A fauna da Grande Barreira de Corais

junho 8, 2018
Entre os animais que vivem neste ecossistema, há algumas espécies ameaçadas de extinção. São 1.600 quilômetros protegidos por lei.

A Grande Barreira de Corais é o maior habitat submerso de todo o planeta. É tão grande que os astronautas asseguram que ela pode ser distinguida sem problemas do espaço. Centenas de espécies de animais habitam este grande espaço natural, por isso, convidamos você a descobrir a fauna da Grande Barreira de Corais.

A grande barreira de corais

A Grande Barreira de Corais está localizada na Oceania, especificamente no nordeste da Austrália. É difícil calcular a sua superfície concreta, mas ela tem mais de 2.600 quilômetros de comprimento: na realidade não é um mesmo recife, mas a união de mais de 2.000 corais individuais e de quase 1.000 ilhas.

Algumas vezes é mencionado que este ecossistema é o maior ser vivo do planeta: graças ao seu grande tamanho, seu clima ameno e temperado e sua localização geográfica, neste local pode-se encontrar uma das maiores concentrações de diversidade conhecidas.

Na Grande Barreira de Corais não existe apenas vida sob o mar: graças à atividade submarina, muitas espécies de pássaros sobrevivem. Além disso, devemos levar em conta os animais que vivem tanto na terra quanto no mar, como os crocodilos e as tartarugas.

 grande barreira de corais

A proteção de parques naturais

A Grande Barreira de Corais foi declarada parque natural protegido em 1875 e Patrimônio da Humanidade em 1981. Isso implica que ela é legalmente protegida contra a alteração e a destruição de grande parte de sua extensão.

É uma área do planeta especialmente atraente para mergulhadores e turistas. Graças a esta declaração de proteção, todas as atividades humanas são reguladas: por exemplo, não é permitido atracar navios em cima de corais e a passagem do turismo é limitada.

Além disso, a pesca é proibida, portanto todas as espécies animais que prosperam neste ecossistema podem viver e se reproduzir sem se sentirem ameaçadas. Isto é de vital importância, uma vez que algumas das criaturas vivas da Grande Barreira de Corais estão em perigo de extinção.

A fauna da Grande Barreira de Corais

Neste lugar único, a vida prolifera: animal e vegetal. Alguns dos animais que vivem neste recife são migratórios, mas muitos outros passam a vida inteira nele, e são até endêmicos, ou seja, não vivem em nenhum outro lugar do planeta. Algumas das espécies que podem ser encontradas são as seguintes:

Cetáceos e outros grandes mamíferos

As baleias jubarte, um dos maiores cetáceos que existem, fazem parte da fauna da Grande Barreira de Corais, já que elas chegam a ele para a reprodução. A baleia anã minke, os dugongos e alguns golfinhos, como o golfinho cor-de-rosa de Hong Kong, também visitam este lugar.

Eles não são cetáceos, mas são grandes animais marinhos: quase trinta tubarões e raias aparecem nessas águas. O tubarão branco, o tubarão-tigre e até mesmo o tubarão-martelo são habitantes desse ecossistema.

Tartarugas e crocodilos marinhos

Seis espécies de tartarugas marinhas foram contadas, entre elas a de pente e a alaúde, em grave perigo de extinção. Além disso, crocodilos de água salgada vivem nos mangues perto do recife e se beneficiam dele.

Entre a fauna da Grande Barreira de Corais vivem também cerca de 15 espécies de serpentes marinhas. Elas podem ser encontradas a até 50 metros de profundidade. São descendentes de espécies terrestres e podem atingir dois metros e meio de comprimento.

Peixes e pequena fauna marinha

Existem mais de 1.500 espécies de peixes vivendo em suas águas. Alguns são tão surpreendentes quanto o peixe-sapo e o peixe-napoleão, ou tão conhecidos quanto o peixe-palhaço e o cirurgião-azul. Há de todos os tamanhos e todas as cores: muitos são muito marcantes e têm cores únicas, como o peixe mandarim.

grande barreira de corais

Também foram reportadas nove espécies diferentes de cavalos-marinhos. Existem 400 espécies de moluscos, 1400 variedades de corais e, ainda, o plâncton é tão abundante que as baleias jubarte se alimentam em suas águas. Entre os moluscos mais surpreendentes da Grande Barreira de Corais estão os moluscos gigantes.

Aves marinhas

Ao longo do recife vivem mais de 20 espécies de aves marinhas, além das quase 50 espécies de aves marinhas que se alimentam do mar, mas nidificam nas ilhas que a cercam. Além disso, cerca de trinta espécies de aves migratórias passam por este lugar em suas viagens.

A Grande Barreira de Corais é considerada o maior ser vivo do planeta, graças à grande biodiversidade que está sob e sobre suas águas. Ela está protegida por lei há quase meio século e, apesar disso, sua saúde ainda está ameaçada. Cuidar do oceano é responsabilidade de todos e especialmente dos ecoturistas que visitam esses lugares tão especiais.