9 curiosidades sobre o gato siamês

maio 31, 2019
Você quer saber mais sobre o gato siamês? Neste artigo vamos compartilhar 9 curiosidades interessantes sobre este felino tão especial.

Os gatos costumam ser aqueles animais que você ama ou não entende. Aproximar-se deles, conhecendo suas manias e costumes, pode nos ajudar a entendê-los um pouco mais, você não acha? Por esse motivo, neste artigo vamos compartilhar algumas curiosidades sobre o gato siamês.

Curiosidades sobre o gato siamês

1. Sua origem

Este gato vem do Sião, que hoje é conhecido como Tailândia; daí o seu nome. No entanto, parece que muitos acreditaram durante anos que eles vieram do Reino Unido, embora somente no século XIX os primeiros exemplares tenham chegado para serem exibidos no Palácio de Londres.

2. Seus donos

Originalmente, este gato foi adotado e usado exclusivamente como animal de estimação pela família real tailandesa. Eles tinham vários espécimes de raça pura, nos quais sua cor branca intensa se destacava.

3. O protetor dos espíritos

Nas antigas civilizações, e até hoje, as pessoas têm muito medo do que os espíritos malignos podem fazer aos mortos. Nas origens do gato siamês, acreditava-se que este era um grande defensor dos espíritos, uma vez que de alguma forma poderia absorver o espírito do falecido e fazê-lo permanecer vivo, evitando os ataques de espíritos malignos.

A fim de mantê-lo vivo o maior tempo possível, o gato foi levado a um templo em que lhe foi oferecida uma vida de luxo.

Gato siamês

4. Os dois tipos de siameses

Como esperado, uma raça tão antiga evoluiu ao longo do tempo, dando origem ao que conhecemos como siameses modernos. No entanto, eles e o tailandês têm diferenças marcantes.

Seu tamanho é uma delas, já que o tradicional siamês é menor, arredondado e magro. Seu rosto é mais circular, com o focinho mais curto e as orelhas retas, sem ser muito grande. Há também uma diferença marcante em seus olhos, uma vez que o tradicional tem olhos mais estreitos enquanto os dos modernos são praticamente oblíquos.

É por isso que encontrar um gato siamês tailandês tradicional é altamente valorizado entre os amantes de gatos, e é por isso que eles estão dispostos a pagar grandes somas de dinheiro por um animal.

5. Eles são muito ativos

Apesar da reputação de gatos preguiçosos, os siameses são felinos muito ativos que precisarão que você gaste parte do seu tempo brincando com eles. Não é um gato que gosta de ficar sozinho em casa, pois ficará facilmente entediado e provavelmente fará travessuras para acalmar seu tédio.

6. Seus miados

O gato siamês adora miar, e embora já saibamos que todos os gatos têm diferentes miados para se comunicar, este se destaca acima de todos os outros. Ele é capaz de emitir diferentes sons, e dificilmente conseguimos distinguir se são realmente miados ou uma tentativa de dizer algo diferente.

7. A temperatura do gato siamês

Existem certas áreas em seu corpo que são mais escuras do que outras e, curiosamente, elas têm uma temperatura mais baixa do que aquelas que são mais claras. Por quê?

Isso ocorre devido a um gene térmico que faz com que os pigmentos permaneçam fixos nas áreas mais frias. É por isso que, quando nascem, eles são totalmente brancos, já que estão no calor do ventre de suas mães.

A temperatura do gato

8. O estrabismo do gato siamês

Décadas atrás, havia muitos casos de estrabismo em gatos siameses, por isso acreditava-se que isso seria algo intrínseco à raça. No entanto, com o passar do tempo, esse defeito tem diminuído e foi praticamente erradicado.

9. E se ele cruzar?

É curioso que, quando um gato siamês cruza, os gatinhos geralmente apresentam os mesmos defeitos genéticos: rabos curtos e nós nas cartilagens. Algo que aparentemente não é sério, mas que pode trazer complicações no futuro.

O que você achou de conhecer mais sobre esse felino especial? Certamente muitas dessas curiosidades são desconhecidas para muitos, mas agora você é um dos privilegiados que as conhecem.