A alpaca: alimentação e domesticação

A alpaca é um mamífero peculiar que foi domesticado há muito tempo. Apesar de sua aparência lanosa, pertence à família dos camelídeos
A alpaca: alimentação e domesticação

Última atualização: 07 Julho, 2020

Hoje vamos apresentar algumas curiosidades sobre um mamífero domesticado há milhares de anos: a alpaca. Vamos descobrir suas características, sua domesticação e sua influência na indústria têxtil. Não perca o que vem a seguir!

Características da alpaca

Quando falamos da alpaca (Vicugna pacos), estamos falando de um animal pertencente à família dos camelídeos. Essa família contém três gêneros: CamelusLama e Vicugna. Essa última família inclui a vicunha (Vicugna vicugna) e a própria alpaca, razão pela qual elas são parentes em termos evolutivos.

A alpaca é o menor camelídeo, com uma altura próxima a um metro e um peso que varia entre 45 e 80 kg. Tem um corpo esbelto e um pescoço longo, com um casaco de lã que pode crescer até vários centímetros e que varia de tom.

Sem dúvida, uma característica surpreendente (que compartilha com outros camelídeos) é sua capacidade de cuspir. Normalmente, esses animais costumam recorrer a essa prática para mostrar raiva ou como mecanismo de defesa.

Características da alpaca

Alimentação da alpaca

Estamos lidando com um animal estritamente herbívoroSua dieta é baseada principalmente em grama e feno, mas também pode se alimentar de caules, folhas e casca de algumas espécies de plantas.

A alpaca mastiga os alimentos por um longo tempo, depois passa por três câmaras presentes no estômago. Esse processo garante uma digestão completa de tudo o que o animal ingere.

Domesticação e usos

Como comentamos anteriormente, a alpaca é um animal que foi domesticado milhares de anos atrásExistem indicações arqueológicas que sugerem que essa domesticação já havia sido realizada na antiga cultura Moche no Peru.

Domesticação e usos

Atualmente, esses animais são considerados domésticos, e a sua criação é generalizada em várias regiões dos Andes, na Argentina, na Bolívia, no Equador e no PeruNas últimas décadas, a alpaca também começou a se espalhar pelos Estados Unidos, pela Nova Zelândia e por alguns países do continente europeu.

O pelo desses animais é muito mais fino e mais sedoso que o da lhama. Esse fato aprimorou bastante seu uso na indústria têxtil, principalmente para a lã obtida a partir do primeiro corte de pelo do animal. Na região dos Andes, esse processo ainda é realizado da maneira tradicional.

Além da sua aplicação na indústria, a tendência de ter esses mamíferos como animais de companhia está se espalhando cada vez mais. Não devemos esquecer que a alpaca é um animal inofensivo, sociável e curioso.

It might interest you...
Diferenças entre camelos e dromedários
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Diferenças entre camelos e dromedários

As diferenças entre camelos e dromedários, tão sumamente parecidos, estão no tamanho, na pelagem e em suas corcundas. Mas devemos ressaltar que são...



  • Quispe, E. C., Rodríguez, T. C., Iñiguez, L. R., & Mueller, J. P. (2009). Producción de fibra de alpaca, llama, vicuña y guanaco en Sudamérica. Animal Genetic Resources/Resources génétiques animales/Recursos genéticos animales45, 1-14.
  • Kadwell, M., Fernandez, M., Stanley, H. F., Baldi, R., Wheeler, J. C., Rosadio, R., & Bruford, M. W. (2001). Genetic analysis reveals the wild ancestors of the llama and the alpaca. Proceedings of the Royal Society of London. Series B: Biological Sciences268(1485), 2575-2584.