Animais em bandeiras de países

· janeiro 11, 2019

As espécies de animais em bandeiras são representativas dos territórios em que vivem e também são profundamente simbólicas. Venha conhecer 5 exemplos!

A natureza está presente na história, na cultura e, é claro, nos símbolos das nações. É por isso que não é estranho ver animais em bandeiras de países.

Além disso, é muito interessante saber por que eles são escolhidos para representar um país!

Quais são os animais em bandeiras nacionais?

Deixando de lado os seres mitológicos, como o dragão, neste caso nos dedicaremos aos animais em bandeiras de países que, ou existem ou são uma ‘adaptação’ da espécie em particular.

1. Águia (México)

A bandeira nacional do México (foto que abre este artigo) foi adotada em 1968. Ela consiste em três cores verticais: verde, branco e vermelho da esquerda para a direita. Há duas teorias sobre por que esses tons foram escolhidos.

A primeira afirma que é devido à independência, religião e união. No entanto, a segunda afirma que as cores simbolizam a esperança, a unidade e o sangue dos heróis nacionais.

No centro dessa bandeira, encontramos o escudo nacional, onde a águia real aparece. Na bandeira, a águia, ave representante da região, captura uma cobra com o bico e repousa sobre um cacto.

2. Leão (Sri Lanka)

Na verdade, aqui temos uma versão “cartoon” do felino. Conhecido como leão passante, ele segura uma espada com sua pata direita. Este animal é repleto de simbolismo.

Dessa forma, foi escolhido para representar a etnia cingalesa. Além disso, também apresenta a soberania da nação, o budismo, a meditação, a pureza das palavras, a inteligência e a saúde.

Bandeira do Sri Lanka

A bandeira tem uma borda amarela e é dividida em três partes. Duas menores em verde e laranja, um fundo amarelo e uma parte maior em carmesim. Também é decorada com uma folha de ficus em cada canto.

3. Grou (Uganda)

Os animais nas bandeiras dos países nem sempre estiveram presentes em sua história. No entanto, no caso da Uganda, o grou aparece em todas as versões: 1914 e 1962. Dessa forma, a atual bandeira ainda o carrega, sendo muito colorida.

Bandeira de Uganda com Grou

Consiste em seis faixas horizontais e, de cima para baixo, as cores são preto, amarelo, vermelho, preto, amarelo e vermelho.

No centro, um círculo branco aparece com o desenho da ave nacional, que vive em zonas úmidas. Uma de suas características é o grande comprimento de suas pernas, que lhes permitem entrar na água para andar.

4. Águia de duas cabeças (Albânia)

Embora a águia de duas cabeças não exista, é um símbolo tirado da heráldica em honra à águia que vive em grande parte da Europa e que está presente em vários escudos continentais.

Bandeira da Albânia

A bandeira da Albânia é completamente vermelha, com a águia de duas cabeças em preto no centro. No entanto, nem sempre foi assim, já que até 1992 também continha uma estrela que simbolizava o estado socialista.

5. Papagaio Sisserou (Dominica)

O último dos animais em bandeiras do país é um papagaio (nome científico Amazona Imperialis), que tem estado no centro da insígnia desde 1978.

A cor principal é verde, com duas listras amarelas, pretas e brancas, com um círculo vermelho com dez estrelas – um para cada distrito da ilha – e com a ave no centro.

Bandeira da Dominica

O papagaio Sisserou tem plumagem verde e roxa e mede cerca de 45 cm de comprimento.

Além disso, nidifica nas cavidades das árvores e é endêmico dessas ilhas das Pequenas Antilhas, onde também é a ave nacional. Alimenta-se de frutos e sementes e, devido a caça ilegal e perda de habitat, está em perigo de extinção.