9 animais supercarnívoros

Embora os termos sejam muito semelhantes, os animais supercarnívoros nem sempre são hipercarnívoros.
9 animais supercarnívoros

Última atualização: 24 junho, 2022

Os carnívoros se caracterizam por serem excelentes caçadores em seu próprio ambiente. Embora sejam todos predadores, alguns também se tornam presas de outros organismos mais fortes. No entanto, os animais supercarnívoros são a exceção, pois estão no ponto mais alto da cadeia alimentar e poucos conseguem lidar com eles.

Animais conhecidos como supercarnívoros também são considerados consumidores terciários, pois se alimentam de outros predadores (consumidores secundários). Poucas espécies pertencem a essa categoria, mas são umas das mais conhecidas por sua grande força e capacidade de caça. Continue esta leitura e conheça alguns desses animais.

Quem são os animais supercarnívoros?

As cadeias alimentares ajudam a regular a troca de nutrientes em todos os níveis hierárquicos. Ou seja, toda vez que um animal consome outro ser vivo, os componentes nutricionais que o constituem são transferidos para seu predador. Por exemplo, os nutrientes de uma planta passam para o herbívoro, que então entrega seus próprios componentes nutricionais para um carnívoro.

Essa sucessão de nutrientes entre predador e presa forma uma interação contínua (cadeia), que termina com os animais mais fortes e poderosos do reino animal. Essas espécies que estão no topo da cadeia alimentar são chamadas de supercarnívoros ou superpredadores.

Devido à sua incrível força e capacidade inata de caçar, poucas espécies podem enfrentar os supercarnívoros. Portanto, eles podem se dar ao luxo de consumir qualquer animal que desejarem. Além disso, são um dos poucos animais capazes de caçar herbívoros do tamanho de elefantes ou girafas. A lista a seguir agrupa apenas alguns exemplos desses organismos incríveis.

1. Lobo-cinzento (Canis lupus)

O lobo-cinzento tem um excelente olfato e audição, além de boa visão noturna. Isso lhe permite caçar presas com muita facilidade, entre elas alces, mulas, veados, javalis e lebres. Como outros supercarnívoros, seu papel no ecossistema é essencial para manter a estabilidade do ambiente.

De fato, os lobos-cinzentos são o melhor exemplo que existe para demonstrar a importância dos animais supercarnívoros. Após a reintrodução dessa espécie no Parque Nacional de Yellowstone, o ecossistema local foi completamente alterado. Isso se deveu ao fato de que esses animais reduziram e controlaram as populações de veados canadenses, o que permitiu o crescimento da vegetação e ainda melhorou o nível dos leitos dos rios.

Lobo-cinzento: um dos animais supercarnívoros.

2. Crocodilo-de-água-salgada (Crocodylus porosus)

O crocodilo-de-água-salgada é o maior de todos os crocodilos existentes. Ele tem uma mordida poderosa que é capaz de quebrar os ossos de uma pessoa. Embora seu primeiro ataque não seja fatal, sua técnica de afogar sua presa garante o sucesso de suas caçadas.

Esse réptil é considerado um organismo oportunista, pois aproveita para capturar qualquer animal que se aproxime demais de seu domínio. Isso pode incluir vários pequenos mamíferos ou alguns bastante grandes, como o búfalo indiano ou até mesmo humanos.

Um crocodilo de água salgada abre a boca.

3. Tigre (Panthera tigris)

Os tigres são um dos maiores felinos selvagens do reino animal. Além disso, eles se caracterizam por serem solitários e territoriais, pois suas habilidades de caça são tão boas que não precisam da ajuda de outros espécimes. As presas mais comuns dessa espécie geralmente são grandes herbívoros, como porcos selvagens, búfalos e veados.

4. Orca (Orcinus orca)

Embora a maioria dos animais supercarnívoros viva em habitats terrestres, também existem alguns que vivem no mar. É o caso das orcas, que se caracterizam por seu porte imponente e enorme força. De fato, além de se alimentarem de peixes, lulas e outros mamíferos marinhos, já foram vistas atacando grandes tubarões-brancos e até devorando-os.

Orca: um dos animais supercarnívoros.

5. Tubarão-baleia (Rhincodon typus)

O tubarão-baleia é um dos maiores predadores que existe, embora também talvez seja o mais dócil. Ao contrário de outros mamíferos, essa espécie não possui dentes para mastigar sua comida. Mesmo assim, consome um grande número de peixes por filtração.

6. Águia-de-cabeça-branca (Haliaeetus leucocephalus)

Entre as aves, você pode encontrar alguns supercarnívoros, como as águias-de-cabeça-branca, que se caracterizam por serem caçadoras e terem uma visão impressionante. De fato, vários animais têm medo dela e fogem ao menor indício de sua presença. Além disso, sua dieta consiste em várias espécies de peixes, aves e mamíferos.

Uma águia caçando.

7. Demônio-da-tasmânia (Sarcophilus harrisii)

O demônio-da-tasmânia recebeu esse nome devido à sua maneira particular de se alimentar. Durante isso, produz uma grande quantidade de ruído para chamar outros espécimes para “comer”. Apesar de ser do tamanho de um cão pequeno, é capaz de caçar até pequenos cangurus.

Demônio-da-tasmânia: um dos animais supercarnívoros.

8. Texugo-do-mel (Mellivora capensis)

Ao contrário da crença popular, o texugo-do-mel se alimenta não apenas de colmeias de abelhas, mas também de outros animais grandes e até perigosos. Entre as presas que costuma caçar estão tartarugas, pássaros, sapos, roedores, insetos, alguns pequenos antílopes e até várias cobras venenosas.

9. Cachalote (Physeter macrocephalus)

Esse mamífero marinho se caracteriza pelo seu enorme tamanho que lhe permite caçar espécies igualmente gigantes. De fato, é capaz de mergulhar e atingir profundidades de 3 quilômetros. Graças a isso, pode encontrar a conhecida lula gigante ou colossal, que faz parte regular de sua dieta.

Cachalote: um dos animais supercarnívoros.

Os animais supercarnívoros podem ser encontrados em uma grande variedade de habitats e nichos ecológicos. Além disso, nem sempre são tão grandes e fortes, pois alguns possuem outras habilidades que os ajudam a serem excelentes caçadores. Claro que, apesar de sua aparência feroz e capacidade destrutiva, eles são parte fundamental do ecossistema e são necessários para manter o equilíbrio natural.

Pode interessar a você...
10 animais carnívoros: você conhece estas espécies?
Meus Animais
Leia em Meus Animais
10 animais carnívoros: você conhece estas espécies?

Como o próprio nome sugere, os animais carnívoros se alimentam exclusivamente da carne de suas presas. Podem caçar ou comer carniça (restos de anim...



  • Geist, V. (2013). Life strategies, human evolution, environmental design: Toward a biological theory of health. Springer Science & Business Media.
  • Chang, T., & Hansen, A. (2015). Historic and projected climate change in the Greater Yellowstone Ecosystem. Yellowstone Science, 23(1), 14-19.
  • Anderson, R. (2005). Ten Years of Yellowstone Wolves. Yellowstone Science. 13 (1).
  • Darimont, C. T., Fox, C. H., Bryan, H. M., & Reimchen, T. E. (2015). The unique ecology of human predators. Science, 349(6250), 858-860.