Características do melro

· agosto 3, 2018
Esta é a espécie de ave mais popular do mundo, e pode ser definida pela sua capacidade de se adaptar ao 'habitat urbano', sua forma peculiar de andar com pequenos saltos e seus variados cânticos. Sua plumagem é negra e o bico é alaranjado.

O termo “melro” refere-se aos vários tipos de aves que são caracterizadas por sua plumagem negra e canto melódico. Eles podem ser facilmente encontrados, seja nos jardins das cidades ou nos campos. Então, hoje vamos explicar um pouco mais sobre as características do melro e seu canto.

Características do melro: taxonomia e aspectos morfológicos

Existem muitas espécies diferentes que são chamadas de ‘melro’. Nesta ocasião, vamos ver as principais características do melro comum, a variedade mais popular em todo o mundo.

Melros comuns, cujo nome científico é Turdus merula, são aves passeriformes pertencentes à família Turdidae.

Eles originalmente adotaram hábitos migratórios, mas se tornaram sedentários ao se adaptarem a cidades e aos seres humanos.

Não é um pássaro difícil de alimentar, pode comer o que encontrar; eles preservam uma dieta onívora muito variada e que se adapta facilmente a diferentes ambientes.

Muitos pássaros se destacam por causa das diferentes cores vívidas de suas penas, mas os melros são famosos exatamente pelo oposto.

Estas aves têm uma plumagem uniforme, preta nos machos e castanha nas fêmeas.

Graças ao seu corpo sombrio e sóbrio, foram protagonistas de muitas mitologias, como a grega e a nórdica.

melro habitat

São aves de tamanho médio, cujo corpo pode medir entre 25 e 30 centímetros de comprimento total; com uma envergadura de 34 a 39 centímetros. Sua altura média é de 20 centímetros, enquanto seu peso corporal varia entre 75 e 120 gramas.

Você pode encontrá-los em todos os continentes, exceto na Oceania e na Antártica, e é a ave nacional da Costa Rica e da Suécia.

Dimorfismo sexual no melro comum

Os melros comuns mostram um grande dimorfismo sexual, isto é, machos e fêmeas diferem acentuadamente.

Enquanto os machos apresentam uma plumagem inteiramente preta e brilhante, as fêmeas têm penas marrons ou marrons e opacas.

Além disso, o peito das fêmeas tem um tom avermelhado com algumas manchas pretas.

Encontramos outra diferença distinta entre os sexos nos bicos dessas aves. As fêmeas têm um bico marrom de cor escura, quase marrom; no caso dos machos, o bico é totalmente amarelo.

E, além disso, ambos têm duas narinas minúsculas que lhes permitem respirar facilmente.

Comportamento e hábitos dos melros

Uma das principais características do melro comum é o seu comportamento desconfiado: ele está constantemente alerta para possíveis predadores ou invasores.

Para garantir sua proteção, muitos espécimes preferem viver em arbustos ou em culturas abundantes, onde podem se esconder facilmente. Quando ameaçados, emitem um forte som de medo, muito típico desta espécie.

Sua dieta onívora tende a ser muito variada, adaptada à disponibilidade de alimentos de cada ambiente.

Geralmente, ele obtém sua comida cavando a sujeira e as árvores, onde encontram insetos, vermes, aranhas, caracóis, grãos, sementes, etc. Além disso, eles também gostam de consumir certas frutas, como maçãs e pêssegos.

O melro geralmente faz seus ninhos em árvores baixas ou em pequenos arbustos.

No chão eles andam pulando, enquanto o voo deles é ágil, constante e sereno.

Quando parado, o melro apresenta uma postura muito ereta e elegante.

melro ninho

Os melros também são caracterizados por sua grande adaptabilidade. Com a expansão das áreas urbanas; essas aves foram integradas à cidade e acomodadas aos hábitos humanos.

Curiosamente, eles se adaptaram tão bem a esse novo habitat que deixaram de ser aves migratórias para adotar uma vida mais sedentária.

O canto do melro

O canto do melro se destaca tanto entre os pássaros que ele foi carinhosamente apelidado de “Beethoven“. E essa fama não é por acaso.

Os melros são capazes de reproduzir e memorizar uma enorme variedade de músicas, além de imitar sons diferentes. Portanto, podem criar melodias complexas e elaboradas que se assemelham a músicas.

Em sua poderosa emissão vocal, predominam os sons melodiosos e tubulares; que podem ser combinados com poderosos apitos.

Eles costumam fazer longas sucessões com estrofes variadas e curtas e, além disso, geralmente terminam com uma nitidez muito característica.

Eles preservam os hábitos clássicos de cantar e são mais ativos ao amanhecer e ao anoitecer.

Sua criação doméstica não é permitida, mas é possível atraí-los para nossos jardins com algumas sementes.

Além disso, podemos encontrá-los em parques públicos ou jardins, geralmente entre os galhos das árvores.

É surpreendente ouvir sua bela canção e apreciar sua plumagem de intensa cor preta.