Colêmbolos: como eles ajudam a limpar o terrário?

Os colêmbolos são uma excelente opção para manter um terrário limpo, minimizando a interação humana. Eles são o componente essencial de uma instalação bioativa.
Colêmbolos: como eles ajudam a limpar o terrário?

Última atualização: 26 Janeiro, 2021

Os colêmbolos (subclasse Collembola) são animais pertencentes à ordem dos hexápodes, ou seja, compartilham um táxon com os insetos. A principal diferença entre eles é que os insetos desenvolvem asas, enquanto os colêmbolos não, mas estes últimos também têm três pares de patas.

Essas criaturas minúsculas são excelentes limpadores de terrários. São fáceis de criar e vão ajudar o ecossistema artificial a ficar mais limpo e, portanto, os animais que nele vivem, como répteis ou anfíbios, são mantidos mais saudáveis. Nas linhas a seguir, mostraremos como esses pequenos artrópodes podem manter o terrário limpo.

Por que os colêmbolos mantêm o terrário limpo?

Na natureza, os colêmbolos colonizaram o mundo inteiro, incluindo a Antártica . Existem mais de 7000 espécies conhecidas, portanto, há uma grande variedade que pode se encaixar bem em diferentes tipos de terrários.

Dificilmente uma pessoa manteria um terrário instalado em um ecossistema congelado. Porém, para os tipos de terrários mais comuns, como os tropicais, temperados e secos, existe uma grande variedade de colêmbolos que atuam como um grupo de limpeza natural.

Qualquer que seja o tipo de terrário, esses animais ocupam um lugar muito específico na cadeia alimentar, a parte detritívoraA dieta desses artrópodes é baseada em matéria orgânica morta, entre a qual encontramos os seguintes elementos:

  • Restos de alimentos que foram desperdiçados por répteis ou anfíbios, sejam de origem vegetal ou animal.
  • Folhas, galhos e raízes mortas dentro do terrário que iniciaram o processo de degradação.
  • Fezes dos animais que vivem no terrário.

Por que os colêmbolos mantêm o terrário limpo?

Ao alimentar a colônia de colêmbolos com esses restos, o aparecimento de bactérias em decomposição, nocivas aos animais, bem como a presença de outros patógenos, como os ácaros hematófagos terrestres, serão evitados.

Por último, os colêmbolos também se alimentam de fungos. Nos terrários temperados – mas principalmente nos úmidos – proliferam muitos fungos que podem se tornar um sério problema para a saúde dos animais. Esses minúsculos invertebrados são ávidos comedores de fungos e irão mantê-los afastados, por isso o terrário necessitará de uma limpeza menos frequente.

Quando não há fungos suficientes dos quais se alimentar, os colêmbolos baseiam sua dieta em mofo. O mofo pode aparecer em qualquer terrário e às vezes pode causar doenças respiratórias em animais de estimação, portanto, é essencial eliminá-lo.

Como criar limpadores de terrários?

A criação dos colêmbolos é fácil, já que eles se reproduzem rapidamente e têm poucas necessidades além de um lugar úmido para se esconder, se precisarem. Mesmo assim, deve-se levar em consideração que esses artrópodes podem ser uma praga para as plantas da casa. Sele bem as suas instalações de cultivo e os terrários onde você irá adicioná-los.

Às vezes, os colêmbolos danificam as raízes das plantas, embora isso não deva ser uma preocupação dentro de um terrário, pois eles terão outros alimentos para comer.

Os colêmbolos estão facilmente disponíveis em lojas especializadas e na internet. Quando chegarem, podem ser introduzidos diretamente no terrário juntamente com um pedaço de papelão úmido ou carvão com o qual costumam ser transportados.

Uma vez dentro do terrário, os colêmbolos geralmente precisam de alguns dias de aclimatação, mas imediatamente começam a procurar comida no substrato e se livram do mofo e dos dejetos dos animais domésticos.

Vale a pena alimentar os colêmbolos esporadicamente. Às vezes, a quantidade de resíduos não é suficiente para nutrir a colônia, portantocolocar um pouco de levedura de cerveja 100% pura é uma boa ideia.

Outras pessoas decidem adquirir uma cultura e desenvolver a colônia em uma instalação separada. Isso é tão simples quanto colocar carvão sólido em um recipiente com orifícios na tampa para ventilação e enchê-lo até a metade com água. O carvão fornece aos colêmbolos a matéria orgânica necessária, enquanto a água da evaporação proporciona um ambiente úmido.

Como remover os colêmbolos do terrário?

Em certas ocasiões, o ambiente no terrário é tão favorável que os colêmbolos crescem muito e podem representar um problema para o equilíbrio do ecossistema. Nesse ponto é muito difícil – ou quase impossível – remover os animais manualmente.

Portanto, se esse problema surgir, diferentes ações podem ser realizadas:

  • Pare de dar comida extra aos colêmbolos.
  • Esvazie o terrário (incluindo a decoração e o animal). Em seguida, adicione um pouco de água e vire o terrário para que toda a água se acumule em um canto. Os colêmbolos boiam, então é fácil pegá-los dessa forma.

Não confunda os colêmbolos com ácaros que são prejudiciais aos seus animais de estimação. Os colêmbolos saltam e são alongados, enquanto os ácaros se movem lentamente e têm formato circular.

Como remover?

Como você viu, os colêmbolos são ótimos para manter o seu terrário livre de pragas de fungos ou de mofo, bem como para eliminar os resíduos produzidos pelos animais de estimação. Lembre-se de que antes de introduzir qualquer nova espécie em um terrário, você deve estar bem informado sobre as novas relações que serão criadas dentro do ecossistema.

Pode interessar a você...
Faça um terrário para sua tartaruga
Mis AnimalesLeerlo en Mis Animales
Faça um terrário para sua tartaruga

Antes de adotar uma tartaruga como pet, precisamos preparar nossa casa para sua chegada, portanto, saiba como fazer um terrário para sua tartaruga.



  • Dányi, L. (2011). Cave dwelling springtails (Collembola) of Hungary: a review. Soil Organisms, 83(3), 419-432.
  • Hopkin, S. P. (1997). Biology of the springtails:(Insecta: Collembola). OUP Oxford.
  • Shrubovych, J. (2002). The fauna of springtails (Collembola) in Lviv. Вестник зоологии.
  • Unknonw. (2019). A straightforward guide for breeding Folsomia candida Springtails. New England Herpetoculture LLC. Disponible en: https://www.neherpetoculture.com/springtailcare