A fauna da tundra

No planeta Terra há lugares desconhecidos para nós, dos quais dificilmente podemos definir sua fauna. Esse é o caso das tundras. Você sabe do que se trata? Gostaria de conhecer a fauna da tundra? Vamos lhe contar tudo neste artigo!

O que é a tundra

Podemos definir tundra como um bioma com falta de vegetação devido a seu clima, pois são áreas que se estendem pelas zonas circumpolares da Terra. Trata-se de um lugar no qual a vegetação é praticamente inexistente, já que está além das regiões onde crescem árvores.

Entretanto, por causa do clima frio e úmido, o solo fica coberto de musgo e líquens, e em alguns lugares crescem até salgueiros do Ártico. Isso acontece graças a seus verões, que, mesmo que curtos (não duram mais do que dois meses), são muito menos frios que os invernos. Mas raramente a temperatura no verão passa dos 10 graus.

Não chove muito, por isso a pouca vegetação que cresce consegue se manter viva e, assim, serve de alimento para a fauna da tundra.

Paisagem da tundra

Normalmente, são superfícies planas com partes geladas embaixo, que podem apresentar uma camada de gelo com entre 30 centímetros e um metro. Por isso, é impossível que a água drene nesses lugares, estagnando e formando lagoas e pântanos, que proporcionam a umidade necessária para que as plantas sobrevivam.

O degelo constante forma gretas em formas geométricas no solo. Onde o gelo não desaparece, formam-se nódulos e pequenos montes que são vistos na superfície. Também é fácil encontrar paisagens de rochas que cobrem os líquens, e que permitem que uma grande variedade de animais construa aí seus pequenos habitats.

fauna da tundra

Fonte: Hobboto4ek

A fauna da tundra

Devido ao clima diferente existente na tundra, a fauna deve ser adaptada para suportar as temperaturas, por isso é possível encontrar espécies que não vemos em nenhum outro lugar. Entre elas, encontram-se estas:

  • Rena: Também conhecida como caribú, sempre se dirige para as tundras quando chega o verão, já que não suporta as altas temperaturas de outros lugares. As tundras lhes oferecem um clima de no máximo 10 °C.
  • Boi-almiscarado: O termo almiscaradoem seu nome vem do cheiro forte que solta e lhe permite atrair as fêmeas. São cobertos por um pelo marrom chocolate e volumoso, que lhes permite aguentar baixas temperaturas, e cujos fios podem chegar a medir até 60 centímetros de comprimento.
  • Lebre Ártica: Essa lebre de cor branca com manchas negras em suas orelhas compridas parece mais com um coelho. Mas não, é uma das maiores lebres do mundo. Sua pele grossa é coberta por um pelo espesso e macio que a protege das baixas temperaturas.
  • Cabra nival: É uma espécie de cabra comum que pode ser encontrada na fauna da tundra, pois seu pelo e sua força física lhe tornam ideal para viver no clima destes biomas.
  • Lemingue: O lemingue é um pequeno roedor coberto de pelo. Alguns mitos infundados tornaram este animal injustamente conhecido por uma tendência a cometer suicídio em massa, jogando-se de penhascos. Foi até feito um “documentário” para comprovar isso, mas na verdade, esses animais foram levados a pular no penhasco por ação humana, algo que não aparece nas cenas, claramente manipuladas. Mais um exemplo da loucura humana no trato com os animais.

O que mais há nas tundras

Além desses animais, na fauna da tundra podemos encontrar outras espécies comuns, como o urso branco, o lobo, o falcão, o burro e, na água, peixes como o salmão.

Além da fauna da tundra, esse bioma também tem uma ampla flora, formada principalmente por mato e pequenos arbustos, que se mantêm graças à umidade que o gelo subterrâneo gera.

Este foi o passeio no qual sabíamos que você nos acompanharia para saber mais sobre o mundo animal que habita nas tundras. Um lugar muito interessante, não é mesmo?

Fonte das imagens: Hobboto4ek

Categorias: Curiosidades Tags:
Recomendados para você