6 tipos de pássaros tropicais

maio 11, 2019
Devido às suas variadas e marcantes tonalidades de plumagem, estas aves estão frequentemente sujeitas à caça indiscriminada, o que é especialmente prejudicial no caso de espécies ameaçadas de extinção.

Os pássaros tropicais habitam diferentes florestas do mundo e são caracterizados por uma plumagem de cores vibrantes ou, como os tucanos, por bicos em formatos surpreendentes.

As espécies da Indonésia, Austrália, América Central e do Sul, Índia, África e Sudeste da Ásia podem ser aves de rapina, fazer ninhos no chão ou viver perto de comunidades humanas.

Há uma variedade grande e exótica de aves de regiões tropicais com costumes surpreendentes, como os do pica-pau. Nesta lista, temos seis belos pássaros tropicais para você descobrir.

1. Diamante-de-Gould

Estas aves tropicais atingem um comprimento de até 15 centímetros. Seu nome científico é Erythrura prasina. Eles são caracterizados por bochechas e testas azuis em machos e verdes nas fêmeas.

Outra forma de reconhecê-los é pela barriga laranja e pelo resto do corpo verde, exceto pela cauda, que tem um ​​tom avermelhado. Os diamante-de-gould – na foto que abre este artigo – têm bicos cônicos em tons de cinza e olhos escuros, pequenos e brilhantes. Da cauda vêm duas longas penas centrais, com tons dourados.

Estas pequenas aves são nativas da Indochina e podem viver em liberdade por 12 anos. Eles gostam do clima temperado a quente e vivem em comunidade, dada a sua natureza sociável.

Os diamante-de-gould não são fáceis de encontrar, e eles preferem permanecer escondidos de outras aves e seres humanos. Eles podem colocar até seis ovos, que irão chocar depois de um período de 15 dias.

2. Pássaros tropicais: agapornis

Os agapornis estão entre as aves tropicais mais populares do mundo. Estas aves são espécies de papagaios, da família Psittaculidae, nativa da África. A palavra agapornis é de origem grega e significa “ave do amor”.

Os agapornis são pássaros tropicais

Quando estão em pares, estes pássaros de cores suaves e múltiplas não param de oferecer carinho. Infelizmente, o olho humano pousou sobre eles, e este pássaro é frequentemente criado e reproduzido na solidão do cativeiro.

3. Peito-celeste de face carmesim

Este exemplar de cores brilhantes é o peito-celeste de face carmesim, catalogado como Uraeginthus bengalus. Essas aves tropicais têm cerca de 12 centímetros de comprimento. Um anel esbranquiçado dá contorno aos seus olhinhos.

Passarinho tropical

Machos e fêmeas diferem de maneira simples; os primeiros têm costeletas vermelhas, enquanto os últimos parecem simplesmente azuis. Eles são nativos da África Central, onde se reúnem em grandes bandos em savanas e áreas de estepe.

4. Os tucanos são pássaros tropicais

Aves exóticas tropicais, os tucanos nos surpreendem com uma aparência incrível. Eles são nativos da América Central e do Sul, e chegam até o noroeste argentino. O grande bico do tucano tem uma função importante, pois serve para regular a temperatura do corpo.

Os tucano são pássaros tropicais

Os tucanos podem medir até 60 centímetros. Seus alimentos preferidos são frutas, aracnídeos e insetos. Estas aves são altamente gregárias e formam grandes grupos entre as árvores, onde procuram buracos para fazer ninhos.

5. Diamante-mandarim

Vindo da Austrália, os diamante-mandarim são aves tropicais de tamanho pequeno e uma aparência elegante, como se estivessem vestindo um terno cinza. Seu nome científico é Poephila guttata.

Diamante-mandarim

Machos e fêmeas têm pequenas diferenças em termos de cores. Isso acontece, em geral, com todos os pássaros: o macho, com mais cores, exibe à sua companheira as qualidades que ele possui para acasalar.

Outro nome usado ​​para esta ave é simplesmente mandarim. Ele se destaca pela vivacidade da cor do bico carmesim. O rosto dos machos tem uma faixa branca delineada com bochechas pretas e douradas. Por outro lado, as fêmeas não parecem ter cores tão brilhantes.