com quem constrói o ninho nas cavidades das árvores.

  1. Falcão-peregrino

É uma das mais belas aves nacionais da África – escolhida pela Angola – que existe e, também, detém o recorde de ser o animal mais rápido do mundo, ganhando até mesmo dos felinos! O falcão-peregrino habita quase todo o planeta e quase 20 subespécies são conhecidas.

Falcão-peregrino

 

Quanto à sua dieta, prefere aves de tamanho médio, como gaivotas, patos ou pombos, que caçam ao anoitecer ou ao amanhecer. Uma vez “apaixonados”, não se separam mais e todos os anos voltam ao mesmo ninho para se reproduzirem, depois de um belo voo de namoro.

As ninhadas são compostas por uma média de três ovos; que são incubados por pouco mais de um mês.

  1. Águia-pescadora-africana

Esta ave, que vive em áreas próximas a lagos e rios na África Subsaariana, foi escolhida como representante de dois países: Zâmbia e Zimbábue

Alimenta-se quase exclusivamente de peixes; a quem pega espreitando-os à espera deles nos galhos das árvores e depois mergulhando na água.

Águia-pescadora-africana

Quanto às suas características físicas, é uma ave grande – fêmeas mais robustas que os machos – cujo corpo é coberto por penas marrons e asas pretas.

Tanto o peito como a cabeça e a ponta da cauda são brancos, e o bico e as patas são amarelos.

  1. Grou-coroado-oriental

Para terminar a lista de aves nacionais da África, não poderíamos deixar de fora uma espécie que foi escolhida por não menos de três países: Uganda (aparece na sua bandeira), Ruanda e Tanzânia. 

Vive na savana e nos pântanos, sempre ao sul do Saara e nidifica em habitats úmidos.

Grou-coroado-oriental

Sua plumagem é mais do que impressionante: cauda preta, corpo branco, costas cinza-escuro, peito cinza-claro, pernas e bico cinza, cabeça branca, vermelha e preta e uma espécie de chapéu amarelo na nuca. Na Nigéria, há também o grou-coroado-preto, com plumagem mais escura, mas com outras características semelhantes.