14 animais com um olfato altamente desenvolvido

abril 29, 2020
Recentemente, um grupo de cientistas estudou como os genes codificam o olfato para saber quais animais podem sentir mais cheiros.

O olfato é um dos muitos sentidos que os animais possuem. Vamos apresentar, neste artigo, quais são os animais com um olfato altamente desenvolvido. Descubra, a seguir, quais são.

Por meio do sentido do olfato, os organismos conseguem detectar e analisar moléculas que são transportadas pelo ar. Elas entram através das passagens nasais até chegar ao bulbo olfativo, onde são encontradas proteínas receptoras de cheiros. A partir de então, as informações vão viajar até o cérebro.

Cada tipo de receptor pode detectar uma substância, mas a combinação de vários receptores oferece a possibilidade de detectar uma infinidade de substâncias. Os animais com um olfato altamente desenvolvido têm um grande número de genes que codificam as diferentes proteínas receptoras.

Em um estudo recente, feito por pesquisadores da Universidade de Tóquio, foram analisados os genes responsáveis ​​pelo olfato ​​em 13 mamíferos placentários. Os resultados foram surpreendentes.

Elefante africano

Elefante: olfato altamente desenvolvido

O elefante africano (Loxodonta africana) é o animal com o melhor olfato. Esse mamífero habita pelo menos 37 países da África Subsaariana. Além disso, por ser um animal migratório, pode viver em muitos habitats, desde florestas densas até praias.

Atualmente, as diferentes populações desses animais estão fragmentadas. No entanto, graças aos trabalhos de conservação, parece que o número de indivíduos está aumentando.

De acordo com o estudo mencionado, o elefante africano possui cerca de 1.948 genes destinados a configurar receptores olfativos. Talvez esse olfato altamente desenvolvido possa ser atribuído à sua longa trompa, que ele usa como mão. Os receptores não são encontrados na trompa, e sim na cabeça.

No entanto, é com ela que eles procuram a comida e, uma vez que ela está tão longe da visão, eles precisam ter um bom olfato. Por outro lado, talvez esse olfato poderoso possa estar relacionado à boa memória dos elefantes.

Ratazanas e camundongos

As ratazanas e os camundongos são mamíferos roedores noturnosEm geral, os animais com esse estilo de vida costumam ter uma visão ruim e um olfato altamente desenvolvido. Talvez isso aconteça porque a visão não é tão importante no escuro e eles geralmente usem outros sentidos, tais como audição, termocepção e olfato.

As ratazanas têm 1.207 genes olfativos e os camundongos têm 1.130 genes. De fato, existe uma espécie de rato africano (Cricetomys gambianus) que pode ser treinada para rastrear e encontrar minas terrestres.

Vacas

As vacas são as próximas na lista com um olfato altamente desenvolvido, com 1.186 genes olfativos. Elas conseguem detectar odores a mais de 10 quilômetros de distância. Essa qualidade é muito útil para um animal herbívoro, que precisa detectar os seus predadores quando eles ainda estão longe.

Atualmente, após a domesticação há cerca de 10.000 anos a partir do auroque selvagem (Bos primigenius), as vacas são protegidas pelos seres humanos. No entanto, no passado, elas precisavam desse tipo de estratégia para evitar a predação.

Vaca: olfato altamente desenvolvido

Cavalos

Da mesma forma que acontece com as vacas, os cavalos também precisam de um bom olfato, pois são presas. Esses equinos têm 1.066 genes olfativos.

Esse sentido permite até mesmo que eles encontrem água quando ela não está na superfície. Isso é muito útil para os cavalos que habitam os desertos, já que eles precisam de muita água para sobreviver. Além disso, esses animais usam o olfato para fazer amizades e detectar as éguas no cio através da urina ou do estrume.

Cachorro

Cachorro: olfato altamente desenvolvido

Ouvimos tanto sobre o olfato do cachorro que talvez esperávamos que ele estivesse no topo da lista. No entanto, os cães têm 811 genes olfativos. Isso pode parecer pouco em comparação com o elefante, mas eles têm mais do que o dobro do ser humano, que possui apenas 396 genes.

A peculiaridade dos cães é que, apesar de terem menos genes, os seus receptores olfativos são incrivelmente sensíveis. Por esse motivo, eles conseguem diferenciar os odores com tanta precisão a ponto de detectar um câncer em estágio primário.

Porquinho-da-índia ou cobaia

Os porquinhos-da-índia são roedores bem conhecidos como animais de estimação, mas também como modelo animal em laboratórios. São originários do Peru, onde também fazem parte da gastronomia local.

Eles têm 796 genes olfativos e usam o cheiro para se reconhecer entre si. Por esse motivo, se você tiver um porquinho-da-índia como animal de estimação, é importante que não usar sabão antes de tocá-lo, pois ele poderá não detectar o seu cheiro natural.

Outros animais com um olfato altamente desenvolvido

Para finalizar, apresentamos uma lista de outros animais com um olfato altamente desenvolvido, do mais alto ao mais baixo:

  • Tartaruga-de-carapaça-mole-chinesa.
  • Rã-de-unhas-africana.
  • Ser humano.
  • Chimpanzé.
  • Macacos-titis.
  • Coelho.
  • Orangotango.
  • Blanc, J. 2008. Loxodonta africana . The IUCN Red List of Threatened Species 2008: e.T12392A3339343.
  • Grossman, S. Y., & Sisson, S. (1982). Anatomía de los animales domésticos.
  • Kennerley, R. 2019. Cricetomys gambianus . The IUCN Red List of Threatened Species 2019: e.T112169507A50534302. 
  • Niimura, Y., Matsui, A., & Touhara, K. (2015). Corrigendum: Extreme expansion of the olfactory receptor gene repertoire in African elephants and evolutionary dynamics of orthologous gene groups in 13 placental mammals. Genome research, 25(6), 926.
  • OMalley, B. (2007). Anatomía y fisiología clínica de animales exóticos. Zaragoza: Servet.