Como eliminar pulgas em gatos recém-nascidos?

As pulgas são um dos parasitas externos mais comuns em cães e gatos. Eles podem deixá-los doentes e ter consequências que você pode prevenir se os eliminar a tempo.
Como eliminar pulgas em gatos recém-nascidos?

Última atualização: 27 Outubro, 2021

Existem vários remédios para eliminar pulgas em gatos recém-nascidos, mas nem todos são confiáveis ou saudáveis para o seu felino. Saber como fazer isso e entender que é um processo que exige dedicação e paciência é fundamental para o bem-estar do animal.

Os remédios à base de ervas, por exemplo, podem ser ineficazes e tóxicos (como no caso do óleo da árvore do chá). Em alguns casos, tratamentos tópicos para pulgas e a pele também não funcionam para tratar esse parasita em gatos recém-nascidos. Portanto, aqui estão algumas maneiras de se livrar desses patógenos irritantes sem afetar seu gatinho.

Por que remover as pulgas de um gato recém-nascido?

De acordo com a National Kitten Coalition, em gatos recém-nascidos as pulgas podem causar anemia e ser fatais para eles. Desde que não haja feridas abertas, se parasitas externos forem observados em seu pelo, é importante dar banho neles, já que os tratamentos convencionais e sem receita não são adequados para filhotes felinos.

As pulgas são pequenos insetos parasitas que procuram um animal hospedeiro e causam coceira intensa e grande desconforto. A Kitten Lady afirma que, devido ao pequeno corpo dos gatinhos, eles correm alto risco de desenvolver anemia devido à perda de sangue causada pelas pulgas durante a alimentação. Por isso, esses invertebrados devem ser levados a sério e o tratamento precisa ser imediato.

As pulgas são animais que vivem escondidos em sua casa.

Como saber se meu gatinho está com pulgas?

Penteie o gato com os dedos ou um pente antipulgas para encontrar a prova de que essas criaturas habitam o corpo do animal. Você provavelmente verá pulgas (pequenos insetos marrom-escuros) movendo-se rapidamente através do pelo do seu pequeno felino para buscar refúgio em seu rosto, barriga ou axilas.

Também é provável que você encontre a sujeira que essas criaturas deixam no corpo do gato, mesmo que não as veja. Seus restos são pequenos pontos pretos de sujeira presentes em todo o pelo.

Se vir pulgas ou a sujeira que elas deixam para trás, você deve tratar o filhote imediatamente com um banho especial. Os tratamentos tópicos em felinos recém-nascidos ou os xampus antipulgas podem ser tóxicos e muito piores do que as próprias pulgas em alguns casos.

O banho antipulgas

Para dar banho em seu gatinho e se livrar das pulgas, use uma pequena quantidade de sabonete líquido sem perfume. Por mais estranho que pareça, esse composto ajudará a matar as pulgas vivas e remover larvas e sujeira. Se preferir, você também pode usar um xampu natural para bebês.

É preciso ter muito cuidado ao dar banho no gato, pois se for feito de maneira incorreta pode ser traumático para o animal. Lembre-se dessas dicas para tornar o banho antipulgas uma experiência mais agradável:

  • Use água morna.
  • Tente terminar o banho em menos de 2 minutos, pois os gatinhos costumam entrar em pânico ou ficar com frio durante esse processo.
  • Lave o animal infectado do pescoço para baixo. Evite borrifar sabão nos olhos, nariz, orelhas e boca. Limpe a área da cabeça com uma toalha com água morna e sabão menos concentrado.
  • Crie um anel de água com sabão em volta do pescoço do gatinho. Será uma barreira para que as pulgas não subam pelo corpo e cheguem à cabeça. Quando vir os insetos andando pelo corpo do seu gatinho, você pode removê-los com o pente antipulgas.
  • Lava também entre os dedos, debaixo dos braços e na cauda. Enxágue bem o animal com água limpa e morna.

Finalmente, seque o gatinho imediatamente com uma toalha. Você também pode usar um secador de cabelo. Se optar pela última opção, certifique-se de posicioná-lo a pelo menos 60 centímetros de distância do animal, usá-lo na potência mais baixa e mover sua mão entre o gatinho e o secador para evitar o superaquecimento.

No final desse rápido processo, coloque o gatinho em um ambiente aquecido usando uma almofada térmica ou outro dispositivo de aquecimento seguro. É importante que você saiba que os gatos recém-nascidos não fornecem calor por si próprios, então eles tendem a ficar com frio facilmente após com um banho como esse.

Dar banho em gatinhos recém-nascidos é uma coisa importante a se aprender, pois pode salvar a vida dos animais.

Outras maneiras de eliminar as pulgas em gatos recém-nascidos

Pode ser que você não mate todas as pulgas com um banho, especialmente devido ao seu ciclo de vida variável e gerações sobrepostas. Portanto, esteja preparado para repetir esse processo após alguns dias. Existem também outras ações que ajudam todo o processo de eliminação das pulgas do seu gato recém-nascido e são as seguintes:

  • É uma boa ideia lavar a roupa de cama ou os panos do seu gato em água quente e secá-los bem para matar as pulgas e seus ovos.
  • De acordo com a Cruz Azul para Animais de Estimação, as pulgas passam apenas um tempo limitado no animal, e seus ovos tendem a se acumular em rachaduras e fendas, como nas laterais do sofá (onde sobrevivem por até 6 meses). Portanto, além de tratar do seu gatinho, você deve limpar a casa e outras áreas do terreno, como garagens, com produtos antipulgas.
  • Certifique-se de que outros animais adultos da casa tomem medicamentos preventivos contra pulgas. Muitos produtos para cães não são seguros para gatinhos. Portanto, mantenha todos os felinos longe dos caninos em tratamento (se houver) ou se certifique de que o produto usado é seguro para todas as espécies.
  • Os pentes contra pulgas são úteis para identificar se o seu gato ainda está com pulgas, não para removê-las. Portanto, você pode usar um desses pentes e, se detectar as pequenas manchas pretas ou insetos, continue com os outros tratamentos.
Um gatinho sujo.

Obviamente, retirar pulgas de gatos recém-nascidos não se resume apenas a dar um banho, pois requer um processo que deve ser realizado com paciência para que o gatinho possa viver com tranquilidade e felicidade. Não economize esforços, pois esse parasita externo não é fácil de erradicar.

Pode interessar a você...
Aloe vera para gatos: usos e benefícios
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Aloe vera para gatos: usos e benefícios

Essa planta é tóxica se não for corretamente manuseada. Descubra como usar o aloe vera para gatos, assim como suas aplicações e propriedades.