Águia de Harris: os lobos do ar

· setembro 25, 2018
Este raptor é fácil de treinar, então é usado para assustar pombos ou pardais em lugares como aeroportos. Em ambiente selvagem, esses pássaros caçam em grupo, encurralando suas presas, o que aumenta as chances de sucesso na tarefa.

A águia de Harris, também conhecida como gavião asa de telha ou Harris (Parabuteo unicinctus) é uma ave de rapina de tamanho médio. Além disso, é bem conhecida por seu comportamento original e sua popularidade dentre os adeptos da Falcoaria.

Características da águia de Harris

Este raptor de tamanho médio lembra, em alguns aspectos, a águia de asa redonda, no entanto, é um pássaro americano de plumagem marrom escura e com tons esbranquiçados, além de garras e bico amarelo.

Seu habitat é limitado a áreas subdesérticas do sul e centro do continente americano, o que torna seus ninhos compactos e secos, e em muitos casos estão localizados em cactos. Os ninhos são feitos pelas fêmeas, que produzem ovos branco-azulados com manchas.

Esta ave tem um comportamento reprodutivo muito peculiar, além disso, não é incomum que dois machos participem do mesmo ninho, ao contrário de muitas espécies em que a competição entre machos leva, até mesmo, ao infanticídio.

Os filhotes saem do ovo após um mês e começam a voar após 50 dias, mas, infelizmente, os ninhos são geralmente predados por coiotes e outros grandes carnívoros. Normalmente, os jovens ficam com os pais por até três anos. 

A águia de Harris e seu comportamento único

A água de Harris é única entre as aves de rapina: enquanto a grande maioria desses predadores aéreos são solitários, esta espécie caça em pequenos grupos de entre dois e seis exemplares. 

Águia de Harris

Acredita-se porém que a caça em grupo é uma adaptação à escassez de alimentos em climas desérticos, onde habita. Dessa forma, aumenta a variedade de presas, permitindo-lhes caçar coelhos adultos e outras espécies maiores, algo que seria impossível sem colaboração.

A águia de Harris tem técnicas diferentes de caça, principalmente quando avançam por algum território, enquanto algumas assustam as presas, outras as capturam. Caçar como um grupo permite que elas embosquem ou retirem presas de seu esconderijo, tendo outras saídas cobertas. Em geral, o aumento no sucesso da caça é garantido.

Relação da águia de Harris com o homem

Como já adiantamos, seu uso na falcoaria é muito difundido. Apesar disso, sua história nesta prática é relativamente recente, e é principalmente devido à sua facilidade quando se trata de ser treinada.

Águia de Harris

Na verdade, esses raptores são os mais usados ​​para assustar pardais, pombos e outras aves de aeroportos ou locais públicos e, até mesmo, para derrubar drones!

As águias Harris são usadas para caçar coelhos e outros animais, além de realizar outros espetáculos. Infelizmente, sendo a principal ave a ser treinada, não é incomum que fujam e, de fato, é uma das espécies invasoras mais comuns em alguns países.

No entanto, com a disciplina e o conhecimento apropriados, é fácil treinar esse pássaro para responder ao nosso chamado e, até mesmo, realizar alguns truques. As capacidades da águia de Harris fazem dela uma formidável companheira de voo, uma caçadora habilidosa e uma grande representante de seus parentes selvagens.